Conheça o melhor Software para monitorar seus Requisitos - SOGI 8
×

Artigos mais lidos de Agosto

Confira os artigos mais lidos do Blog do SOGI no mês de agosto!

São vários conteúdos, diversos temas relacionados a Saúde e Segurança, Inteligência Artificial, Riscos, Licenaças e muito mais! Ao final desse post, você ainda pode conferir os lançamentos de produtos e serviços mais recentes da VG.

Corre lá e confira! Fique por dentro das novidades e mantenha a sua forma de fazer gestão sempre atualizada!

Até breve e boa leitura!


Artigos importantes para sua Gestão

Riscos e Oportunidades

Você sabe a quais Riscos a sua organização está exposta?

Já parou para pensar em todos os riscos que seu negócio possui? Saber quais são os riscos e como gerenciá-los, é parte essencial da sua gestão!


Indicadores de Gestão

O que saber sobre Renovação de LO (Licença de Operação)?

Entenda o que é a Licença Ambiental de Operação e qual a sua importância para o empreendimento.


como escolher o melhor software para sistema de gestão

Auditoria de Conformidade Legal através do LIRA-SOGI

A auditoria de conformidade legal contribui com a verificação do atendimento aos Requisitos Legais, ajudando sua organização a se manter em conformidade.


produtos orgânicos

Cuidados que os restaurantes devem ter ao estocarem os alimentos

Em restaurante de pequeno porte, até as redes mais importante, ainda existem dúvidas de como estocar os alimentos. E não é para menos! Os alimentos demandam de muito cuidado!


SSO - Módulo PRSSO

A Revolução Industrial: marco da evolução da Saúde e Segurança dos Trabalhadores

No Brasil, a evolução mais significativa na indústria se deu por volta da década 1930; mas só em 1970, quando registrávamos quantidades altíssimas de acidentes laborais, começou a haver algum tipo de preocupação.


gestão de risco e compliance

A inteligência artificial aliada ao compliance ambiental

Na maioria dos Estados brasileiros não existe automação no fluxo de processos administrativos ambientais e nem a padronização de documentos. Mas, existem ferramentas diversas para essa gestão. Confira!


Como Monitorar o Risco Normativo da organização?

Faça Gestão de Riscos com a LIA e tenha indicadores relevantes com dados consistentes e estratégicos para sua gestão de normas legislativas e normativas.


Gestão 4.0 - deivison pedroza

Por que toda organização deve se preparar para Auditoria?

Se você quer gestão mais estratégia para os seus negócios, é importante identificar as oportunidades de melhorias e tomar decisões eficazes para o crescimento sustentável da organização.


Consultoria em Gestão de alimentos

Por que contratar Consultoria em Segurança de Alimentos?

Cumpra as obrigações legais, compreendendo o porque “uma série de normas” são essenciais para a segurança dos alimentos que chegam até o seu consumidor final.


Lançamentos Recentes da VG

VG Play – Plataforma de Educação Continuada da Verde Ghaia que vai te manter constantemente atualizado! É o seu Netflix, só que voltado para o conhecimento.


Legislação Comentada – lançamento da Verde Ghaia que vai acrescentar muito à sua gestão legal. São vídeos produzidos pela nossa equipe de advogados especializados que explicam diversos pontos polêmicos das legislações ambientais, trabalhistas e de saúde e segurança ocupacional.


Consultoria Online – Nova forma de Implantar Sistemas de Gestão e garantir que a sua empresa mantenha as certificações ISOs. O mundo mudou e nós mudamos junto, com soluções ainda mais tecnológicas!


Como Monitorar o Risco Normativo da organização?

A Verde Ghaia desenvolveu a Lia, justamente para realizar a gestão do seu risco normativo, de forma automatizada, ágil, simplificada, porém com a geração de dados assertivos, o que possibilita a tomada de decisão com qualidade.

O assunto desse artigo é para falar sobre a Lia e como ela vai revolucionar sua forma de prontificar os dados necessários para gestão de risco legal. A Lia é capaz de informar para você quais penalidades sua empresa pode sofrer, quais os valores das multas e ainda, gerar resultados estratégicos através de um dashboard  com indicadores que auxiliarão na sua tomada de decisão.

Venha conhecer mais sobre a Lia!

Quem é a Lia? É um módulo do SOGI?

Bem, a Lia é um módulo de gestão de risco com foco em legislação. Por isso, você ainda vai ouvir falar muito sobre ela em vários projetos e ferramentas.

Basicamente, a Lia e o SOGI LIRA trabalham juntos, isto porque a Lia utilizada da lista de normas que advém de uma captação por inteligência artificial e do seu respectivo status de conformidade, que são identificadas no módulo LIRA, priorizando-as por temas. Para isto, ela considera todas as sanções atreladas a cada uma das obrigações que a sua empresa deve cumprir, o que denominamos de grau de risco.

Em outras palavras, a Lia indica o grau de risco que a organização está exposta por temas prioritários, sendo que os que possuem o maior grau de risco, são aqueles temas que possuem o maior número de normas ainda não avaliadas e não conformes da planilha Lira do cliente, somadas às suas respectivas sanções.

A base de cálculo que compõe o grau de risco por tema é realizada, então, da seguinte forma:

  • Risco Obrigação = Soma das sanções =>(Quantidade de educativa) + (Quantidade de financeira x Peso Financeira) + (Quantidade de Privativa de Liberdade x Peso de Privativa de Liberdade) + (Quantidade de Restritiva de Direito x Peso da Restritiva de Direito)
Peso 01 Peso 02 Peso 03 Peso 4
EducativaFinanceiraPrivativa
Liberdade
Restritiva de
Direito
  • Grau de Risco Tema = Soma do Grau de Risco de todas as obrigações que integram o Tema.

Ainda, a partir dessa avaliação, a Lia realiza um levantamento do Risco Financeiro, isto é, um resumo de acordo com a previsão legal das multas para as organizações.

Como a Lia realiza a Previsão Legal da sua empresa?

Deve-se entender, primeiramente, que a previsão legal, não é a multa aplicada de fato, é uma simulação, caso a empesa sofresse uma fiscalização e não estivesse de acordo com as exigências legais.

Assim, a Lia apresenta ao cliente os valores legais para cada não cumprimento, conforme previsto nas normas. Em alguns casos, há a ocorrência de multas mínimas e multas máximas. Contudo, a Lia considera o cenário mais grave, de modo que a organização se baseie nesses riscos para uma estratégia mais preventiva.

Monitore o Grau de Risco Normativo

Relevância da Lia para a Alta Direção

O uso da Lia nos processos de monitoramento do grau de risco, ajudará as organizações com o ordenamento jurídico, visto a sua extensão com muitas normas e obrigações que devem ser atendidas.

Com isso, há uma diferença em monitorar as exigências legais as quais a organização esta sujeita, principalmente, àquelas voltadas a Meio Ambiente e Saúde e Segurança, pois há um hall extenso de obrigações para cada um deles. E o não cumprimento as exigências em MA e SSO na legislação brasileira, são muito severas e podem gerar danos irreparáveis para a organização.

O que a Lia traz de benefícios para minha gestão?

Abaixo pontuamos alguns dos principais benefícios para a gestão operacional e estratégica da sua empresa ajudando a monitorar o Grau de Risco Normativo.

Algumas delas:

  • Redução de tempo com monitoramento de leis;
  • Otimização em até 80% do gerenciamento de requisitos legais aplicáveis;
  • Dashboard com grau de risco normativo ao qual a organização está sujeita;
  • Auxilia na gestão de risco e compliance em sustentabilidade da organização;
  • Monitora e traz dados e informações com valores de multas;
  • Indica os riscos de não cumprimento dos requisitos;
  • Painel com valores economizados com as prevenções realizadas;
  • Prontifica os valores de multas por requisito não cumprido e o somatório total;

São vários os benefícios da Lia para sua Gestão, principalmente a estratégica, pois a Lia é capaz de prontificar os valores de multas, correlacionando-as as penalidades. E todos os dados apresentados pela Lia estão em consonância com as obrigações do cliente, evitando danos e atendendo a legislação através da Lia.

Venha conhecer a Lia e transformar sua gestão de grau de risco normativo.

Acesse a apresentação da LIA SOGI

Agende uma apresentação  com nossa Equipe Jurídica! Será um prazer te apresentar na prática, como a Lia funciona.

Aguardo seu contato!


Artigos mais lidos do SOGI em Julho

Acompanhe os artigos mais lidos do SOGI do mês de julho.

Fique por dentro dos temas mais lidos e acompanhe as novidades que podem te ajudar no seu gerenciamento de requisitos legais aplicáveis com ferramentas capazes de gerar resultados assertivos para o crescimento saudável.

Boa leitura!


SSO - Módulo PRSSO

A Revolução Industrial: marco da evolução da Saúde e Segurança dos Trabalhadores

Acompanhe a evolução da Saúde e Segurança a partir da Revolução Industrial.


Indicadores de Gestão

O que saber sobre Renovação de LO (Licença de Operação)?

Entenda o que que é a Licença de Operação (ou Licença Ambiental de Operação) e como controlar.


Gerenciamento de requisitos legais

Conceito e aplicação da Segurança no trabalho

Entenda os conceitos básicos sobre a Segurança do Trabalho e as NRs sobre a Norma ISO 45001.


gestão de tempo

Outsourcing Verde Ghaia: saiba como funciona!

Entenda na prática como funciona Outsourcing Lira, que pode aprimorar o sistema de gestão de requisitos legais da sua empresa para tomar decisões mais assertivas. 


gestão de riscos

O que é o Módulo GRC: Governança, Risco e Compliance?

SOGI GRC automatize seus processos para uma gestão preventiva, ética e eficaz, promovendo as oportunidades. Seja sua empresa certificada na norma ISO ou não.


compliance

Empresas que buscam por práticas em Compliance

Implemente um sistema de gestão para ampliar a visão de todo o seu negócio, incluindo os seus riscos. 


Software com indicadores para gestão

A inteligência artificial aliada ao compliance ambiental

A legislação ambiental brasileira parece ainda navegar em meados do século passado E as empresas encontram enorme dificuldade em se manterem em compliance ambiental.


gestão de fornecedores

Gestão de fornecedores: o que é? E como fazer com excelência

A gestão de fornecedores, por ser o coração da empresa e um dos temas mais estratégicos da organização, está diretamente ligada à produtividade e à eficiência de sua empresa.


Quer conhecer nossos serviços e produtos? Acesse nossa loja e conheça os produtos e serviços virtuais.

Fique por dentro das novidades através das nossas redes socias e do nosso Blog!

Gestão de Riscos: saiba quais são as Penalidades

Referente ao não atendimento dos requisitos, as organizações podem estar sujeitas a aplicação de penalidades. Não obstante, através da análise da inteligência artificial da  LIA, você poderá visualizar quais são as penalidades aplicadas em cada obrigação legal, sendo as referidas penalidades divididas em 04 (quatro) tipos:

(i)educativas;

(ii) privativa de liberdade;

(iii)financeira (multa),

(iv)restritiva de direito.

Como a LIA te ajuda a compreender as penalidades dos Riscos?

Seja para demonstrativo de valores a que a organização está exposta, no tocante às sanções, seja para alta direção, bem como para a tomada de decisões efetivas. Sem dúvida, a  LIA  tem muito a oferecer a sua Gestão de Risco.

(i) Traz as penalidades avaliadas individualmente para cada obrigação;

(ii) Resumo financeiro, consideração a avaliação de todo o risco exposto (que é pelo não atendimento de uma obrigação/ não conformidade);

(iii) Risco Desconhecido (que a empresa ainda não avaliou);

(iv) Risco Prevenido (o quanto que a organização já preveniu e corrigiu):

(v) Risco Total (somatório de todos riscos);

(vi) Priorização dos temas relevantes de acordo com o status da conformidade das obrigações aplicadas a organização, para que assim possam ser tomadas decisões pela organização;

(vii) Demonstrativo do valor total de multa com um paralelo nos planos de ações estabelecidos pela empresa, com o que está previsto e o que já foi realizado para correção/adequação.

(viii) Indicadores de risco, considerando alertas: baixo, médio e alto.

Por que toda organização deve identificar seus Riscos?

A importância do conhecimento do risco normativo a que a organização está sujeita, é de suma importância para evitar danos e prejuízos futuros, para isto, conte conosco! Nós vamos te auxiliar de modo que você possa lidar melhor com a rotina de sua gestão e de seu processo de monitoramento legal.

LIA: indicadores relevantes para a sua tomada de decisão

Em suma, a inteligência artificial da Lia vai te auxiliar a gerenciar e monitorar seus requisitos, ajudando você na identificação de seus riscos para tomar decisões com mais segurança e assertividade.

Ainda, caso a organização entenda relevante a conjunção de outros riscos mapeados, como os operacionais e do negócio, junto ao risco normativo, elas poderão utilizar o módulo de gestão da riscos da Verde Ghaia, o GRC.

Através destes módulos, fatores como probabilidade de fiscalização, severidade do dano, abrangência do dano, jurisprudências associadas, poderão também ser conjugados ao grau de risco normativo oriundo da LIA, formando, assim, o que denominamos de índice de risco.

Agende uma apresentação com a Equipe especialista em Gestão de Risco e Compliance e entenda na prática como a LIA vai te ajudar!

Raquel Varoni – Gestão de Risco e Compliance

Como otimizar a Gestão de Risco Normativo?

As organizações precisam conhecer e ter acesso a todas obrigações legais, específicas às suas funcionalidades, dispostas em normas Federais, Estaduais e Municipais. Além disto, fazer a gestão do risco normativo destes mesmos requisitos, não é uma tarefa fácil!

A LIA foi desenvolvida, justamente para ajudar as organizações a reduzirem e otimizarem seus processos de monitoramento legal através do agrupamento de obrigações, e apresentar o risco normativo a que a organização está sujeita, seja por temas prioritários, quanto pela apresentação do resumo financeiro, considerando o somatório de todas obrigações com previsão de multa aplicáveis ao cliente.

 A LIA se apresenta como uma ferramenta interativa para transformar situações-problema em soluções, avaliando os riscos normativos a que o cliente está exposto, com devida segurança e assertividade, possibilitando ao mesmo escolher com mais precisão o melhor caminho a ser trilhado.

 Veja em como a LIA poderá te ajudar!

 Tendo em vista a expressiva quantidade de obrigações aplicáveis aos nossos clientes e a falta de tempo e recursos deles em dedicar esforço na avaliação dos requisitos legais aplicáveis, realizamos uma análise de todas as obrigações do banco de dados do SOGI visando principalmente:

  • Otimização da avaliação do atendimento as leis, através do agrupamento de exigências legais que se repetem nas obrigações das leis federais, estaduais e municipais e, daquelas que, mesmo não se repetindo, são complementares e podem ter seu cumprimento comprovado através de uma mesma evidência.
  • Melhor organização das informações de atendimento, através da tipologia de evidências, classificando como do tipo Licenças e Atos autorizativos, de Treinamento, de Inspeção, de Gestão de fornecedores e do tipo Laudos e programas.

 Através da ferramenta LIA, você poderá ainda visualizar os temas paritários da organização. Isso é, o grau de risco que a organização está exposta por temas prioritários, que são aqueles que somados possuem maior grau de risco desconhecido (através da não avaliação de uma exigência legal) ou do risco exposto (ocorrido pelo não cumprimento de alguma dessas exigências/obrigações).

Essa forma de visualização de dados e informações, auxiliam as empresas a terem ciência dos temas integrados, o que facilitará ainda mais a gestão.

Quer Conhecer mais sobre a LIA? Fale conosco!

Raquel Varoni – Gestão de Risco e Compliance

Como funciona o universo de leis, seus gargalos, polêmicas e aplicabilidades?

Verde Ghaia lança um novo produto, Legislação Comentada! Entenda como funciona esse universo das leis, seus gargalos, polêmicas e aplicabilidades.

O Poder Legislativo é responsável por produzir e manter o sistema normativo vivo, que é o conjunto de leis que asseguram a soberania da justiça para todos, sejam estes cidadãos, instituições públicas ou privadas, visando resguardar a segurança jurídica das relações entre eles existentes.

Sempre foi difícil fazer o acompanhamento de todas as normas e as obrigações legais delas decorrentes em tempo real, e, durante a pandemia do COVID-19 podemos dizer que está quase impossível! É uma “enxurrada” de Portarias, Decretos, Medidas Provisórias editados diariamente.

A Verde Ghaia, empresa especializada em gestão empresarial, com a primeira plataforma online de controle de leis do país, o chamado “SOGI”, responsável por agilizar o processo de monitoramento das legislações federais, estaduais e municipais, de seus clientes, trouxe a solução para você com o produto “LEGISLAÇÃO COMENTADA”.

Como entender os gargalos das Leis?

Através da “Legislação Comentada”  as organizações ficarão atualizadas por meio de  vídeos produzidos por um corpo de advogados altamente especializados para explicar diversos pontos polêmicos das legislações ambientais, trabalhistas e de saúde e segurança ocupacional.

As dúvidas jurídicas mais recorrentes atendidas na plataforma Consultoria Online agora em vídeos curtos, didáticos e com muito conteúdo!

O diferencial desse produto é que você não precisa ser advogado para entender os conteúdos divulgados! Pelo contrário! As informações atualizadas serão passadas de forma descomplicada, para quem queira se inteirar das legislações, de suas polêmicas e desdobramentos.

Por que eu preciso conhecer a lei, se não sou advogado?

E se passou na sua cabeça “por que eu preciso conhecer a lei, se não sou advogado?” Bem, primeiro, porque a própria lei impõe que “Ninguém pode alegar desconhecimento da lei, para justificar o seu descumprimento”.

Segundo porque, ao cumprir a legislação, entender os seus gargalos e os assuntos polêmicos discutidos na atualidade você também consegue:

  • proteger a sua empresa de danos à sua imagem;
  • reduzir exposição de sua empresa a sanções e ações judiciais;
  • aperfeiçoar a governança e subsidiar melhorias de gestão de riscos;
  • evidenciar um compromisso com o cumprimento das legislações,  ganhando força perante os investidores, colaboradores, fornecedores e consumidores;
  • identificar e prevenir a ocorrência de algum descumprimento normativo;
  • adotar, tempestivamente, ações corretivas.

Compreende porque, você não vai ficar fora dessa? Venha aprender conosco! Conheça a Legislação Comentada! Aproveite a oportunidade para acessar os vídeos gratuitamente! É por tempo limitado!

Clientes Verde Ghaia tem 30 dias de acesso gratuito, através da Plataforma SOGI LIRA!

Abraços,

Julia Belisário | Gestão de Risco e Compliance

Desburocratização da Legislação Ambiental no Brasil

A importância das questões relacionados ao meio ambiente tem sido premente em toda a sociedade mundial, sendo que cada vez mais crescem as exigências e demandas em torno de iniciativas, práticas, métodos e processos em prol da manutenção da estabilidade do ecossistema onde vivemos.

Burocratização da legislação ambiental no Brasil*

A legislação ambiental brasileira frequentemente é apontada como uma das mais avançadas do mundo; no entanto, em paralelo, também existe uma corrente que questiona o excesso da burocracia que a envolve, visto que são crônicos os problemas de efetividade. Com isso, os resultados concretos em termos de melhoria da qualidade dos parâmetros relacionados ao meio ambiente costumam ser excessivamente demorados, pouco significativos ou incompatíveis com o ritmo de agravamento dos problemas ambientais.

Se por um lado é importante que haja uma regulamentação rígida e uma legislação ambiental abrangente a fim de evitar danos que afetam nossa sociedade como um todo, também há a necessidade de questionar os exageros.

Neste artigo, visamos refletir sobre o excesso de burocracia na legislação ambiental no Brasil, principalmente porque neste momento o Congresso se debruça sobre uma ampla discussão interna para revisão da chamada Lei Geral de Licenciamento Ambiental, cujo texto normativo seria capaz de aplacar as grandes dificuldades relacionadas aos procedimentos licenciatórios referentes às atividades exploradoras de recursos ambientais.

Ela prevê uma ampla revisão de todas as normas, com o objetivo de atualizar, simplificar e consolidar os atos legais, eliminando diretivas obsoletas, reduzindo a complexidade dos processos, fortalecendo a segurança jurídica e, como consequência direta e mais importante, reduzindo o Custo Brasil

As leis em números: cumprimento das Legislações

Em levantamento realizado ao longo de seus mais de vinte anos de atuação, a Verde Ghaia concluiu que atualmente dispomos de cerca de 64.212[1] atos normativos e regramentos técnicos ambientais vigentes no Brasil.

Veja abaixo uma estratificação por origem e tipologia – dados extraídos do Sistema Online de Gestão Integrada |SOGI:

  • Por origem do ato normativo:
Federais 11.583
Estaduais 22.901
Municipais 28.600
NBRs 1.128
Total: 64.212
  • Por tipos normativos:
Leis 27.667
Decretos 9.619
Instruções normativas 2.955
Portarias 9.040
Deliberações 1.550
Decretos-Lei (ainda vigentes) 77  
Resoluções 7.614
NBRs 1.172
Normas IBAMA 968

Um estudo da Confederação Nacional da Industria (CNI), apresentado em novembro de 2019, mostrou que 95,4% dos empresários industriais entendem que o licenciamento ambiental (onde se concentra grande parte das obrigações legais) é uma ferramenta importante para preservação do meio ambiente. No entanto, para 55,2% deles, o modelo atual de legislação não é eficiente.

A eficiência se perde devido ao excesso de burocracia

A justificativa nós já conhecemos: a eficiência se perde devido ao excesso de burocracia. Dentre os pontos destacados estão a demora na análise e na resposta dos órgãos envolvidos e os altos custos acarretados na contratação de empresas de consultoria para elaboração dos estudos ambientais. Ainda de acordo com os ouvidos pela CNI, não há clareza nas informações oficiais e a legislação é de difícil compreensão, além de estar atrelada à já citada insegurança jurídica.

Sem dúvida, o excesso de leis, suas constantes mudanças, e a pluralidade de requisitos legais que tratam o mesmo assunto de forma diversa é um grande dificultador. Isto se dá também porque, em linhas gerais, a regulamentação da política ambiental brasileira segue uma orientação preponderantemente voltada aos instrumentos de comando e controle, baseada na regulação direta das atividades econômicas utilizadoras de recursos ambientais. E os fatores dessa equação são muitos: complexidade, interesses múltiplos e divergentes, além de iniciativas intermináveis e muitas vezes conflitantes.

Sendo assim, nesse contexto, como formular e implementar políticas públicas e realizar uma boa gestão socioambiental com tantos interesses contrapostos e com o amparo em mais de 60 mil exigências legais?

Verde Ghaia: empenhada no cumprimento das Legislações

Nós da Verde Ghaia compreendemos que as legislações precisam se complementar com boas práticas de gestão, sejam elas ambientais, financeiras, de riscos, de saúde e segurança, de regras de compliance, de normas ISO, de processos, de performance, conhecimento, capacitação, responsabilidade socioambiental etc.

E as legislações restritivas devem ser acompanhadas de legislações, planos e programas com políticas de agregação, integridade, oportunidades, benefícios e estímulos.

A aplicação eficaz dos instrumentos legais ambientais pressupõe ainda plena estruturação e capacitação dos órgão públicos vinculados ao tema, bem como empresas conscientes, com boas práticas e comprometimento com o desenvolvimento responsável. Em suma: a Lei Geral do Licenciamento Ambiental é bem-vinda e necessária, mas não funcionará sem a plena colaboração do empresariado e nem tampouco será o remédio para todos os males.


* Texto baseado no original “Legislação ambiental no brasil: panaceia ou equação impossível? Algumas reflexões”, da autoria de Deivison Pedrosa (CEO da Verde Ghaia), Enio Fonseca (Superintendente do IBAMA no Estado de Minas Gerais) e Ricardo Carneiro (Sócio-diretor do Escritório Ricardo Carneiro Advogados Associados).


[1] Dado extraído do Sistema Sogi-Verde Ghaia em novembro de 2019

Como gerenciar Requisitos de Saúde e Segurança – ISO 45001?

Toda organização é responsável por assegurar a saúde e segurança de seus colaboradores, na qual se incluem a promoção e a proteção da saúde fisíca e mental. E, para assegurar e garantir as melhores práticas, a implementação de um sistema de SSO se torna essencial.

Para isso, as organizações adotam um sistema conforme as especificações da ISO 45001. Essa é a Norma Internacional responsável por definir os requisitos para implementação e continuidade de um Sistema de gestão de segurança e saúde ocupacional.

As organizações se baseiam na norma ISO 45001 para fazer o levantamento de Perigos e Riscos em Saúde e Segurança (PRSSO) respeitando e cumprindo as orientações estabelecidos pelos requisitos, possibilitando assim, melhorias proativas no desempenho de SSO – prevenção de lesões e doenças, dentre outros.

E para monitorar e gerenciar seus Requisitos de saúde e segurança de forma mais automatizada, separamos alguns pontos importantes que todos Software em SSO deve ter, inicialmente, para ajudá-lo a melhorar seus resultados e promover qualidade física e mental nos ambientes e trabalho.

Boa leitura!

Qual a função do SOGI PRSSO? Quais as suas principais funcionalidades?

O Módulo SOGI PRSSO tem como função realizar o cadastro de todos os perigos e danos suscetíveis que possam ocorrer em uma empresa. O módulo PRSSO permite que você faça uma gestão eficaz da saúde e segurança ocupacional de todas as áreas da organização.

É comum que as organizações agrupem as informações de SSO em planilhas, usando-a como fonte principal nas tomadas de decisão. Apesar dos colaboradores terem mais familiaridade com as planilhas, elas não oferecem detalhamento das informações.

A partir de um Softwarea, seja ele o Módulo PRSSO ou não, tem recursos para correlacionar os riscos e as oportunidades, além de permitir que você gere relatórios e crie planos de ação. Tudo isso de forma automatizada.

O que o Módulo PRSSO oferece?

O Módulo PRSSO tem muitas funcionalidades, como por exemplo:   

  • Registro, avaliação e análise da matriz de perigos e riscos da sua empresa;
  • Ter conhecimento sobre a gravidade das consequências dos perigos e riscos;
  • Visualizar os requisitos legais para cada perigo identificado em relação à saúde e segurança do trabalho, possibilitando o acesso às evidências e ações destes;
  • Separar o maior número possível de riscos gerados, reais e potencias, benéficos e adversos, decorrentes de cada perigo identificado, considerando, sempre, se são significativos ou não;
  • Armazenar informações e históricos;
  • Criar e gerenciar planos de ações para cada perigo em suas atividades e processos;
  • Enviar automaticamente, por e-mail, os status dos planos de ação em relação aos perigos e riscos;
  • Avaliar seus controles operacionais para mitigar riscos de acidentes, incidentes e doenças ocupacionais e evitar suas ocorrências;
  • Melhor visualização das planilhas criadas;
  • Geração automática de relatórios e gráficos gerenciais;
  • Maior agilidade nos controles e possibilidade de controle centralizado, facilitando a gestão para os casos de unidades corporativas; e
  • Controle de permissões de acessos de usuários e alterações das planilhas.

Quais itens definem o controle de um risco (PRSSO)?

A ordem seguida para definir o controle de um determinado risco segue sempre esta hierarquia: área – processo – atividade – perigo – dano. O cadastro será feito seguindo essa ordem.

Após o cadastro ter sido realizado, é feito o vínculo de cadastros, conforme a necessidade da sua empresa. Depois é possível visualizar todos os dados preenchidos, avaliar os cadastros realizados e estabelecer os controles operacionais, bem como, gerar relatórios e, por fim, criar planos de ação.

Exportar e imprimir as informações/dados gerados pelo SOGI PRSSO

Sim, é possível. O sistema oferece ao usuário a possibilidade de fazer a impressão de suas informações/dados do PRSSO ou então, exportá-la.  A impressão pode ser realizada nas extensões: pdf, .doc (Word) e .xls (Excel).

A diferença entre os modos, apresentados acima, é que na exportação o usuário realiza o download automático das informações/dados (inteira), enquanto que o arquivo de impressão será conforme as informações exibidas na tela do usuário.

Como são avaliados os perigos e danos dentro do Módulo PRSSO?

A avaliação dos perigos e danos é usada para definir os perigos significativos e avaliação específica.

Perigos Significativos: são aqueles que podem causar danos mais representativos ou graves, de acordo com sua possibilidade de ocorrência, visibilidade, abrangência ou outros critérios definidos pela sua empresa.

Avaliação específica: é quando se trata de uma atividade, ou genérica, relacionando-se à todas as atividades que um perigo pode estar relacionado.

Eles são avaliados conforme o procedimento de cada empresa. Após ter todas as informações cadastradas e vinculadas umas às outras, dentro do próprio Módulo PRSSO, a Verde Ghaia disponibiliza um procedimento padrão e, caso queira, a empresa poderá segui-lo para melhorar o gerenciamento dos requisitos de Saúde e Segurança ocupacional.

É possível verificar os requisitos legais referentes aos perigos de cada atividade?

Sim, é possível!

No Módulo SOGI PRSSO, você pode visualizar os requisitos legais e verificar quais legislações são referentes aos perigos e danos à saúde e segurança do trabalhador.

É possível notificar o gestor quando houver procedimento inadequado?

Sim, é possível!

O sistema pode ser configurado para, caso haja algum risco eminente, sejam definidas as diretrizes, permitindo a criação de um plano de ação onde o gestor possa nomear a área responsável pela resolução do problema, gerando alertas na periodicidade a ser definida.

Como funciona os Planos de Ação no Módulo PRSSO?

As ações são tarefas cadastradas com intuito de controlar os perigos para prevenir, corrigir ou monitorar os danos. Estas ações podem ser de:

  • correção;
  • ação corretiva;
  • ação preventiva;
  • melhoria;
  • planejamento;
  • controle de condicionantes,
  • plano de monitoramento.

Para toda ação que for cadastrada no sistema, existe a possibilidade de encaminhá-las para o responsável. Para isso, o sistema permite a definição de prazos de vencimento, prioridade (baixa, média, alta ou urgente), de alertas, responsáveis para gerenciamento e execução, e data de conclusão. Criando assim, planos de ação para que sua empresa controle efetivamente qualquer perigo ou risco.

Custo Previsto e Custo Real

Nos planos de ação é possível também, registrar o custo previsto e o custo real. Em outra palavras, significa ter uma estimativa de custo para execução de uma tarefa e também do processo.

É possível também, incluir um gerenciamento dos custos e incluir todo o gasto no orçamento. Assim, através de um relatório você consegue visualizar os dados, à medida que o processo for sendo executado (quando se concluir a tarefa), é possível avaliar os custos dos perigos.

O SOGI PRSSO gera relatórios com datas anteriores?

O sistema não permite, visto que os relatórios são sincronizados com a data atual. No entanto, existe um campo de avaliação no qual é possível filtrar por datas os eventos, gerando um relatório personalizado daquele período.

Ressalta-se que o sistema SOGI PRSSO calcula a probabilidade do erro.

Vantagens do PRSSO para gerenciar riscos ocupacionais e identificar riscos e oportunidades

O SOGI PRSSO oferece praticidade e segurança na hora de controlar requisitos de saúde e segurança e ter a legislação aplicável em dia. Enquanto que uma planilha demanda inserção manual de dados, bem como a criação de fórmulas e cálculos para entregarem o resultado. Ressalta-se ainda que, planilhas não conseguem criar correlação com a legislação aplicável.

Outro problema que as planilhas apresentam, é que não há como entregar relatórios com melhor controle dos procedimentos que estão sendo efetuados. Já o Módulo PRSSO, é um sistema que pode ser customizado, conforme a necessidade do cliente, entregando o resultado que o cliente deseja.

De forma automatizada, o Módulo PRSSO auxilia o cliente na identificação das oportunidades, diminuindo a margem de erro.  Permitindo também, que seja feita uma correlação com a hierarquia de controle, ou seja, faz a correlação dos dados com a legislação aplicada de maneira automatizada, bastando apenas que se realize o cadastro dos dados no sistema. Essa correlação é uma exigência das ISO 18000 e 45000.

O Módulo PRSSO também calcula a tolerância e a herança do perigo, conforme o procedimento encaminhado pelo cliente à Verde Ghaia, facilitando assim, a gestão completa do controle de danos.

O cliente também pode gerar relatórios para fixação nas atas, que irão contribuir para o desempenho da empresa como um todo e do bom trabalho do próprio gestor. Em outras palavras, o Módulo PRSSO gera mais segurança, confiabilidade e assertividade nas tomadas de decisão.

Controle do plano de revisões, Planos de Ações e Legislações Aplicáveis

Em relação à legislação, o gestor tem dois benefícios principais:

1° – ele pode fazer a correlação automaticamente. Isto é, o sistema automaticamente faz a correlação dos perigos e riscos com a legislação aplicável.

2° – o gestor pode criar ações de contenção dos perigos, cujas definições são configuráveis e permitindo um gerenciamento de todas as ações, independente da responsabilidade.

Em relação aos usuários, o principal benefício é o controle de revisões. O módulo SOGI PRSSO permite a definição de datas e os responsáveis por elas, permitindo um controle mais amplo do gestor sobre a manutenção realizada, através de relatórios que podem ser personalizados.

Além disso, o Módulo SOGI PRSSO, permite também que sejam definidos os aprovadores desses relatórios, isto é, que haja um responsável para sua validação, bem como observadores e responsáveis por acompanhar as ações.

Quais as vantagens e os benefícios que o Módulo PRSSO?

As vantagens por utilizar o Módulo PRSSO são inúmeras, tanto para seus colaboradores, quanto para a empresa e para você. Algumas delas são:

  • Um ambiente de trabalho mais saudável, que automaticamente deixa os colaboradores mais satisfeitos, demonstrando que sua empresa valoriza as pessoas;
  • Redução do número de acidentes;
  • Redução de gastos: à medida em que a empresa prioriza a segurança e a saúde do trabalhador, ela também evita custos com materiais, afastamentos e ações judiciais, como também custos referentes ao pagamento de possíveis seguros, benefícios previdenciários, multas e ações;
  • Maior produtividade: colaboradores que se sentem seguros num ambiente saudável se tornam mais confiantes e trabalham muito mais focados e dispostos;
  • Redução no índice de absenteísmo;
  • Maior credibilidade: a empresa que trabalha pensando em garantir a segurança e saúde ocupacional demonstra comprometimento com a qualidade de vida dos profissionais. Tal postura aumenta a credibilidade da organização, e também é um indicador de responsabilidade social. E isso faz melhorar a imagem da empresa perante o mercado e a sociedade.

O Módulo PRSSO ajuda na certificação? O SOGI PRSSO segue as especificações da Norma ISO 45001?

Com o Módulo PRSSO, com certeza você poderá obter uma certificação ISO. Dentro das normas internacionais de certificação, a gestão de riscos também se faz presente, através da norma ISO 45001 – ela substituiu a OHSAS 18001.

A ISO 45001 enfatiza o gerenciamento de riscos de sistema de gestão de saúde e segurança ocupacional, de forma contínua e proativa. Seu foco é a gestão de riscos, avaliação de riscos, conscientização dos indivíduos envolvidos, melhoria contínua do sistema de gestão, tudo de maneira preventiva e englobando todo o negócio, incluindo também as partes interessadas que possuem acesso ao local e trabalho, como visitantes, fornecedores, clientes, por exemplo.

De acordo com a ISO 45001, a gestão de risco é a ferramenta principal dentro de um sistema de gestão, agregando valor para qualquer organização, protegendo seus colaboradores, cumprindo os requisitos legais e facilitando o aprimoramento contínuo. E mais importante que o risco, ela preocupa-se com as oportunidades.

Por que usar o Módulo SOGI PRSSO?

O Módulo PRSSO foi desenvolvido seguindo todas as normas internacionais de certificações. Portanto, ele também está de acordo com a ISO 45001 e vai te ajudar a se manter dentro dos padrões exigidos para esta norma.

Quer uma apresentação do Módulo SOGI PRSSO, sem compromisso? Fale conosco e agende um horário!



Sugestão de Leitura:

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional na Agroindústria

Acidente de Trajeto: investigando os acidentes

Como implementar o Módulo PRSSO para avaliação de riscos e oportunidades?

Procedimento de avaliação de Riscos e Oportunidades

Quais são os Requisitos de Segurança para operação de máquinas?

Como monitorar Planos de Ação com o Módulo PRSSO?

O que é o Módulo GRC: Governança, Risco e Compliance?

Quando se fala em GRC é preciso ter em mente os conceitos base de cada processo para que o entendimento do “sistema” no todo seja compreensível. O principal foco está na gestão de riscos. Exemplificando, é a tentativa de uma empresa blindar o modelo comercial em andamento, assegurando o cumprimento de seus requisitos aplicáveis, bem como de suas obrigações, sem causar qualquer tipo de transtorno ao empreendimento, a sua marca, aos seus colaboradores.

Portanto, quando implementada Gestão de Risco, faz-se necessário o engajamento de todos os setores e funcionários para que o GRC funcione e alcance os objetivos traçados.

Vamos saber mais como o Módulo GRC do SOGI pode ajudá-lo a automatizar seus processos. No Vídeo abaixo as advogadas Raquel Varoni e Danielle Reis explicam como o Módulo GRC funciona nas rotinas empresariais.

Bons estudos!

Para quem o GRC é indicado? Apenas para empresa certificadas?

O GRC é indicado para todas as empresas que precisam de uma gestão preventiva, ética e eficaz de seus riscos e oportunidades, tenha ela certificação da norma ISO ou não.

O GRC foi desenvolvido com base na ISO 31000 motivado pelas novas versões da ISO 9001 e ISO 14001, principalmente devido à mudança da OHSAS 18001 para a ISO 45001, na qual passou a ser imprescindível a necessidade de identificar e implementar ações para monitorar os perigos e riscos associados às atividades, aos produtos, aos serviços ou às tarefas da sua organização e também as oportunidades.

Em outra palavras, os pontos fortes internos e externos e as vantagens que você tem frente a seus concorrentes. Dessa forma, o módulo ainda atende o item 6.1 dos novos padrões ISO, que exige que as empresas implantem ações para monitorar seus riscos e oportunidades.

Portanto, se você possui certificação, o uso do módulo é garantia de que você estará cumprindo com todos os requisitos e legislações aplicáveis a seu negócio. E caso não possua, ao utilizar o módulo GRC, automaticamente, você já estará seguindo as normas de qualidade e gestão de riscos em conformidade com os padrões internacionais.

Quais as funcionalidades do Módulo GRC?

As principais funções são:

  • Registrar de maneira simples e fácil os riscos e oportunidades do seu negócio;
  • Avaliação através de metodologias personalizadas de acordo com o que for melhor para sua empresa;
  • Notificação de todos os riscos e das ações por e-mail e pelo painel de pendências do sistema;
  • Definição de ações preventivas, corretivas, emergenciais (personalizadas) e de responsáveis e prazos para cada ação;
  • Geração de relatórios e gráficos gerenciais;
  • Classificação da origem do risco e oportunidade;
  • Classificação da severidade do risco e oportunidade;
  • Probabilidade de ocorrência;
  • Critérios de priorização;
  • Gestão e monitoramento da relação com Terceiros.

Há uma metodologias para uma gestão e análise de riscos?

Não existe um único método para fazer a gestão e análise de risco de um projeto ou operação. O que existe são técnicas que podem ser selecionadas e combinadas de acordo com as necessidades dos gestores e de cada empresa. Cada ferramenta possui indicações específicas, pontos fortes e fracos. 

Há metodologias, contudo, que são mais adequadas para a avaliação das causas de um problema e outras metodologias para as consequências. Tudo depende do seu ramo de negócio. O importante, porém, é que toda a organização siga a mesma metodologia em todo o processo.

No Módulo GRC já estão inclusas algumas metodologias, mas ele é completamente adaptável à metodologia já utilizada em sua organização.

É precisot ter metodologia única para toda a organização?

Sim. Na verdade, é preciso para saber o que priorizar. Gestão de risco é isso: você identifica todos os riscos da empresa, todas as oportunidades e você tem que priorizar. Por exemplo: você tem dez oportunidades de melhoria. O que você vai fazer primeiro? É nesse momento que o Módulo GRC te ajuda na visualização das prioridades, apresentando dados importantes para a tomada de decisão.

Como o Módulo GRC do SOGI ajuda na Gestão de Risco?

O Módulo GRC permite que você insira campos de avaliação, como uma severidade, uma frequência, uma probabilidade, uma consequência, ou o que você julgar importante. E o sistema vai te ajudar a escolher o que vai ser prioridade, qual risco ou qual oportunidade você deverá ser trabalhado primeiro. E então, criam-se as ações relacionadas para abordar esse risco, para reduzir esse risco, mitigá-lo ou até eliminá-lo. Ou para implementar a oportunidade.

Qual a vantagem do Módulo GRC para a minha Gestão de Risco?

A vantagem em usar o Módulo GRC é que você vai nivelar a metodologia com todos da organização. Mesmo analisando riscos e oportunidades completamente diferentes umas das outras, será possível nivelar e incluir questões divergentes em um único lugar.

Em outras palavras, significa que através de uma metodologia única, você terá uma visão do todo, que vai realmente conseguir estimar o risco real, e terá a certeza do que priorizar.

Como analisar o Risco: Planilha ou Software?

Utilizar planilhas vai trazer para seu negócio outros riscos que poderiam ser completamente evitados.  As planilhas podem até ser um método mais fácil de uso, por já estar no dia a dia das pessoas. Mas, é um método de controle muito insuficiente para realizar uma gestão de riscos eficaz.

Por exemplo, o uso de planilhas dificulta o controle de informação e da gestão, consequentemente, corre-se o risco de cada pessoa utilizar uma metodologia que achar melhor, trazendo problemas nas informações e dados. Além disso, as planilhas não permitem a geração de relatórios mais complexos, não envia e-mails automáticos de notificação, não possuem controle de quem modificou ou alterou cada item da planilha. Portanto, não é possível idenditicar se as tarefas rotineiras e importantes na Gestão de Risco, estão ou não, sendo realizadas ou se estão postergando prazos.

Como se certificar de que os dados da Gestão de Risco estão sendo atualizados?

O Módulo GRC possui várias funcionalidades que permite estabelecer critérios para modificações, alterações de informações e dados.

O Módulo GRC do SOGI elimina riscos que provavelmente você possui, caso ainda utilize de planilhas em seu sistema de gestão. Além disso, o Módulo GRC do Sogi é uma plataforma online, então você pode acessar de qualquer hora e qualquer lugar, desde que tenha acesso à internet, e todas as informações ficam seguras e salvas em nuvem, não existindo o risco de perder nenhuma.

É possível fzer a matriz de risco do meu negócio com o SOGI GRC?

Sim, consegue.

E por exemplo, se você tem uma matriz corporativa. É possível fazer a matriz de risco para todas as unidades corporativas ou cada unidade da corporação pdoe fazer a sua própria.

Exemplificando o parágrafo acima, é possível, desde que, seja cadastrado todos os usuários na licença de uso do Módulo, da unidade corporativa. E independente de quantas sejam, é possível cadastrar as várias unidades que fazem parte do corporativo. E assim, fazer a matriz de risco de todas as unidades. Essa etapa deve ser realizada dessa forma, caso contrário, não será possível designar os responsáveis pelos riscos e pelas oportunidades das ações.

Qual a relevância da matriz de risco para unidades corporativas?

Com o cadastro das unidades, cada uma delas terá a sua priorização dentro de uma mesma licença, e você poderá visualizar qual unidade é mais crítica dentro do corporativo, diante dos problemas.

Consegue também avaliar se os riscos são individuais, de cada unidade, ou se é um risco sistêmico. Isto é, o Módulo GRC permite que você tenha a visão da sua empresa como um todo, mesmo possuindo unidades corporativas espalhadas por todos o Brasil.

Análise e gestão de riscos: Quais os benefícios e vantagens?

Primeiramento a análise e gestão de riscos trazem inúmeros benefícios para você e toda a sua empresa! Listamos abaixo, alguns itens que podem e devem ser considerados importantes e relevantes para uma gestão eficaz.

  • Proteger seu negócio;
  • Evitar perda de valor da empresa devido à ocorrência de crises;
  • Prevenir e prever instabilidades corporativas;
  • Tratar as incertezas e os riscos e oportunidades a elas relacionadas;
  • Melhorar o relacionamento com as partes interessadas;
  • Maximizar o aproveitamento das oportunidades positivas de ganhos;
  • Aumentar a probabilidade de atingir os objetivos;
  • Estimular uma gestão proativa;
  • Estar atento para a necessidade de identificar e tratar os riscos através de toda a organização;
  • Melhorar a identificação de oportunidades e ameaças;
  • Melhorar o reporte das informações financeiras;
  • Estabelecer uma base confiável para a tomada de decisão e o planejamento;
  • Melhorar os controles;
  • Alocar e utilizar eficazmente os recursos para o tratamento de riscos.

Benefícios para a Gestão quando se tem controle dos Riscos

  • Tem competitividade e atratividade do negócio;
  • Oferececonfiança e atratividade aos investidores e financiadores;
  • Está mais preparada para se antecipar a problemas;
  • Por saber se antecipar a problemas, está mais sólida e é mais valiosa aos olhos do mercado;
  • Melhora o planejamento estratégico;
  • Melhora a performance e a produtividade;
  • Atende às normas internacionais e requisitos legais e regulatórios pertinentes;
  • Melhora a governança, auditoria e certificações;
  • Melhora a confiança das partes interessadas;
  • Melhora a eficácia e a eficiência operacional;
  • Otimiza o capital;
  • Melhora o desempenho em saúde e segurança, bem como a proteção do meio ambiente;
  • Melhora a prevenção de perdas e a gestão de incidentes;
  • Minimiza perdas;
  • Melhora a aprendizagem organizacional;
  • Desenvolva uma mentalidade de risco na rotina operacional; e
  • Aumenta a resiliência da organização.

Quais os diferenciais que o Módulo GRC traz para meu negócio?

O método de avaliação utilizado para a análise dos riscos e oportunidades pode ser adaptado à metodologia já usada no seu negócio. Ou seja, no Módulo GRC é possível configurar os critérios de avaliação e definir a fórmula de cálculo do seu risco de forma personalizada.

Além disso, é um módulo diferente de qualquer outro porque ele é totalmente customizável pelo cliente. Ele tem uma estrutura básica, mas o cliente insere o que ele quiser no sistema.

Então, é possível, através dele, registrar todos os riscos e oportunidades dos negócios, dos processos, de aspectos e impactos, relacionados à saúde e segurança, segurança de alimentos ou qualquer outro item desejado pelo cliente. Outro diferencial é poder colocar como um critério o custo, tanto para abordar risco quanto para abordar oportunidades. Assim é possível avaliar custo de investimento e retorno financeiro das ações tomadas.

Por que fazer uso do Módulo GRC?

Portanto, com o Módulo GRC é possível fazer uma gestão dos riscos e das oportunidades e maneira eficaz, auxiliando as tomadas de decisão de quais ações priorizar.

No caso da identificação e análise dos riscos, o Módulo ajuda a prevenir multas, interdições, paralisações das atividades e, até mesmo, perda de capital.

Fale conosco para conhecer na prática o uso do Módulo SOGI GRC.

Fale conosco Módulo GRC - Gestão de Risco, Governança e Compliance
SOGI - Módulo GRC do SOGI. Fale com a empresa Verde Ghaia.

Como escolher um software para tratar as Não Conformidades

Não exite uma fórmula mágica para gerenciar as Não Conformidades relacionadas ao sistema de Gestão, seja do seu negócio, processo, produto, acidentes e incidentes, auditorias internas e externas. Existem sim, ferramentas capazes de ajudar e muito os gestores nessa complexa tarefa.

Mas, antes de escolher o Software mais adequado a sua Gestão de não conformidades, saiba quais são as características principais que ele deve ter, para que sua gestão de TNC seja eficiente e assertiva nas tratativas.

Boa leitura!

Tipos de não conformidades que o software precisar tratar

O software precisa tratar as não conformidades reais e potenciais da organização, tendo todos os requisitos exigidos de normas de gestão de tratamento de conformidade e não conformidade.

Serve tanto para conformidades de sistema de gestão e não conformidades de requisitos legais ou qualquer outra conformidade vinda de inspeção de auditorias de fornecedores, por exemplo.

O software precisa respeitar as etapas de tratamento de não conformidade?

Existem várias etapas que devem ser seguidas para garantir o sucesso do tratamento das não conformidades. A metodologia utilizada, por exemplo, no Módulo TNC SOGI, segue todas estas etapas descritas a seguir e que a Equipe da Verde Ghaia considera importante, conforme as metodologias estudas e a experiência adquirida nesses 20 anos de gestão.

1a etapa: o registro da não conformidade.

Aqui é descrito o maior nível possível de detalhes, descrevendo qual ou quais foram os desvios que ocorreram. Conte uma história. Explique detalhadamente o que ocorreu. Não deixe passar nada. Evidências são importantes neste momento.

2ª etapa: referenciar essa não conformidade.

Esse desvio está relacionado a que? A um requisito legal, a um requisito interno, a um procedimento interno, a um procedimento corporativo, a uma norma de sistema de gestão? Qual requisito não foi atendido? Ou seja, nesse momento identifica-se o que está sendo descumprindo.

3ª etapa: é onde é feita a análise crítica dessas não conformidades.

Na análise crítica identifica-se quais as consequências que essa não conformidade traz para a organização e que contexto que a não conformidade está presente.  É importante destacar nesta etapa:

  • Reincidência: é a primeira vez que ocorreu aquela falha ou já ocorreu mais de uma vez?
  • Abrangência: o que a não conformidade identificada afetou, quais foram os processos impactados, descreva os efeitos.

4ª etapa: ações imediatas

Apontar qual ação imediata foi tomada diante da não conformidade, assim que ela for identificada.

5ª etapa: em seguida é feita uma análise de causa raiz.

Ou seja, é feita a avaliação de qual é a causa raiz dessa não conformidade, qual foi o principal motivo pelo qual ela ocorreu. E essa análise da causa raiz pode ser feita através de várias ferramentas da qualidade, como por exemplo, brainstorming, diagrama de Ishikawa, MASP (Método de Análise e Solução de Problemas), árvore de cinco porquês, entre outras. 

6ª etapa: aprofundamento na busca pelas causas da não conformidade

Assim, visa-se a melhoria contínua dos processos. Por isso, nesta etapa, é definida as ações a serem tomadas e também quanto elas custarão. Essas ações podem estar relacionadas a uma ou a várias causas diferentes.

7ª etapa: delegue responsáveis e prazos para essas ações.

E também se estima qual o resultado esperado da tratativa dessa não conformidade. E para saber se a ação adotada foi realmente eficaz, realiza-se a análise de eficácia, que obedeça aos prazos estabelecidos para que não seja cometido o erro de não eliminar a causa e futuramente ter de novo o mesmo problema.

É muito importante que todas as informações sejam corretamente registradas, porque quem for fazer a análise de eficácia tem que verificar se as ações propostas foram cumpridas e se o resultado esperado foi atingido. E geralmente quem faz uma análise de eficácia é alguém que está fora, ou uma pessoa diferente que não tomou ações. Por isso essa etapa é importante, para que haja tenha uma visão geral do sistema.

Todo software tem que ter uma metodologia definida?

É importante que todo ferramenta de gestão tenha em sua tecnologia uma metodologia definida com base em normas, requisitos, regas, leis. Enfim, toda metodologia se baseia em estudos aprimorados que serão colocados em prática. Portanto, a resposta é Sim!

É preciso que o software tenha uma metodologia segura e eficiente, para que o gestor com orientação do software possa seguir etapas de tratamento das não conformidades.

Contudo, um bom software permite que o Gestor inclua anexos para uso de outras metodologias de análise de causas das situações adversas que tem no mercado, se assim for necessário. Esta customização é precisa, pois cada negócio tem as suas especificações.

Aqui, na Verde Ghaia, nós fazemos uso de metodologias renomadas e também buscamos entender as necessidades dos clientes, dando a liberdade de customização, caso o cliente deseje. Isso permite que o software SOGI TNC atinja os resultados desejados pelo cliente.

DICA: Definia um responsável pela Análise de Causa Raiz, podendo ser os envolvidos da área: gestor da área, alguma área de apoio que está relacionada, às vezes um RH, dependendo da situação.

É importante ter uma gestão que faça as evidências das não conformidades?

Esse é o princípio básico de gestão. O objetivo maior da gestão no tratamento das não conformidades é evitar a repetição dos desvios. É ter uma melhoria contínua dos processos.

Então, é muito importante que se faça a tratativa correta das não conformidades e faça esse registro das evidências, a abrangência, que envolva vários responsáveis dentro da organização para essas tratativas.

Por que um Software que trata as NC faz a diferença na Gestão?

É comum que muitas empresas não tenham uma estruturação da análise dos desvios e das não conformidades. Às vezes, porque não sabem realizar uma gestão do tratamento das não conformidades com eficácia. Contudo, a causa principal disso é a dificuldade de colocar no papel o que é feito no dia a dia. Na maioria das vezes na pressa, ou por falta de conhecimento, as pessoas não fazem da maneira correta. E isso, é percebido em diversas situações.

Muitos não têm conhecimento do próprio conceito, e precisam de um treinamento na forma de tratar a não conformidade. Por exemplo, você precisa conhecer qual o objetivo da tratativa de não conformidade para você ter noção dos conceitos e para você aplicar isso na prática.

Importante destacar que quando a não conformidade é recorrente, é possível vê-la em qualquer sistema de gestão ou em qualquer auditoria, afetando negativamente toda a organização.

Consequências para a gestão quando não se tem a análise dos desvios e das NC bem estruturada

RE A base da tratativa da não conformidade é tomar ações para eliminar a causa dos desvios. Se a análise não está estruturada, as não conformidades não são tratadas, porque sem uma estruturação não se consegue chegar à causa raiz do desvio. Assim, acaba somente eliminando os efeitos, e não as causas. E eliminando apenas os efeitos, a não conformidade pode se torna recorrente.

A maior parte das empresas não sabe usar o tratamento das não conformidades a seu favor. E assim elas podem vir a impactar outros processos subsequentes, o meio ambiente, a segurança dos trabalhadores, as partes interessadas, o atendimento de requisitos de clientes e resultar em perdas financeiras. Só uma empresa que tem uma gestão muito boa consegue identificar pontos de melhoria que podem aperfeiçoar os processos ou métodos de trabalho.

É possível gerenciar os desvios e as não conformidades da empresa através de Planilhas em vez de usar de Softwares? Sim, é possível.

Entretanto, os Softwares que existem hoje no mercado, possuem inúmeras vantagens e benefícios que uma planilha não possibilita alcançar. Além disso, as vantagens e os benefícios que um software traz para tanto para a gestão quanto para as organizações em relação a uma planilha de Excel são inúmeras.

Vantagens e Benefícios de um Software para tratar as Não Conformidades

  • Com o software com foco em TNC, você sempre terá ‘planilhas’ e gráficos à sua disposição em tudo o que fizer, sem risco de estarem corrompidas ou com dados que podem ter sido sabotados.
  • Não há necessidade de uma estrutura de TI em sua empresa para utilizar o software.
  • O software precisa ter acesso online, 24 horas por dia de onde você estiver.
  • Busque por um software que não precisa instalar programas nos computadores da sua empresa. Basta ter acesso à internet para obter todas as informações.
  • O armazenamento dos dados feito na nuvem. Assim, o software para TNC garante 100% de confidencialidade e segurança da informação.
  • É possível salvar documentos em evidências objetivas.
  • Você pode gerar relatórios gerenciais em tempo real com apenas um clique, contendo todas as informações que você necessita, permitindo maior assertividade nas tomadas de decisão.
  • Possibilidade de integrar mais rapidamente as unidades corporativas.
  • Não há limite de cadastramento de usuários. Podem ser cadastrados quantos forem necessários, desde que eles sejam colaboradores da sua empresa.
  • Cada usuário pode ser cadastrado com diferentes hierarquias de perfis de acesso, definindo assim quem acessa o que, deixando registrado data, horário de acesso, tipos de modificações e alterações que foram feitas. Os perfis são totalmente configuráveis.
  • O usuário também pode ter acesso corporativo. Dessa forma, pode acessar todas as unidades da sua empresa.
  • Visual atrativo e de fácil utilização.

Qual o diferencial do SOGI TNC para outros que existem no mercado? 

O nível de informações dos softwares existentes no mercado é muito parecido, porque é um nível mínimo exigido nas normas de gerenciamento.

Entretanto, o Módulo TNC foi desenvolvido para ser muito mais que isso. Alguns de seus diferenciais perante outros existentes são:

  • Sua utilização é muito fácil;
  • As informações são visualizadas de maneira muito clara;
  • O número de acessos permitido é ilimitado;
  • É um software totalmente online, podendo ser acessado de onde e quando você quiser;
  • Tem um histórico de modificações, permitindo um maior controle sobre quem fez o que e quando;
  • Gera em tempo real e com apenas um clique os relatórios e gráficos de gerenciamento;
  • Permite a elaboração de planos de ação de modo que você possa traçar metas para que as exigências sejam alcançadas de maneira completa e estratégica, em todos os setores da sua empresa, estimulando inclusive seus colaboradores a se comprometerem com a qualidade do que você oferece.

Quais os benefícios ao usar o Módulo SOGI TNC?

Um dos principais benefícios para a gestão é que o Módulo TNC permite que você tenha uma visão geral de quais são os problemas da sua organização.

Por exemplo, no sistema você consegue compilar os dados, consegue visualizar todas as informações, consegue fazer uma gestão do que está em aberto, do que está em andamento, do que está pendente, de avaliação de eficácia, qual o prazo que cada uma das pessoas responsáveis estão tendo, se estão cumprindo eles ou se estão postergando.

Vantagens e benefícios de utilizar o SOGI TNC em minha organização?

Para a organização de um modo geral, os benefícios que você tem ao usar o Módulo TNC são:

  • Criar e gerenciar ações imediatas, de correção e preventivas;
  • Delegar responsabilidades para todo o fluxo de tratamento da não conformidade;
  • Definir ações preventivas, corretivas, emergenciais, responsáveis e prazos para cada ação;
  • Enviar notificações com prazo e pendências registradas;
  • Gerar relatórios e gráficos gerenciais;
  • Anexar documentos como evidência;
  • Identificar a causa da não conformidade;
  • Avaliar a eficácia dos planos de ação;
  • Poder anexar documentos; e
  • Controlar a permissão de acessos de usuários e alterações de planilhas.

Todas as funcionalidades dos módulos do SOGI também auxiliam que sua organização não comprometa seu sistema de gestão, pois possibilita que seja feita a manutenção dos requisitos que já estão em conformidade legal e trate da maneira mais adequada os que estão em não conformidade.

E para que sua gestão de não conformidades se torne mais tranquila e ágil, a Verde Ghaia também oferece Assessoria no momento de inserir suas evidências de atendimento ou não aos requisitos legais.

Quer saber mais sobre o SOGI LIRA? Deixe seus comentários abaixo e o responderemos em seguida. Se desejar, agende uma apresentação da ferramenta gratuitamente através do fale conosco!

Blog SOGI