Como implementar um SGI - Sistema de gestão integrada com o SOGI
×

Legislação: como saber que nada vai ficar de fora?

Mas, com tantas leis, normas e requisitos existentes, como é possível saber que nada vai ficar de fora do monitoramento da minha empresa?

A Verde Ghaia tem total conhecimento de todas as leis existentes no Brasil, sendo que todas elas são constantemente atualizadas no SOGI. Por exemplo, em 1999, ano de sua fundação, haviam 7.315 leis em seu banco de dados, e 134 revogações. Em 2019, já são 113.476 leis e 512 revogações – um aumento de 106.161 leis em vinte anos. Nenhuma é negligenciada, e seus clientes sabem da importância disso para manterem seus certificados de norma ISO ou terem a certeza de que estão de acordo com todas as leis aplicadas às suas atividades, cada vez mais complexas e com fiscalizações mais rígidas.

Saiba que nenhum detalhe escapa para a Verde Ghaia!

Então, sabendo que em uma empresa uma das maiores preocupações é garantir a segurança, confiabilidade e sigilo dos dados e das informações do seu sistema de gestão, o SOGI é totalmente online e todas as informações e dados são armazenados em nuvem, permitindo também backup de tudo. Isso significa que você não vai precisar fazer nenhuma instalação e vai poder acessar o software a qualquer hora do dia, 7 dias por semana, de qualquer lugar do mundo, tendo a certeza que todas as informações importantes estarão completamente seguras em nossos provedores, pois somos proprietários de nossas metodologias e softwares. Isso nos garante mais segurança, velocidade no desenvolvimento e, principalmente, segurança de informação. Não terceirizamos aquilo que é essencial para nosso negócio, porque acreditamos na importância do tema Compliance para sua gestão.

EAD do SOGI e Suporte para não ter dúvidas!

E se você tem receio de não saber utilizar o SOGI ou não sabe o que fazer se surgir alguma dúvida, não precisa se preocupar, porque a Verde Ghaia também pensou nisso. Para atendimento de dúvidas de clientes, há uma equipe multidisciplinar e altamente qualificada, composta por advogados especialistas em compliance e risco, desenvolvedores de software, engenheiros ambientais, de saúde e segurança e de alimentos e ainda desenvolveu um curso específico para o SOGI.

Aqui na Verde Ghaia, você pode contar com uma equipe de especialistas, com mais de 15 anos de experiência em monitoramento de requisitos legais, auditorias de conformidade legal e auditorias em sistemas de gestão. Prezamos pela diversidade na equipe como forma de alcançar os mais diversos ramos de atividade. Além disso, o SOGI contempla validação de evidências de atendimento aos requisitos legais, consultoria jurídica ilimitada com prazo de retorno de 24 horas através de uma Plataforma de Consultoria Online exclusiva que permite visualização de todo o histórico de consulta.

O SOGI também não limita quantidade de usuários e/ou de perfis para acessos. Você pode cadastrar quantos quiser, de acordo com sua necessidade. Além disso, todos os acessos são personalizáveis, gerando segurança aos administradores da conta, de modo que não haja alterações, mudanças ou mesmo arquivos apagados. O upload de documentos também é ilimitado e ele possui um histórico de modificações, permitindo um maior controle sobre quem fez o que e quando.

Por fim, o SOGI ainda oferece recursos para gerar relatórios e indicadores diferenciados, permitindo assim uma gestão compartilhada e tomadas de decisão assertivas. Disponibiliza igualmente a elaboração de planos de ação de modo que você possa traçar metas para que as exigências sejam alcançadas de maneira completa e estratégica, em todos os setores da sua empresa, estimulando inclusive seus colaboradores a se comprometerem com a qualidade do que você oferece. E ainda tem mais!

Diferenciais da Verde Ghaia que vale a pena conferir:

  1. Única empresa de serviços que possui plataformas integradas de consultoria em sistemas de gestão e requisitos legais;
  2. Número de consultores próprios adequados para atender todas as demandas de nossos clientes;
  3. Consultores em nível sênior e com formação adequada aos serviços prestados, incluindo formação de auditores líderes nas normas trabalhadas;
  4. Alto nível de conhecimento em mais de 350 ramos de atividade econômica;
  5. O SOGI é o único programa que permite a correlação automática com aspectos e impactos e legislação, reduzindo assim custos de consultoria;
  6. Única empresa com plataforma de gerenciamento de resíduos e consultoria online para reduzir custos e tempo nas consultorias;
  7. Única empresa de serviços de consultoria certificada em meio ambiente, qualidade e saúde e segurança. 
  8. Única empresa do ramo com escritório local em São Paulo e que possui regionais em outros estados, possibilitando assim reduzir os custos de consultoria e logística. 
  9. Única empresa com programa de gestão de riscos, Compliance, gestão de licenças e módulo corporativo. 
  10. Única empresa com metodologia proprietária para PRSSO e GAIA incorporada ao sistema. 
  11. Única empresa com programa de controle de tratamento das não-conformidades (TNC) já incorporado ao contrato de requisitos legais. 
  12. Única empresa com módulo de auditoria de conformidade legal já incluída no sistema. 

Reputação da Verde Ghaia

Além dos diferenciais apontados acima, a Verde Ghaia possui reputação no mercado e sua imagem é conhecida pela excelência em serviços de gestão e pelo seu papel social com a comunidade em seu entorno.

  • Em 2018 a empresa ganhou pelo segundo ano consecutivo um dos mais tradicionais e prestigiosos prêmios de sustentabilidade empresarial do Brasil: o Guia Exame de Sustentabilidade, que seleciona e premia as chamadas “empresas-modelo”. 
  • A Verde Ghaia destacou-se entre gigantes, e levou o prêmio de empresa mais sustentável do Brasil, no setor de consultoria, gestão e TI.
  • A Verde Ghaia esteve durante 4 anos consecutivos no ranking das PME’s que mais crescem no Brasil conforme Ranking da Revista Exame e Delloite;

Esses números refletem uma maior conscientização e aumento do interesse dos empresários pela padronização e certificação nas áreas de qualidade e meio ambiente.

  • A Verde Ghaia está presente em eventos de tecnologia, sustentabilidade e inovação em diversas partes do mundo.
  • A Verde Ghaia também é a responsável pelo Prêmio Compliance Brasil, sendo elas reconhecidas as boas práticas e o controle legal adotados pelas organizações em todo o país, sendo um incentivo para que as empresas brasileiras acolham práticas sustentáveis em seus processos.
  • O CEO e fundador do Grupo Verde Ghaia, Deivison Pedroza, é considerado atualmente um dos 150 melhores CEOs do Brasil.  O mesmo é referência no Brasil em Técnicas de Gestão e Empreendedorismo.
  • Deivison Pedroza, Fundador e CEO do Grupo, possui mais de 150 mil seguidores em seu canal do Youtube. Seus vídeos já ultrapassaram a marca de 90 milhões de acessos, é autor de seis livros e já ministrou cursos, treinamentos e palestras em todo o Brasil para mais de 20 mil pessoas sobre vendas, gestão de saúde e segurança ocupacional, normas ISO, gestão do meio ambiente e gestão empresarial.

Por todos esses motivos e mais tantos outros, a Verde Ghaia está consolidada no mercado há 20 anos, sendo referência nacional em sistemas de gestão online. E tudo isso não é à toa.

A preocupação com cada detalhe, o desejo de ser cada vez melhor e tendo o objetivo de oferecer serviços e produtos com qualidade, fazem com que cada um dos nossos colaboradores se dediquem de forma especial e exclusiva para ajudar você a facilitar seu trabalho, otimizar recursos, reduzir custos e permitir que sua empresa cresça de forma sustentável.

Assim, você pode usar o seu tempo para aquilo que realmente importa para você.

A Verde Ghaia não é uma simples prestadora de serviço. A Verde Ghaia tem profundo conhecimento técnico e faz questão de ser parceira de empresas que buscam integridade, transparência e ética em sua governança.

E então, vamos hoje mesmo começar a realizar o seu sonho?


Estes dados me foram passados pelo CEO Deivison Pedroza, para criação do material sobre os 20 anos da Verde Ghaia.


Keziah Pollyanna / Comunicação e Marketing do Grupo Verde Ghaia

O que fazer após implantar um sistema de gestão?

Saber o que fazer depois de implementar um sistema de gestão pode ser um desafio ainda maior que iniciar esse processo. A manutenção e a contínua de melhorias dos diversos aspectos de um empreendimento após a implementação de um sistema de gestão é essencial.

Ao implementar um sistema de gestão, toda a energia e dedicação de todos da empresa estão direcionadas em fazer dar certo todo o processo. Há uma motivação contagiante, e determinação a bater as metas. E quando isso acontece, ocorre aquele momento de relaxamento: primeiro passo alcançado!

E é nesse descanso momentâneo que pode estar o início da dificuldade de manter a manutenção do processo. O que acontece é que ao sentir que uma tarefa ou meta foi cumprida, saímos do estado de êxtase, e entramos no modo estável. Mas o que fazer para evitar esse esfriamento da motivação?

Implementar um sistema de gestão e fazer a manutenção

É natural que aconteça uma queda no rendimento depois de implementar um sistema de gestão. Entretanto, cabe ao gestor do sistema se manter centrado no que deve ou não ser feito. E procurar maneirar de conservar um controle de qualidade, aplicando ações preventivas e corretivas.

Após esta implantação,é importante manter o mesmo como algo que faz parte de maneira definitiva da empresa, passando aos colaboradores uma sensação de que é algo solido e que deve ser seguido, sempre.

É importante que a manutenção seja colocada como prioridade. Dessa forma será possível conseguir a implementação do sistema de gestão de forma efetiva. Pode ser trabalhoso no início, e até mesmo estressante, mas, pense nisso como um investimento a longo prazo para a sua empresa.

Dicas para implementação e manutenção

O sucesso do sistema de gestão depende de diversos fatores, é preciso que esse processo seja feito da maneira certa, e de forma gradativa. Separamos algumas dicas que podem te auxiliar a não errar na hora de pôr a prova seu sistema de gestão, são elas:

* Envolva seus funcionários: as pessoas que compõem a sua empresa são essências para o sucesso do sistema de gestão. É importante que todos estejam envolvidos e motivados a trabalhar para o melhoramento da empresa.

O colaborador precisa entender a importância do sistema para a empresa e para ele também. Sabendo o porquê e para que aquele sistema serve.

  • Promova treinamentos: é essencial que todos os funcionários da sua empresa passe por um treinamento adequado. Desta forma, será possível mostrar aos colaboradores o que irá mudar e como deverão reagir às mudanças. Escolha as pessoas certas que iram promover esse treinamento, passe as orientações de forma clara e precisa.
  • Divida setores: é muito comum encontrarmos resistências as mudanças, sejam elas quais forem. Caso encontre muita resistência durante o processo de implementação do sistema, procure começar esse programa de melhorias por setores que estejam receptivos a essas mudanças. Depois você poderá usar esse setor como exemplo, e mostrar como as mudanças deram certo.
  • Controle de qualidade: não perca o foco, as pessoas tendem a desanimar ou a voltarem a hábitos antigos mesmo sem perceber. Pra ter esse controle, você pode fazer uma rotina de acompanhamento. Não precisa ser um fiscal severo, isso não ajudará muito. Aproveite esse momento para entender a dificuldade das pessoas com as mudanças, e procurar soluções para que esses problemas sejam resolvidos.
  • Observe o andamento do processo: após um certo período de implementação do sistema de gestão, observe como os processos estão acontecendo, e como a novidade tem sido recebida. Caso seja necessário reestruture seu processo. Procure entender se as melhorias, nos diversos setores foram realmente incorporadas a rotina da empresa.

É importante entender que cada detalhe conta para que a implementação do sistema de gestão seja bem sucedida. O início pode demorar um pouco para que tudo corra como o esperado, mas depois dessa parte de adaptação, sua empresa terá o suporte que ela precisa para expandir.

Promova auditorias internas para controle

A auditoria interna irá servir para que você possa ter um melhor controle de qualidade dos processos que estão sendo realizados na sua empresa. Através dela, é possível identificar falhas, indicando onde é preciso melhorar e o que está dando certo no seu novo sistema de gestão.

Através de acompanhamento mais próximo da rotina da sua empresa, é possível trazer soluções de melhorias, além de deixar mais claro para o gestor quais são as decisões a serem tomadas para que os processos se tornem mais eficientes e qualificados.

Essas auditorias internas e externas podem ser realizadas periodicamente, a cada seis meses no início da implementação. É uma maneira mais clara e direta de avaliar o andamento do novo sistema de gestão, e manter uma manutenção mais rígida, para que erros sejam corrigidos logo no início.

Utilize de ferramentas de controle de qualidade

Após a realização de auditorias e levantamento de dados com informações gerais do andamento da empresa, será necessário a realização de ações corretivas e preventivas. Uma das formas de fazer isso é utilizando de ferramentas de manutenção do sistema de gestão.

Através dessas fermentas, será possível obter um melhor controle dos processos e aplicar melhorias onde for necessário. Algumas das fermentas que poderão ser utilizadas, são:

  • PDCA: essa ferramenta é voltada para um processo de melhoria contínua, são quatro etapas que serão aplicadas a seus processos, que são; planejamento, execução, verificação, ação.
  • Análise de SWOT: a análise de SWOT é direcionada para explorar e definir aspectos da empresa ou projetos. Neste processo são identificados os seguintes pontos; forças, fraquezas, oportunidades, ameaças.
  • Diagrama de Ishikawa: essa é uma ferramenta extremamente eficiente para controle de gestão, de forma clara e simples será possível identificar o problema e todas as suas ramificações, de forma que seja muito mais simples propor uma solução.
  • Folha de verificação: é uma maneira bem simples de verificar o andamento de determinado processo, através das informações coletadas é possível ter uma visão mais ampla da rotina de sua empresa.

Implementar um sistema de gestão não é um processo fácil e rápido, é preciso ter paciência e não perder o foco das metas e objetivos. Apesar de ser uma tarefa árdua, os benefícios que sua empresa terá com o sucesso desse sistema de gestão valera todo esse trabalho.

Dúvidas, fale conosco!

Quer um Sistema de Gestão inovador, moderno e eficaz?

Se você tem o sonho de ter em sua empresa um sistema de gestão inovador, moderno e eficaz que garanta que a sua organização esteja de acordo com toda a legislação vigente para a sua atividade, e que te ofereça a segurança de seguir as melhores práticas administrativas, como o de tomar decisões assertivas, ter o planejamento estratégico certo e um plano de ação bem definido, saiba que hoje mesmo, esse seu sonho pode se tornar realidade.

A Verde Ghaia, ciente das dificuldades que os empresários e gestores passam todos os dias para estarem em conformidade e assim não sofrerem com multas, sanções, penalidades e perdas de reputação, decidiu inovar e trouxe para o mercado o primeiro sistema de gestão online que revolucionou a maneira de gerenciar e monitorar os requisitos legais no Brasil – SOGI. Mas isso, foi em 1999.

Hoje, 20 anos depois, a Verde Ghaia continua sendo referência nacional em Sistemas de Gestão online e é Especialista na Assessoria e no Monitoramento de Conformidade Legal nas áreas de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Trabalho, Responsabilidade Social, Qualidade, Segurança de Alimentos, Sustentabilidade, Energia, Cadeias Logísticas e Mudanças Climáticas.

SOGI: Pensando em várias formas de se fazer Gestão

Tendo como missão estar sempre 04 anos à frente dos concorrentes, a Verde Ghaia utiliza metodologias próprias para o desenvolvimento de seus softwares, como o SOGI, o Sistema Online de Gestão Integrada, visando processos mais ágeis de monitoramento e gerenciamento de requisitos legais.

A Verde Ghaia se preocupa com cada detalhe na sua empresa e quer que todos os setores alcancem o melhor resultado possível. Desse modo, o SOGI foi várias vezes reformulado, repensado conforme as mudanças de mercado, sendo que a cada mudança, sempre pensamos em desenvolve-lo, usando tecnologia de ponta para que ajudar nossos clientes.

A primeira mudança importante, relacionado a gestão foi a divisão do SOFTWARE em módulos, para facilitar mais ainda o trabalho das organizações e seus gestores, garantindo assim, mais eficácia do sistema de gestão e resultados que pudesse ser mais detalhados na hora de emitir relatórios.

Conheça os Módulos do SOGI!

Módulo GAIA

Esse módulo foi desenvolvido para ajudar você na realização do levantamento ambiental de seus empreendimentos. GAIA significa “Gerenciamento de Aspectos e Impactos Ambientais”. Seu objetivo é facilitar o gerenciamento de todos os aspectos e impactos ambientais da sua organização. Além disso, ele auxilia na avaliação de impactos relacionados ao seu negócio e na criação de planos de ação voltados à melhoria e adaptação às exigências legais.

Módulo Administrativo

Criado para gerenciamento do acesso e das operações realizadas pelos seus colaboradores. O módulo administrativo permite economia de tempo, praticidade, agilidade e segurança para seu sistema de gestão, assim você não perde seus dados e não compromete seus resultados.

Módulo Auditoria

Se a sua empresa precisa de uma estrutura completa e organizada para realização das auditorias de conformidade legal, o SOGI oferece solução certa para você, permitindo que você tenha uma estrutura necessária para a realização das auditorias internas dos requisitos aplicáveis ao seu negócio. Essa é uma solução que visa a otimização da atualização da conformidade e relatórios automáticos.

Módulo GRC (Governança, Riscos e Compliance)

Visando oferecer metodologia para identificar/registrar, avaliar e monitorar todos os riscos e oportunidades ligados a seu negócio, a Verde Ghaia desenvolveu um sistema com foco em Compliance.

O módulo GRC auxilia você a prevenir multas, interdições, paralisações da atividade, perda de reputação e até perda de capital e de mercado, como também ajuda a aumentar a confiança e a atratividade dos investidores e financiadores, reduzindo o custo de capital e aumentando o valor de mercado da sua organização.

Módulo LIRA

É o módulo queridinho de nossos clientes, pois com o Módulo LIRA você terá uma visão clara de todo o sistema de gestão de sua empresa, tanto do ponto de vista operacional quanto gerencial. O nome LIRA significa “Lista Interna de Requisitos Aplicáveis”.

O Módulo LIRA utiliza as metodologias mais modernas de sistemas de gestão e surge como um substituto das planilhas de Excel. Seu objetivo é facilitar e agilizar o monitoramento de todos os requisitos legais aplicáveis a uma organização e gerenciar os planos de ação para melhorar o atendimento de tais requisitos.

Módulo Corporativo

Essa é uma ótima solução para você que quer estar em compliance e precisa integrar a gestão de requisitos legais aplicáveis, monitorar licenças e gerenciar os riscos das suas várias unidades corporativas.

Além disso, o Módulo Corporativo também facilita e garante a eficácia da sua Gestão corporativa mantendo e monitorando os mesmos padrões de qualidade e atendimento.

Módulo Licenças e Condicionantes

Sabendo das dificuldades que as organizações possuem para conseguir controle detalhado dos documentos necessários para o funcionamento regular das suas atividades, bem como seguir toda a legislação pertinente, foi criado o Módulo de Licenças e Condicionantes.

O módulo Licenças e Condicionantes é indicado para pequenas, médias e grandes empresas, para organizações que possuem várias unidades, para o ramo da construção civil ou mesmo para qualquer atividade que gere muitos impactos e são passíveis de licenciamento ambiental, como por exemplo as mineradoras, as empresas de concessões de óleo e gás, as siderúrgicas, entre outras.

Módulo PRSSO (Perigos e Riscos da Saúde e Segurança Ocupacional)

Esse módulo tem como foco registrar, avaliar e gerenciar os perigos e riscos da saúde e segurança ocupacional.

O Módulo PRSSO tem por função realizar o cadastro de todos os perigos e danos suscetíveis de ocorrer em uma empresa para que você faça uma gestão eficaz em relação à saúde e segurança ocupacional.

Módulo TNC (Tratamento de Não Conformidades)

Por fim, conhecendo as muitas incoerências de abrangência das não conformidades e o tempo desperdiçado em tantas análises, a Verde Ghaia desenvolveu o Módulo TNC do SOGI, a fim de auxiliar no tratamento delas, tornando simples e fácil todo esse processo.

O Módulo TNC foi desenvolvido especialmente para empresas que precisam gerenciar todas as não conformidades relacionadas ao seu negócio, processo, produto, acidentes e incidentes, auditorias internas e externas. Através deste módulo as organizações identificam desvios e não conformidades e tomam ações pertinentes para corrigir e evitar sua recorrência.

Como o SOGI pode ser contratado?

A contratação do Software SOGI, dependerá da necessidade da sua gestão e dos resultados que deseja atingir, portanto, você poderá contratar um ou mais módulo. Quem define isso é você!

Entretanto, se você quiser continuar como está hoje, optando por não ter um sistema de gestão online e moderno para sua empresa há como contratar os serviços de Outsourcing que a Verde Ghaia oferece aos seus clientes. Bem, vamos entender como funciona!

Outsourcing LIRA

O serviço de Outsourcing LIRA tem como objetivo sanar o problema de diversos clientes que, por diferentes motivos, não conseguem deixar seu módulo do SOGI atualizado. Basicamente, funciona assim:

1.o cliente envia seus documentos, evidencias e os nomes dos responsáveis pelos planos de ações via plataforma Consultoria Online.

2. Em seguida, a Verde Ghaia realiza a revisão da aplicabilidade dos requisitos legais assim como as obrigações, removendo aqueles que não são pertinentes ao seu negócio.

3. Logo após a Verde Ghaia preenche a sua planilha do Módulo LIRA, inserindo as descrições de evidências de atendimento ou não atendimento das obrigações.

4. Para ter uma planilha Lira adequada a sua Gestão, a Verde Ghaia cria planos de ação corretivos com os responsáveis da sua empresa, definindo os prazos para as obrigações e fazendo a identificação das não conformidades, quando for o caso.

5. Por fim, a Verde Ghaia enviará mensalmente o relatório de estatística de atendimento do Monitoramento Legal.

Contratação de Serviço Jurídico

Desse modo, você pode contratar serviço jurídico para realização de todo o monitoramento dos seus requisitos legais, como:

# Evidenciação de obrigações,

# Validação de requisitos,

# Avaliação da aplicabilidade das obrigações,

# Incorporação de áreas de abrangência e

# Criação plano de ações.

Fale com um dos nossos consultores para saber qual o melhor plano para o seu negócio e obtenha os melhores softwares em tecnologia para agilizar a sua gestão e alcançar os objetivos propostos.

Por que fazer Integração dos sistemas de Gestão (SGI)?

A gestão integrada tem trazido muitos benefícios para as empresas, entre eles uma maior facilidade em alguns aspectos práticos das suas rotinas, como uma melhor administração da economia, especialmente na diminuição dos custos.

Além disso, ela também reduz os processos burocráticos e proporciona um aumento da eficácia e eficiência nas rotinas, assim como uma equipe mais engajada e comprometida em relação à busca dos resultados, entre outras coisas.

Mas, antes de falarmos sobre a integração dos sistemas de Gestão Integrada – SGI, precisamos entender um pouco sobre a Gestão Integrada em si e o que ela representa, de um modo geral.

Sistema de Gestão Integrada (SGI) – o que é?

O Sistema de Gestão Integrada consiste em um processo administrativo que torna possível a visão completa da organização pelo gestor.

É por meio dela que os processos são integrados, ou seja, passam a ser trabalhados em conjunto, obtendo resultados cada vez mais satisfatórios pela instituição que optou por utilizá-lo. No SGI os processos de gestão ambiental, segurança, qualidade, responsabilidade social e saúde ocupacional são trabalhados juntos, em todos os níveis da empresa.

Leia mais sobre esse processo de integração dos sistemas no post: A Matemática da Integração, escrita por Deivison Pedroza, Ceo do Grupo Verde Ghaia

Com a adoção do SGI as organizações passam a trabalhar estrategicamente algumas questões relacionadas à segurança e ao meio ambiente, por exemplo, conseguindo um significativo impacto em relação à maneira como atingem os seus objetivos.

Entendendo o contexto do mercado atual

Em um mundo globalizado, onde há livre concorrência no mercado e o público se torna cada vez mais exigente, as empresas precisam pensar estrategicamente e agir conforme esse novo cenário.

Não é possível se manter com foco apenas em vendas, mas agregar valor e manter uma excelente relação com o cliente interno e externo, transformando o ambiente organizacional e todo o contexto onde a empresa está inserida em um espaço para ações benéficas à sociedade, de um modo geral.

A economia, antes colocada no topo das prioridades, hoje divide lugar com as questões sociais e ambientais, aumentando assim a competitividade da empresa e a colocando em uma posição favorável em relação ao público.

Você compraria um produto ou serviço cuja empresa não se preocupa com o meio ambiente ou se mantém alheia às questões sociais? Se o cliente não consegue se manter alheio a questões que dizem respeito a todos, a organização também não pode ignorá-las.

Inclusive, as organizações possuem uma responsabilidade um tanto maior, já que são elas que se utilizam de matéria-prima, mão de obra, processos de fabricação, tecnologia e muitos outros para manter a sua produção.

Café Conectado Verde Ghaia – Sistema de Gestão Integrada

Entendendo melhor o SGI

O Sistema de Gestão Integrada tem um papel fundamental: unificar os processos, tornando mais eficiente a implantação das políticas, objetivos, práticas e processos de maneira que os resultados acontecem muito satisfatoriamente do que quando essas áreas tão trabalhadas individualmente.

Um modelo de gestão completo surge a partir do Sistema de Gestão Integrada, permitindo inclusive que a empresa possa obter toda a certificação dos diferentes sistemas por meio de uma púnica auditoria.

Ou seja: é possível que a organização atenda de uma só vez a todas as exigências e obtenha apenas um sistema de gestão integrada.

No que se diz respeito às auditorias tanto internas como de certificação, há uma grande vantagem. Apenas uma auditoria combinada passa a reduzir o número de auditorias individuais.

Resultado: os negócios e operações passam a não ser mais tão interrompidos pela mobilização dos auditores internos e contratados.

A economia do seu negócio fica em segundo plano?

Como falamos anteriormente, no mundo globalizado e com os clientes cada vez mais bem informados, a organização precisou parar de pensar apenas no processo de vendas e a pensar mais estrategicamente para manter a competitividade. Isso fez com que ela colocasse em primeiro plano ações estratégicas voltadas para a saúde, o meio ambiente, a as questões sociais, por exemplo. Mas, e a economia que antes era prioridade, ficou mesmo na prateleira?

Não, de forma alguma. Focar nos outros processos faz justamente com que a economia da empresa se mantenha aquecida, de maneira a reduzir os custos e obter um ótimo retorno financeiro.

Entenda a ISO 14001

Para falar sobre o Sistema de Gestão Integrada é imprescindível que a ISO 14001 também seja compreendida. Porém, antes de entendê-la é preciso falar um pouco sobre uma outra norma: a ISO 14000.

O que é a ABNT NBR ISO 14000?

Trata-se de normas específicas que descrevem os pré-requisitos de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) e, a partir desse sistema, é desenvolvido nas organizações uma estrutura para a proteção do meio ambiente.

Esse sistema visa também oferecer respostas rápidas às mudanças e problemas relacionados às condições ambientais.

ISO 14001 – compreendendo o Sistema de Gestão Ambiental

Com a ISO 14001 surge uma nova linha de pensamento (que condiz muito mais com os dias atuais).

E é a partir da compreensão de que a sustentabilidade não se faz apenas com uma estratégia de viés unicamente ecológico que o SGA passa a trabalhar uma forma estratégica, que visa o desenvolvimento sustentável das organizações.

A ISO 14001 agrega um valor muito mais significante para que as empresas ganhem a certificação devida. Ela tem foco no envolvimento social e o cumprimento da legislação ambiental vigente.

Saiba como o SOGI pode ajudar no processo de integração, evitando quaisquer contratempo!

Dificuldades da integração dos sistemas

Embora a integração de processos, especialmente com a inclusão do Sistema de Gestão Ambiental, pareça algo simples e que consiste apenas em aspectos positivos, há alguns pontos que podem trazer conflitos e precisam ser solucionados.

Se uma organização já possui certificação em um sistema de gestão da qualidade, vale observar que ela já trabalha isoladamente a qualidade de seus produtos e os diferentes impactos que eles têm sobre a sociedade e o meio ambiente.

De um modo geral, esses pontos estão sob a responsabilidade de profissionais de diferentes áreas, o que limita a visão mais ampla em relação aos processos, embora ela seja mais eficiente dentro da sua área específica.

O papel do gestor nesse momento é fundamental, afinal é ele o responsável para solucionar conflitos e lidar com as situações adversas envolvendo a equipe de trabalho.

Como promover a facilidade na integração do SGA e SGI?

O ponto de partida é observar o que ambos têm em comum. De um modo geral, os dois são similares em seus elementos estruturais, tendo a necessidade de desenvolver uma política específica para a sua implantação e efetivação.

Ambos possuem metas e objetivos a serem cumpridos, medição de resultados, planejamento, fase de implementação e operacional. Além disso, em ambos há um monitoramento das metas, além das ações preventivas e também corretivas.

Com um olhar mais aprofundado e mais sensibilidade para perceber as afinidades ao invés das diferenças, o gestor perceberá que é possível alinhar os dois sistemas a partir das suas particularidades.

Enquanto o SGA trabalha com a finalidade de melhorar o processo de eliminação de impactos, o SGQ visa a satisfação dos clientes. Ambos favorecem a agregação de valor dos produtos e da organização, de um modo geral.

Entenda a importância da implantação de um SGA

Hoje a implantação de um sistema de gestão ambiental é primordial para a sobrevivência da empresa e sua competitividade.

A maneira como as empresas lidam com isso já se tornou cotidiano, incluindo inclusive as pequenas e médias, pois é geral a consciência de que todas as ações possuem impactos globais e ambientais.

Vale ressaltar que o ISO 14001 é exigido em diferentes países, o que influencia a importação e exportação de produtos. Se uma empresa brasileira não possui esse certificado, seus produtos correm o risco de não ultrapassarem os limites das terras brasileiras.

Por fim, é importante levar em consideração um dos principais pontos ligados à sobrevivência da empresa: a aprovação social.

As pessoas apostam em produtos oriundos de empresas que visam o bem-estar social e ambiental. Elas sabem que os impactos das ações do homem e das organizações têm influência sobre o presente e o futuro da humanidade, refletindo direta e indiretamente nas próximas gerações.

Integração dos sistemas de gestão: o futuro das organizações

A partir de todos os pontos aqui abordados sobre a integração dos sistemas de gestão integrada, é importante observar que, com todos os danos causados ao meio ambiente até os dias de hoje, trabalhar a sustentabilidade, embora seja uma estratégia de competitividade, é também uma questão de consciência.

O planeta vem passando por drásticas transformações e o impacto industrial é de grandes proporções. Se a integração dos sistemas de gestão integrada é fundamental para a sobrevivência da empresa, ela é vital para o futuro da humanidade.

Integre seu Sistema de Gestão com a Verde Ghaia. Fale conosco!


Gostou do texto? Deixe seu comentário! Será muito bom poder contar com seu ponto de vista em nosso espaço.

Grupo Verde Ghaia – SOGI Sistema Online de Gestão Integrada

Por que muitas empresas não fazem integração dos seus Sistemas?

Há organizações que criam resitência a implementar um sistema de Gestão intergrada. E há dois fortes motivos, para isso:

# Tendência a burocratizar e falar demais. Algumas empresas tendem a escrever procedimentos altamente complexos, sem aplicação real na atividade do colaborador. Esquecem da máxima do controle operacional: escrever o que se faz e fazer o que está escrito.

# Conflito de interesses, se já existe um SGQ, os profissionais de meio ambiente e SST geralmente relutam em anexar seus requisitos ao sistema da qualidade existente. Da mesma forma, os profissionais da qualidade geralmente relutam em “contaminar” o sistema com requisitos que não estejam relacionados com a qualidade do produto.

O que acontece é que as empresas não conseguem enxergar os mais diversos benefícios, quando se realiza a implementação em SGI. Muitas preferem ignorar sua importância nos processos e postergam a integração.

Benefícios da Integração de um SGI

1 – Estabelecer um sistema de gerenciamento integrado e de desempenho otimizado desde o início;

2 – Obter uma participação mais detalhada de todas as partes interessadas;

3 – Uso reduzido de recursos múltiplos, como auditorias, treinamentos, etc.;

4 – Sinergia no desenvolvimento de ambos os sistemas;

5 – Harmonização na resolução de problemas comuns em projetos;

6 – Otimização de custos;

7 – Flexibilidade e possibilidades aumentadas para incluir outros sistemas de gestão;

8 – Redução e programação de múltiplas auditorias;

Semelhanças entre os sistemas de Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde e Responsabilidade social: Todos os sistemas, na teoria, estão filosoficamente alinhados. Embora possuam clientes diferentes, suas estruturas e abordagens para a conformidade com regulamentos são semelhantes. Prova disso é a abordagem do modelo PDCA (plan, do, check, act), iguais a todas elas.

Simplificação e Redução da Poluição Visual:

Colaboradores de empresas com sistemas de gestão integrados podem realizar suas atividades utilizando um único conjunto de procedimentos, ao invés de múltiplos documentos, às vezes conflitantes, de diferentes sistemas de gestão e que também trazem grande confusão durante o uso e retenção.

Brinco muito, quando visito uma fábrica e vejo quatro políticas em um único quadro de gestão, além de uma infinidade de procedimentos falando da mesma coisa. É um verdadeiro carnaval.

Redução dos Treinamentos

Com a Integração surge a oportunidade de realizar um único processo de treinamento para novos funcionários. Isso minimiza inclusive, as contradições. 

Otimização de recursos:

Um sistema que atenda aos requisitos das normas minimiza os recursos necessários para desenvolver, implementar e manter sistemas separados. Para manter processos únicos de treinamento de funcionários, controle de documentos, análise crítica pela direção e ação corretiva e preventiva, são necessários menos recursos do que para desenvolver e manter múltiplos processos visando a alvos semelhantes.

Melhoria do desempenho organizacional:

Um único sistema formal que ajude a identificar possíveis problemas, riscos ou perigos pode reduzir ou eliminar reclamações de clientes, não-conformidades de produtos, acidentes e doenças ocupacionais ou incidentes ambientais. Além de reduzir riscos relacionados com a qualidade, pode também reduzir custos associados com descontaminação ambiental, lesões ocorridas no local de trabalho, fatalidades e multas resultantes do não-cumprimento de requisitos legais.

Integração dos objetivos da qualidade, do meio ambiente e da SST à estratégia geral da empresa:

Essa integração elimina a ideia de que a qualidade, o meio ambiente e a segurança são partes separadas ou pouco importantes da empresa.

Estabelecimento de uma estrutura para melhoria contínua dos sistemas da qualidade, do meio ambiente e da SST:

A direção não apenas estabelece metas e objetivos para os sistemas da qualidade, do meio ambiente e da SST; também faz uma análise crítica dos sistemas em intervalos regulares para garantir o progresso. A direção também identifica oportunidades de melhoria. Um sistema formal de ação corretiva e preventiva identifica formas de melhorarias e garante que todas as ações sejam verificadas e consideradas eficazes, antes do seu fechamento.

  • Simplificação de sistemas com menos confusão, redundância e conflitos de documentação;
  • Otimização de recursos pelo fato de se manter um único sistema com um único alvo, em vez de múltiplos sistemas com os mesmos alvos;
  • Integração dos objetivos da qualidade, do meio ambiente e da SST à estratégia geral da empresa;
  • Estabelecimento de uma estrutura comum para a melhoria contínua dos sistemas da qualidade, do meio ambiente e da SST, resultando num melhor desempenho organizacional.

Abaixo apresentamos uma breve apresentação sobre a integração.

Requisito: Política

Sem Integração:

  • Diversas políticas confundem o empregado
  • Poluição visual da empresa
  • Dificuldade de difundir à clientes e partes interessadas
  • Custos triplicados para impressão, treinamento e divulgação

Com Integração:

  • Uma política única de gestão
  • Fácil aplicação
  • Agradável visualmente
  • Redução de custos para impressão e divulgação

Valor Percebido:

  • Custos de impressão
  • Custos de treinamento
  • Custos de criação de material de sensibilização

Requisito: Monitoramento da Conformidade Legal Aplicável

Sem Integração:

  • Sistemas distintos para monitoramento
  • Volume de leis com obrigações idênticas

Com Integração:

  • Único programa de conformidade legal
  • Interação de tarefas
  • Redução substancial de obrigações a serem cumpridas de forma repetitiva

Valor Percebido:

  • Custos de mensalidades de programas de conformidade legal
  • Redução de custos de Auditorias de Risco Legal
  • Redução do tempo de auditorias de conformidade Legal
  • Redução do tempo da mão de obra local necessária para manter o programa

Requisito: Determinação de escopo

Sem Integração:

  • Necessidade de discussão repetitiva sobre o mesmo assunto

Com Integração:

  • Integração do escopo para todos os sistemas ou possibilidade de exclusão quando necessário

Valor Percebido:

  • Redução de tempo desprendido para reuniões de acertos deste programa

Requisito: Processos de liderança e comprometimento

Sem Integração:

  • Várias pessoas fazendo a mesma coisa

Com Integração:

  • Melhor alinhamento das atividades relacionadas ao processo

Valor Percebido:

  • Redução de mão de obra

Requisito: Papéis, responsabilidades e autoridades organizacionais

Sem Integração:

  • Várias pessoas fazendo a mesma coisa

Com Integração:

  • Melhor alinhamento das atividades relacionadas ao processo

Valor Percebido:

  • Redução de Mão de Obra

Requisito: Objetivos do SGI e planejamento para alcançá-los

Sem Integração:

  • Várias metodologias de controle de objetivos e metas para estabelecer o controle do mesmo orçamento

Com Integração:

  • Padronização das informações levadas à alta administração
  • Facilidade de controle

Valor Percebido:

  • Redução do número de reuniões
  • Redução da carga horária da análise critica
  • Redução de burocracia

Requisito: Monitoramento, medição, análise e avaliação

Sem Integração:

  • Várias metodologias de controle para os mesmos itens de monitoramento
  • Informação repetitiva

Com Integração:

  • Padronização das informações
  • Facilidade de controle

Valor Percebido:

  • Redução do número de reuniões
  • Redução de programas para monitoramento
  • Redução de burocracia

Requisito: Competência e Conscientização

Sem Integração:

  • Várias metodologias para o mesmo assunto, sendo que o departamento que cuida disso é o mesmo, sempre.

Com Integração:

  • Padronização da gestão de RH

Valor Percebido:

  • Redução do volume de procedimentos

Requisito: Comunicação

Sem Integração:

  • Várias metodologias para o mesmo assunto, sendo que o departamento que cuida disso é o mesmo, sempre

Com Integração:

  • Padronização da gestão de comunicação interna e externa

Valor Percebido:

  • Redução do volume de procedimentos

Requisito: Informação documentada

Sem Integração:

  • Vários manuais a serem controlados

Com Integração:

  • Padronização da informação em um único manual, facilitando o entendimento junto a alta administração

Valor Percebido:

  • Redução do volume de papel

Requisito: Controle operacional

Sem Integração:

  • Vários procedimentos a serem controlados
  • Excesso de procedimentos nas áreas falando da mesma coisa
  • Sobrecarga no controle de documentos
  • Excesso de papel

Com Integração:

  • Padronização da informação em um único procedimento
  • Facilidade de entendimento junto aos usuários
  • Redução da poluição visual nas fabricas
  • Redução da carga de controle de documentos

Valor Percebido:

  • Redução do volume de papel
  • Redução do tempo desprendido na criação de procedimentos
  • Redução do volume de backup de procedimentos
  • Espaço em servidores
  • Facilidade de entendimento pelos usuários
  • Redução do volume de treinamentos

Requisito: Análise crítica

Sem Integração:

  • Excesso de reuniões
  • Excesso de discussão sobre os mesmos assuntos

Com Integração:

  • Integração dos assuntos em uma única reunião

Valor Percebido:

  • Redução do tempo despendido pela alta administração para discutir o mesmo assunto

Requisito: Auditoria Interna

Sem Integração:

  • Excessos de Auditorias
  • Vários cursos de auditor
  • Perda de tempo útil no acompanhamento de auditorias;
  • Aumento do custo de contratação de auditorias

Com Integração:

  • Realização do programa em uma única auditoria
  • Padronização dos relatórios
  • Realização de um único curso de auditores integrados
  • Facilidade de entendimento pelos colaboradores
  • Redução do stress nas auditorias na fábrica

Valor Percebido:

  • Redução dos custos de auditorias
  • Redução do tempo gasto com auditorias
  • Redução dos valores pagos com cursos de auditores

Requisito: Não conformidade e ação corretiva

Sem Integração:

  • Sistemas distintos para o mesmo tipo de monitoramento
  • Várias metodologias para o mesmo assunto
  • Excesso de informação para o empregado
  • Dificuldade de tratar não conformidades

Com Integração:

  • Único programa de monitoramento
  • Interação de tarefas
  • Redução substancial de obrigações a serem cumpridas de forma repetitiva

Valor Percebido:

  • Custos de mensalidades de programas para tratamento de não conformidades
  • Redução de custos para cursos sobre o assunto
  • Redução do tempo de análise da informação
  • Redução do tempo da mão de obra local necessária para manter o programa

Requisito: Auditorias externas

Sem Integração:

  • Excessos de auditorias
  • Vários programas de auditorias ao longo do ano
  • Perda de tempo útil no acompanhamento de auditorias
  • Aumento do custo de contratação de auditorias

Com Integração:

  • Realização do programa em uma única auditoria
  • Padronização dos relatórios
  • Despesas com contratações integradas
  • Facilidade de entendimento pelos colaboradores
  • Redução do stress nas auditorias realizadas na fabrica

Valor Percebido:

  • Redução dos custos de auditorias
  • Redução do tempo gasto com auditorias
  • Redução dos valores pagos com logística de auditores

Se ainda tem dúvidas sobre o assunto, entre em contato conosco ou envie sua dúvida que responderemos!


É válido ter um Sistema de Gestão Integrada?

A decisão pela implementação ou não de um SGI tem sido uma tormenta. Essa é uma discussão que vem se arrastando desde 2007, tendo como único objetivo promover a melhoria do desempenho organizacional, reduzindo riscos, custos, desperdício, doenças, fatalidades e multas por não cumprimento dos requisitos legais.

Deste modo, a integração permite alinhar os objetivos da SGQ ao SGA e SST, bem como da responsabilidade social estratégica da organização.

Objetivos do SG e a dificuldade de implementação

Embora um Sistema de Gestão tenha como objetivo fazer cumprir os requisitos das normas, existem ainda dificuldades quanto à implementação dessas ferramentas, pois as organizações enxergam separadamente o funcionamento de cada um dos sistemas implementados, comprometendo e dificultando a execução dos requisitos estabelecidos.

Por outro lado, os Sistemas de Gestão têm elementos estruturais comuns entre eles, o que possibilita um SGI sistêmico, que englobe tanto os requisitos de qualidade, meio ambiente, responsabilidade social quanto os de saúde e segurança.

Exemplificando, na prática, o funcionamento de um SGI

Imagine a sua organização, que possui uma variedade de sistemas, precisando ser certificada por organismos certificadores distintos. Já pensou o quanto de pessoas estariam envolvidas para cada uma das certificações? E quantos problemas poderiam ser apresentados, como, por exemplo, resultados de auditoria que se contradizem?

Portanto, quando uma organização decide implementar um SGI, esta, consequentemente, associa sua política, seus aspectos, seus riscos e seus objetivos e metas, eliminando a concepção de que as Normas de Meio Ambiente, Qualidade, Segurança e Saúde e Responsabilidade Social são partes distintas ou com pouca relevância para a empresa. Ao contrário, a organização passa a tratar o SGI como um sistema unificado, otimizando os recursos necessários à implementação, desenvolvimento e manutenção deste novo sistema.

Conheça nosso case de sucesso sobre a implantação de SGI na Rede de Hospitais Públicos!

Quais os benefícios de um SGI?

Avalia-se, portanto, como benefício essencial, a economia de recursos para desenvolver e manter diversos processos com finalidades idênticas, além de gerar resultados que atingem os objetivos estabelecidos sem comprometer a organização como um todo.

Embora a tendência hoje seja unificar os sistemas, algumas organizações se opõem por enxergar aí algo muito mais burocrático e trabalhoso já que os requisitos de diversas normas precisariam ser considerados.  Além do mais, naturalmente, há sempre a possibilidade de haver alguma dificuldade de integração entre a SST e SGA no SQ.

Mesmo que, aparentemente, tenhamos um problema, podemos contar tranquilamente com a garantia de que os requisitos regulamentadores sejam identificados, atendidos e mantidos dentro de uma melhoria contínua.

Presume-se que a integração do SG iguala-se não apenas às necessidades das partes interessadas, como também compreende um universo mais complexo e dinâmico que sofre influências de diversos elementos que o permeiam, exigindo, portanto, uma visão mais abrangente e expressiva.

Avaliando a Integração

Um ser implementado, um tema de gestão deve contemplar políticas, escopo, avaliações de riscos, instruções e manuais. Mas, há muita gente que confunde e acredita que basta colocar sistemas separados em um único manual de políticas e procedimentos que tudo está pronto. Isso não é verdade. Para que aconteça a integração, todas as práticas gerenciais devem ser colocadas em um único sistema, não como componentes separados, mas fundindo completamente as instruções e os manuais dos sistemas individuais.

Assim, as normas, suas similaridades e diferenças devem ser identificadas e as práticas gerenciais devem estar contidas em um só sistema.


Se ainda tem dúvida sobre a importância de um SGI, entre em contato conosco!

Blog SOGI