Sua empresa está preparada para a transformação Digital?
×

Como alinhar seu negócio às transformações digitais?

Com a Pandemia de Covid-19, todas as empresas que ainda seguiam uma mentalidade de gestão vertical sentiram diretamente o impacto disso, percebendo no susto que era hora de se transformar. A grande questão é que realizar uma transformação bem no auge de uma crise pode ser perigoso e até mesmo colocar os negócios em risco.

O ideal é que sua organização esteja sempre na vanguarda. E neste momento o mais indicado é adequar seu modelo para uma grande transformação digital.

O que é transformação digital?

Significa reestruturar os processos de sua empresa, fazendo uso da cultura digital/tecnologia para ganhar em produtividade — produtividade esta que pode refletir tanto nos lucros da organização quanto na qualidade de vida de seus colaboradores.

A transformação digital não ocorre somente porque a empresa implantou alguma nova tecnologia. Esse tipo de transformação é muito mais grandiosa e deve gerar uma mudança de mindset em toda a empresa (sobre o qual já falamos aqui), refletindo principalmente no relacionamento com os clientes.

Acesse o Canal Verde Ghaia

Benefícios da transformação digital

A TD não apenas torna todos os processos mais ágeis e eficazes, mas também traz outras vantagens:

  • Melhora a experiência de clientes e fornecedores, pois estes terão mais facilidade para se comunicar com a empresa
  • Torna os processos operacionais mais eficientes, simplificando processos muitas vezes complexos e trazendo assim mais qualidade de vida à equipe
  • Baixa custos no longo prazo
  • Simplifica/Facilita a gestão de modo geral
  • Estimula a criação de novos modelos de negócios
  • Abre caminhos para a realização de Inbound Marketing, ou seja, atrair e converter novos clientes através de canais digitais, como mecanismos de busca, blogs e redes sociais.

Como realizar a transformação digital?

Para realizar a TD, não basta atrelar todos os processos da empresa ao uso da internet ou de equipamentos modernos, ou limitar-se a construir um site atraente, estar nas redes sociais ou associado a digital influencers. O conceito vai muito além disso; exige mudanças estruturais na empresa e na mentalidade das pessoas que ali trabalham.

Visão, missão e valores

Todos os aspectos da transformação digital são guiados pelos objetivos organizacionais. Sendo assim, a TD precisa estar intimamente atrelada à visão, missão e valores da empresa, caso contrário será em vão.

A cultura digital só se firma quando as atitudes e os comportamentos dos colaboradores são capazes de sustentar o uso das ferramentas digitais, fazendo delas um valioso artifício para oferecer mais valor ao cliente e, consequentemente, garantir o crescimento da organização.

Empresas que priorizam a cultura da empresa durante a transformação digital comprovadamente obtêm retorno financeiro superior quando comparadas àquelas que não o fazem. Em suma: não faz sentido adotar novas tecnologias ou implementar soluções digitais se seus usuários (ou seja, os colaboradores) não entenderem o propósito disso.

Mudança de mindset da gestão

Para que a transformação realmente aconteça, a adesão à cultura digital deve começar na liderança. Foi-se o tempo em que era aceitável aquela figura do líder “dinossauro” que deixa tudo por conta dos mais “jovens e descolados”.

Esta imagem clichê está completamente ultrapassada. É muito importante que o líder esteja bem inserido no contexto da cultura digital, até mesmo porque ele será o principal responsável por vencer quaisquer obstáculos que possam surgir ao longo do caminho — os quais não excluem resistência de equipes em adotar processos inéditos.

Infraestrutura física

Inegavelmente, a transformação digital exige infraestrutura e esta deve ser pensada no longo prazo, já que não é barata. Será preciso investir em equipamentos, softwares, aplicativos, armazenamento em nuvem, servidores e muito mais.

No entanto, devemos lembrar que é o tipo de investimento que vale a pena, pois traz muito retorno. Caso sua empresa não possua experiência com tecnologia, vale buscar consultoria externa — inclusive no que diz respeito à expansão digital dos negócios.

Planejamento estratégico

Nem só de maquinários e softwares vive a transformação digital. Se não houver um bom plano estratégico, de nada valerá tanto investimento em treinamentos e programas.

Mantenha os objetivos de gestão em dia. A inserção de tecnologia pura e simplesmente nunca é garantia de sucesso.

Análise de dados

Na cultura digital, a análise de dados é extremamente importante. Adote indicadores e conheça bem todos os recursos existentes nesse meio (SEO, analytics, adwords, adsense etc). Isso ajuda na tomada de decisão e na gestão de riscos, além de reduzir as chances de acontecerem erros crassos.

O mais importante de tudo é a empresa compreender seu posicionamento no mercado, pois não adiante adotar uma roupagem digital e forçar sua presença online se não houver o entendimento real do que isto significa.

A transformação digital requer resiliência e capacidade de atualização em alta velocidade. Conheça o Curso Gestão Acelerada da VG e alavanque seus negócios!

SUPERE OS DESAFIOS DA SUA EMPRESA COM PRÁTICAS USADAS PELAS STARTUPS MAIS VALIOSAS DO MUNDO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *