requisitos legais aplicáveis – SOGI
×

SOGI: Solução tecnológica para Indicadores da sua gestão

A cada passo que você dá, produto que adquire ou processos que realiza, existem por trás, requisitos legais que os regem. A integração de todas as normatizações facilita a viabilidade e a qualidade de tudo que chega até você.

No presente artigo, queremos apresentar alguns pontos importantes de se implementar uma Gestão com foco em gerenciar requisitos legais de forma otimizada gerando indicadores estratégicos para sua tomada de decisão.

Boa leitura!

Como evitar multas, embargos e complicações legais para a sua empresa?

Primeiro passo é controlar os seus requisitos legais. Eles devem ser vistos como uma prioridade, tanto para o crescimento dos negócios quanto para a cumprimento das normas, visto que o não cumprimento pode acarretar uma série de problemas! E, alguns deles podem ser irreversíveis.

Dessa forma, os requisitos legais aplicáveis à sua organização se referem a todas as normas que você precisa cumprir para exercer a sua atividade dentro da lei.  Há algumas ações relevantes que todo gestor deve se ater para atender a legislação. E para isso, existem ferramentas com tecnologia de ponta que vai te auxiliar nesse processo de gerenciamento, mas com um olhar mais estratégico para o negócio.

Por que fazemos controle dos Requisitos Legais? 

Quando se dá o primeiro passo para o gerenciamento de requisitos legais, a organização deve compreender que é um investimento para o negócio. Como dito anteriormente, evitar complicações legais vai além do financeiro, podendo denegrir a imagem da sua empresa, levando-a problemas sérios como o encerramento de atividades e até mesmo a prisão do CEO.

Percebe que monitorar requisitos legais, não é apenas acompanhar se a sua organização está em dia com a legislação que rege o negócio! Embora, a princípio, soe apenas como uma medida para evitar penalidades civis, administrativas ou criminais em função do não cumprimento das leis, é muito mais do que isso.

Estar em conformidade legal significa manter a ética empresarial, melhorar processos, contribuir para uma Sociedade mais justa e melhor de alguma forma. Isso mostra que a sua organização:

  • Nutre preocupações para com o bem-estar da sociedade em geral
  • Busca ser transparente
  • Demonstra honestidade
  • Se preocupa com a segurança e saúde do trabalhador
  • Zela pelo meio ambiente

É nesse momento que as empresas passam a entender o sentido do gerenciamento de requisitos legais e implementam Programas de Compliance em seus processos, pois é uma forma de regular não apenas requisitos, mas também condutas dos colaboradores e stakeholders.

Interrelação dos Riscos com a Governança Corporativa!

Podemos entender o termo Governança como o conjunto de processos, política e regulamentos que regulam a maneira como uma empresa é administrada, bem como as decisões que são tomadas. Essas decisões são baseadas, muitas vezes, nos Riscos e que podem ser entendidos como os episódios a que uma organização está sujeita, independentemente do quão planejada e organizada ela seja, podendo se tornar obstáculos para que os objetivos da organização sejam alcançados.

E quando passamos a ter uma visão mais ampla do negócio, percebemos o quão importante se torna um Programas de Compliance. Isso, porque o Compliance compreende um conjunto de normas que no âmbito coorporativo orientam o gestor a estar em conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis ao seu negócio.

Essa combinação – Governança, Riscos e Compliance – tem por consequência transações transparentes, com avaliação de risco eficiente e conformidade legal, bem como regulamentações, garantida.

Mas como uma organização se beneficia com esses princípios?

Aumento da credibilidade: O trânsito de informações entre setores da empresa, quando gerido de forma correta, propaga transparência, que gera mais credibilidade e segurança tanto para envolvidos diretamente nos processos daquela organização, quanto para terceiros interessados.

Diminuição de gastos: A comunicação entre as áreas de uma empresa resulta em um fluxo unificado de informações, o que pode reduzir os custos extras com auditorias internas, por exemplo.

Solidificação do negócio: A tendência de uma organização que se está sempre preparada para os possíveis riscos que podem incorrer sobre ela torna-a mais estável e segura perante momentos de desequilíbrio.

Resultando, também em tomadas de decisões mais confiantes.

Contenção de fraude. Obviamente fraudes sempre foram malvistas sob o ponto de vista ético. Todavia, atualmente, com o avanço da tecnologia e a velocidade com a qual as notícias circulam, uma empresa fraudulenta pode ser mais facilmente excluída do mercado ou ficar permanentemente marcada.

Por que otimizar a Auditoria dos requisitos legais?

Os resultados de auditorias são fatos e evidências, como os objetivos verificados por um auditor durante o processo de Auditoria de Conformidade Legal. Sua função é verificar se o sistema de gestão está entregando os resultados pretendidos dentro do objetivo de cada processo, colaborando de forma direta nos resultados de sua empresa e abrindo portas para uma auditoria certificadora.

Para a sua eficiência é importante destacar:

  • Avaliação de documentos
  • Verificação em campo dos processos
  • Entrevistas com os funcionários
  • Observação da execução das atividades da empresa.

Por se tratar de um processo cansativo, ele pode contar com a ajuda de um Software, visando sua otimização, maior eficiência e organização.

Marcela Torres Guaracy |Jurídico – Grupo Verde Ghaia


Fale conosco e conheça nossos produtos e serviços. Se desejar leia nosso e-book sobre os Módulos SOGI.

Módulo Lira: gerencie seus Requisitos Legais Aplicáveis

Gerenciar Requisitos Legais Aplicáveis não é tarefa fácil para as organizações, independente do seu tamanho, abrangência ou ramo de atividade. Atender aos requisitos é tabalhoso e exige dedicação para que os processos da empresa não sofram qualquer ameaça e riscos.

Sabemos que são milhares de requisitos que precisam ser monitorados diariamente, tanto no ambito Federal quanto Estadual e Municipal. E o gerenciamento pode ficar mais complexo quando a organização possui empresas espalhadas por todo o Estado ou por todo o país. Consequentemente, a demanda é maior e os riscos de algo passar despercebido aumenta ainda mais.

Mas, como então monitorar os requisitos legais aplicáveis de forma automatiza, segura e eficaz? A Verde Ghaia desenvolveu o SOGI, que possui diversos Módulos, destacando-se, nesse momento o Módulo LIRA, responsável pela Gestão dos Requisitos Legais. E para explicar como o LIRA atua na sua gestão, separamos algumas perguntas e respostas para explicar suas funcionalidades.

Boa Leitura!

SOGI LIRA: funcionalidades importantes para gestão de Requisitos

O Módulo LIRA foi feito para facilitar sua gestão e garantir que você esteja sempre em conformidade com todos os requisitos aplicáveis a seu negócio. Ele não é simplesmente uma matriz operacional. Ela é uma matriz gerencial, porque sua interface possui painéis de bordo que apresentam todos os requisitos de maneira intuitiva, incluindo quesitos, ações, prazos e alertas, bem como estatísticas e gráficos referente ao atendimento e validação dos requisitos e obrigações, o total de ações pendentes, monitoradas e vencidas, os requisitos, incluídos, alterados ou excluídos, as ações incluídas e concluídas, custo previsto e realizado.

O Módulo dá a possibilidade de dizer se estamos conduzindo o nosso sistema de gestão de maneira adequada. Seu painel de cores, por exemplo, alerta se existe atraso em relação ao cumprimento de algum requisito, se este se encontra em período de recorrência ou de monitoramento, e também informa pendências e sinaliza o status do atendimento de cada item.

Quais os diferenciais do Módulo LIRA?

O Módulo LIRA tem como objetivo facilitar o monitoramento dos requisitos legais aplicáveis ao negócio de cada cliente, permitindo ter uma visualização completa não só dos requisitos, mas também das evidências objetivas identificadas.

Isso inclui demonstrar o cumprimento e mencionar as medidas necessárias, referenciando documentos obtidos e adotados pela empresa para o atendimento do requisito. Tudo isso foi especialmente desenvolvido para tornar seu sistema de gestão eficaz.

Outros diferenciais

  • O banco de dados é atualizado diariamente com os requisitos e obrigações pertinentes, tanto da esfera federal quanto estadual e municipal;
  • O sistema permite inserir e replicar informações de uma unidade para outra da empresa, facilitando os processos de cadastramento, busca e compartilhamento de informações.
  • O Módulo permite a emissão de relatórios e gráficos corporativos, e também a comparação de dados e indicadores entre as unidades.
  • Você pode cadastrar quantos usuários desejar e fazer o upload ilimitado de documentos.
  • Também é possível definir responsáveis pela gestão de cada requisito e ficar ciente do custo do não cumprimento de um deles e do índice de recorrência de cada um.
  • Tem um histórico de modificações, permitindo um maior controle sobre quem fez o que e quando.
  • É possível gerar cartas de atualização mensais contendo um descritivo de todas as legislações aplicáveis à organização, que foram revogadas, incluídas, excluídas ou alteradas no Módulo LIRA em cada mês.
  • Também é possível emitir alertas de atualização de legislações e de pendências no sistema.
  • O armazenamento dos dados é feito na nuvem. Por isso, o Módulo LIRA garante 100% de confidencialidade e segurança da informação.
  • Sua utilização é muito fácil e intuitiva e realmente acelera todo o processo de monitoramento dos seus requisitos legais.
  • Permite a elaboração de planos de ação de modo que você possa criar ações para atender as obrigações dos requisitos legais, gerando evidências. As ações também podem ser criadas para garantir que a empresa se mantenha em conformidade com as obrigações.

Não use planilhas para gerenciar Requisitos Legais Aplicáveis

Primeiramente, pela praticidade, segurança e confiança que apenas um software online de gestão pode propiciar ao gestor. É comum encontrar muitas empresas que optam em utilizar planilhas para realizar a gestão dos seus requisitos legais.

Essa opção de planilhas pode até economizar um pouco de dinheiro no curto prazo, mas no médio e longo prazo vai fazer você gastar o dobro e até o triplo, porque estará usando um sistema que não permite monitorar adequadamente os requisitos legais aplicáveis à seu negócio.

Por exemplo, cuidar de todos esses requisitos e normas, para que sempre estejam em conformidade, demanda muitas ações e prazos. Ter esse controle pelo Excel vai te obrigar a criar um gerenciamento quase que diário, para verificar se tem alguma lei nova, se foi alterada, ou se há uma ação vencida, ou alguma ação próxima do vencimento, ou se estão executando o que foi planejado. Não há envio automático de e-mails de notificação, opção que um software oferece.

Erros na atualização de Planilhas: O que isso pode te gerar?

O prejuízo financeiro que você terá por pagar multas, a perda de reputação e de mercado por não estar cumprindo a legislação e até por ter causado algum dano ambiental ou à saúde do seu colaborador, ou dependendo, ter até sua atividade interditada, simplesmente porque alguma legislação mudou ou alterou e ao usar a planilha, você não se deu conta dessas aletrações.

É claro que erros podem acontecer, mas quando se trata de questões tão sérias e importantes como seu negócio, eles são inadmissíveis.

Gerenciar os Requisitos Legais Aplicáveis através de Planilha é mais barato?

Certamente, sim! Mas, será o mais seguro para as informações e dados? Acredito que essa deva ser a pergunta correta. Nem sempre o preço está veiculado a qualidade. Isso é certo. Então, vamos avaliar.

As planilhas não trazem a segurança que softwares proporcionam para salvar as informações e dados da sua empresa. E, também não permite gerar relatórios em tempo real para que o gestor tenha melhor controle dos procedimentos que estão sendo efetuados para assim tomar decisões assertivas. Se você precisa tomar uma decisão importante, como fará sem ter todas as informações em mãos? Ou se sentiria seguro para tomar decisões com a Alta Direção através de uma planilha que muitos a utilizam e fazem suas próprias alterações, com base em uma parte do processo?

É para isso, que temos a tecnologia a nosso favor. E que, portanto, devemos usá-la a nosso favor.

O SOGI LIRA possui tecnologia de ponta, utilizando de IA (Inteligência Artificial) para que a sua Gestão seja mais assertiva e segura. Além disso, toda a tecnologia usada é amparada pelas normas internacionais de gestão, cuja metodologia permite identificar os requisitos em âmbito federal, estadual e municipal. O SOGI é um sistema atualizado constantemente, para que nunca ocorra defasagem ou desinformação a respeito das legislações que porventura tenham sido revogadas, incluídas, excluídas ou alteradas.

LIRA: posso gerenciar pendências relacionadas às minhas obrigações?

O Módulo LIRA ajuda você a gerenciar suas pendências de forma específica, clara, com responsabilidades e prazos para cada requisito. Você mesmo pode inserir a abrangência do requisito como específica (deve ser utilizada quando cada área de abrangência vinculada à obrigação possuir uma evidência), permitindo assim a identificação das áreas responsáveis por cada requisito e obrigação.

E o Módulo é tão simples de usar que, logo abaixo do requisito, são exibidas todas as obrigações decorrentes dele. Para facilitar a evidência e melhor entendimento das obrigações que a empresa precisa atender, elas são apresentadas em forma de questionamentos.

Qual a importância do Plano de ação no Módulo LIRA?

As ações são tarefas cadastradas com intuito de auxiliar o atendimento das obrigações do requisito legal. Este cadastro pode ser feito quando a empresa ainda não está conforme ou tenha necessidade de manter as evidências sempre atualizadas. Para isso, o sistema permite a definição de prazos de vencimento, de alertas, responsáveis e data de conclusão.

Ao construir o Plano de ação dentro do Módulo LIRA, você terá uma visão melhor e mais completa ainda do seu sistema de gestão, tornando-o muito mais estratégico e eficiente.

Através do SOGI LIRA você pode identificar

  • Qual é a atividade/tarefa que deve ser realizada para efetivar o atendimento da obrigação.
  • Qual o tipo da ação: correção, ação corretiva, preventiva, melhoria, planejamento, controle de condicionantes, plano de monitoramento e risco.
  • Responsável: quem ficará responsável por gerenciar e/ou executar o plano de ação. Este responsável será um dos usuários cadastrados no sistema, com o respectivo e-mail indicado no cadastro para que o sistema possa enviar semanalmente as notificações de pendências de ações.
  • Evidência Objetiva: evidência concreta do cumprimento da ação, deve se relacionar diretamente com a descrição do corpo da ação.
  • Vencimento da ação.
  • Alerta: data a partir da qual o responsável pela ação começará a receber alertas do sistema, através do e-mail, contendo a descrição da ação, a descrição da obrigação, a referência do requisito legal e os prazos definidos. O sistema também oferece a opção de enviar esses alertas manualmente.
  • Conclusão: indicar em qual data a mesma foi finalizada e, por consequência, cessar o envio dos e-mails pelo sistema.
  • Prioridade: é possível selecionar se a prioridade é baixa, média, alta ou urgente, para efeito de ordenação de importância das tarefas a serem realizadas.
  • Custo Previsto e Custo Realizado: o Módulo LIRA oferece a possibilidade de registrar a estimativa de custo e o custo real para execução de uma tarefa e também do processo. Assim, através de um relatório, à medida que o processo é executado (quando se concluir a tarefa), é possível avaliar os custos da empresa.
  • Necessita de Avaliação de Eficácia: caso a empresa deseje realizar a avaliação de eficácia da ação, também é possível através do LIRA.

Unidades Corporativas: eficiência do SOGI LIRA

Claro que sim! Utilizar o Módulo LIRA é a garantia de uma gestão eficaz para todas as suas unidades, pois ele permite que você monitore todos os requisitos legais aplicáveis à sua atividade, de forma padronizada em todas as unidades, mantendo assim os mesmos padrões de qualidade e atendimento em todos os seus estabelecimentos e conferindo agilidade e praticidade às suas operações.

O Módulo também promove a integração das suas unidades, pois as informações podem ser replicadas de uma unidade a outra, facilitando os processos de cadastramento, busca e compartilhamento de informações e requisitos delas. Isso promove uma gestão compartilhada e otimizada dos requisitos legais das unidades e ao mesmo tempo uma gestão estratégica, porque possibilita a emissão de relatórios e gráficos corporativos e a comparação de dados e indicadores entre elas.

Benefícios e vantagens ao utilizar o Módulo LIRA?

Utilizando o Módulo LIRA você terá controle total dos requisitos legais aplicáveis a seu negócio, e nenhum deixará de ser cumprido, pois a metodologia na qual foi desenvolvido o Módulo segue um procedimento que engloba os requisitos em âmbito federal, estadual e municipal, com um banco de dados atualizado diariamente.

Assim, você adotará automaticamente uma gestão preventiva e de riscos, tendo segurança em saber exatamente quais obrigações legais sua empresa precisa atender.

Com o Módulo LIRA você também irá gerenciar todas as suas ações, como status, evidências objetivas, datas de vencimento, requisito legal, e obrigações, por exemplo. Além disso, pode definir responsáveis, custos do não cumprimento de algum requisito e índice de recorrências.

Quantos usuários podem ser cadastrados no SOGI LIRA?

O cadastro de usuários é ilimitado. E pode ser feito por área, processo, atividade ou departamento, definindo responsabilidades diretas dentro do sistema de gestão e dando a cada um apenas as permissões necessárias que definem quais ações que eles podem realizar no sistema, tais como: acessos, visualização, alteração, exclusão ou inserção de dados ou revisão, ou inclusão e exclusão de determinados requisitos. Também é possível cadastrar “observadores”, que acompanham as ações definidas no plano de ação, recebendo inclusive alertas por e-mail.

Esse cadastro ilimitado só é possível porque com o SOGI o cliente só paga o valor da licença para utilizá-lo, e não o usuário cadastrado. Ou seja, se você tem uma empresa de 05 pessoas ou de 10 mil pessoas, você poderá cadastrar todas elas ou apenas selecionar algumas, sem pagar nada a mais por isso. É você quem define a quantidade de usuários de acordo com as suas necessidades.

Meus dados e minhas informações estão seguras no SOGI LIRA?

Para a Verde Ghaia a segurança dos dados e das informações de seus clientes é prioridade. Por isso, tudo é armazenado em nuvem, de forma a assegurar que todos os seus dados e suas informações estarão seguras e que o acesso a elas será somente da organização e de seus usuários cadastrados. 

Preciso instalar o SOGI para utilizá-lo?

É muito simples e fácil de usar! Não é necessário instalar nenhum programa. O acesso é online, 24 horas por dia, 7 dias por semana, do lugar onde você estiver.

Em caso de dúvida durante o uso do SOGI LIRA, o que faço?

Se alguma dúvida surgir em qualquer momento, não se preocupe!

A Verde Ghaia fornece a você todo o suporte técnico e jurídico necessário através de uma equipe especializada de consultores. E na hora de fazer a gestão das suas não conformidades, você também conta com o apoio de uma assessoria para ajudar a inserir suas evidências de atendimento ou não aos requisitos legais. Tudo para garantir a eficácia e eficiência do seu sistema de gestão!

Portanto, o Módulo LIRA é uma ferramenta poderosíssima. Significa controle total dos processos de gestão da sua organização! É economia de tempo, praticidade, agilidade e segurança para você e sua empresa!

Quer saber mais sobre o SOGI LIRA? Deixe seus comentários abaixo e o responderemos em seguida. Se desejar, agende uma apresentação da ferramenta gratuitamente através do fale conosco!

Dificuldade para monitorar seus Requisitos Legais Aplicáveis?

Por que muitas organizações ainda possuem dificuldade  em monitorar seus Requisitos Aplicáveis? Primeiramente, cada empresa tem seu ramo de atividade e suas especificidades, ou seja, isso especificará quais requisitos a empresa deverá atender.

Contudo, já parou para pensar no volume de leis, normas, diretrizes e requisitos para serem atendidos, assim como nos âmbitos municipais, estaduais e federais? É muita legislação a ser seguida, por isso, há muitas organizações que se atrapalham na hora de monitorar seus requisitos.

É sobre esse assunto que abordaremos hoje. Boa leitura!

Por que muitas organizações ainda possuem dificuldade  em monitorar seus Requisitos Aplicáveis?

O que são Requisitos Legais Aplicáveis?

Requisitos Legais Aplicáveis podem ser entendidos como exigências explícitas em leis ou normas que precisam ser cumpridas por sua empresa para que esta fique em dia com a legislação vigente, no que diz respeito à sua localização e atividade.

Estar em dia com os requisitos legais aplicáveis às atividades de sua empresa é simplesmente indispensável. Quando uma empresa deixa de cumprir normas ou leis aplicáveis ao seu negócio, ela não apenas pode ser penalizada com multas e ações judiciais, como também poderá estar colocando seus colaboradores em perigo e até correndo o risco de perder o direito de continuar exercendo suas atividades. Certamente, esse cenário não é o desejado por ninguém!

Dificuldades para monitorar os Requisitos Legais Aplicáveis

Mesmo quando o gestor é bem intencionado, faz o possível e impossível para cumprir a legislação vigente, ele ainda pode ter problemas se não consegue monitorar os requisitos legais pertinentes ao seu negócio de maneira adequada.

Vamos contar uma historinha para ilustrar: a empresa fictícia Plásticos e Cia, uma exímia fabricante de embalagens, é muito correta em relação à leis que regem seu negócio. Mas, existe um porém: ela não conta com uma consultoria especializada para o monitoramento legal. Isso significa que tudo é feito internamente. Acontece que seus colaboradores não possuem conhecimento específico necessário e para piorar estão viciados nas rotinas processuais, o que não permite enxergar novas possibilidades de melhorias.

Um certo dia, a Plásticos e Cia consegue negociar um contrato com um novo fornecedor. Este, por sua vez, oferece matéria-prima de ótima qualidade e excelentes preços, fator que vai impulsionar seu faturamento. Só que a Plástico e Cia impôs uma condição: seu fornecedor precisa realizar alguns ajustes, para fechar negócio, devendo estar em conformidade com uma série de exigências legais e concedeu o prazo de dois meses para que tudo esteja dentro do combinado e que assim, possam selar o trato.

O fornecedor, ávido por não perder a oportunidade, marca uma auditoria externa, com a certeza de que sua empresa já vem seguindo todos os requisitos necessários para fechar o novo contrato. Entretanto, durante o processo de auditoria, o fornecedor descobre que tem deixado de cumprir uma lei municipal muito importante — algo que passou batido durante o processo interno — e que vai precisar de três meses para regularizar tudo! Pronto, o contrato não pode ser selado e a oportunidade foi perdida para ambos. Isso significa que a Plástico e Cia não conseguiu impulsionar seu faturamento, mantendo a qualidade de seus produtos e o fornecedor perdeu a oportunidade de expandir seu negócio.

Essa é uma historinha simplória, mas muitas empresas passam por situações desse tipo, todos os dias. É mais comum do que se possa imaginar. E, nenhuma empresa vai arriscar contratrar um novo fornecedor que não atenda aos padrões mínimos exigidos, visto que isso poderia causar danos irreparáveis para o negócio.

Volume de Leis impactam no atendimento dos requisitos legais

Mesmo que uma empresa encarregue seu departamento jurídico de realizar uma leitura e acompanhamentos diário das edições do Diário Oficial, que estimule seus advogados a se manterem atualizados, que invista em cursos para seus colaboradores, tudo isto pode não ser o suficiente para identificar e acompanhar as mudanças na legislação aplicável, seja pelo excesso de informação, seja porque o setor jurídico de uma companhia possui muitas outras atribuições para lidar, ou seja porque a empresa sequer tem condições de manter um setor jurídico e precisa terceirizar a tarefa.

O volume de leis, normas e requisitos publicados diariamente no Brasil é imenso, além disso, cada atividade é regida com normas e obrigações diferentes. Uma mineradora e um supermercado podem até ser regidos por algumas leis em comum, mas haverá um momento em que ambos se depararão com requisitos totalmente diferentes em seus respectivos negócios.

Além disso, vale ressaltar que a legislação empresarial tem ramificações muito específicas, a qual abrange seu escopo, operação, produção, geração de resíduos, emissões, insumos, maquinários, produtos, pessoal, meio ambiente e muito mais. Enfim, o monitoramento (e correta interpretação) de todas as legislações pertinentes a um negócio, exige uma estrutura robusta, formada por profissionais altamente qualificados. Só assim, é possível garantir a segurança jurídica de todo o processo.

É por isso que muitas empresa optam pela contratação ferramentas agéis que tem a capacidade de reunir todos os requisitos num só lugar, permitindo que assim, o monitoramento dos requisitos sejam o mais preciso possível.

Ferramentas de Gestão podem ajudar a monitorar Requisitos

A Verde Ghaia possui uma ferramenta totalmente online para gestão integrada empresarial, chamada SOGI – Software Online de Gestão integrada.

O SOGI possui um módulo excelente para gestão de requisitos legais aplicáveis, conhecido como Módulo LIRA (a sigla significa Lista Interna de Requisitos Aplicáveis).

É uma ferramenta amparada pelas normas internacionais de gestão, e sua metodologia permite identificar os requisitos em âmbito federal, estadual e municipal, com um sistema atualizado, constantemente, para que nunca ocorra defasagem ou desinformação a respeito das legislações que porventura tenham sido revogadas, incluídas, excluídas ou alteradas.

Módulo Lira: monitoramento de Requisitos

O Módulo LIRA facilita o monitoramento de todos os requisitos legais aplicáveis a uma organização, bem como o gerenciamento dos planos de ação para melhorar o atendimento dos requisitos aplicáveis.

A interface do sistema é amigável e apresenta todos os requisitos de maneira intuitiva, incluindo quesitos, ações, prazos e alertas. Ela também conta com um sistema de cores, que alerta se existe atraso em relação ao cumprimento de algum requisito, se este se encontra em período de recorrência ou de monitoramento, e também informa pendências e sinaliza o status do atendimento de cada item.

Funcionalidades do módulo LIRA

O banco de dados é atualizado diariamente com os requisitos e obrigações pertinentes (federais, estaduais e municipais);

O sistema permite inserir e replicar informações de uma unidade para outra da empresa, facilitando os processos de cadastramento, busca e compartilhamento de informações. Também possibilita a emissão de relatórios e gráficos corporativos, e a comparação de dados e indicadores entre as unidades.

Você pode criar quantos usuários desejar e fazer o upload ilimitado de documentos. Também é possível definir responsáveis pela gestão de cada item e ficar ciente do custo do não cumprimento de um requisito e do índice de recorrência de cada um;

Além disso, sua empresa contará com suporte técnico e suporte jurídico, e também de uma assessoria para esclarecimento de dúvidas.

Por que adotar o Módulo LIRA?

Adotar um sistema especializado em monitoramento de requisitos gera uma série de benefícios. Diminui riscos com fiscalizações inesperadas, reduz denúncias de partes interessadas (vizinhanças, colaboradores) e evita o recebimento de multas — que podem se originar até mesmo por puro desconhecimento legal.

Além disso, a empresa pode se planejar melhor, visando não apenas estar em conformidade, mas também conhecendo melhor seus riscos e podendo criar assim planos de ação que estimulem seu desenvolvimento. Além disso, uma organização que segue a legislação corretamente constrói uma imagem sólida e confiável perante o mercado, e ainda obtém vantagens, como a aquisição de seguros mais atrativos e acessíveis, e facilidade na negociação de empréstimos bancários.

Monitore os requisitos aplicáveis à sua empresa de forma especializada. Evite multas, reduza riscos de acidentes de trabalho, previna crimes ambientais ou embargos trabalhistas através de uma gestão preventiva, garantindo a Compliance de sua empresa no atendimento à legislação.

Leia o e-book e conheça o Módulo Lira!

MÓDULO LIRA
E-book: Módulo LIRA do SOGI.

Inteligência Artificial: confiança e confiabilidade dos dados

A Inteligência Artificial (IA) é um ramo da ciência de computação que tem como foco elaborar dispositivos capazes de simular o raciocínio humano, particularmente a capacidade de aprendizado.

IA: mecanismos que facilitam as tarefas operacionais

Quando utilizada adequadamente, ela pode ser muito benéfica, criando mecanismos para facilitar nossas tarefas, em especial no ambiente de trabalho. A principal vantagem da IA é a capacidade de processamento de grande volume de informações em pouquíssimo tempo. Um simples sistema anti-phishing (que faz varredura de páginas da internet fraudulentas, aquelas capazes de roubar dados de usuários), pode rastrear bilhões (isso mesmo, bilhões) de páginas por dia. É um exemplo no qual a IA se mostra muito necessária, afinal seria impossível um ser humano realizar o mesmo trabalho.

No Brasil, o governo tem avançado para regular o uso da IA. O Ministério de Ciência, Tecnologia, Informações e Comunicações abriu uma consulta pública para definir a chamada Estratégia Nacional de Inteligência Artificial, cujo objetivo é debater formas de potencializar os benefícios da tecnologia e mitigar seus impactos negativos. A medida foi tomada logo depois de o Brasil aderir – juntamente a outros 41 países – às recomendações da OCDE [FL1]  (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), que anunciou uma série de princípios para o desenvolvimento da IA.

O principal deles é que “a inteligência artificial deve beneficiar as pessoas e o planeta para crescimento inclusivo, desenvolvimento sustentável e bem-estar”. O documento também reitera que a tecnologia respeite as leis, direitos humanos e valores democráticos.

A Inteligência Artificial no Sistema de Gestão

A questão é que a IA ainda levanta uma série de desconfianças, principalmente no que diz respeito à segurança dos dados e sobre a confiabilidade das informações geradas pelas máquinas, já que elas não são capazes de fazer a mesma distinção sensível tal qual um ser humano. ​​Quando aplicada nos Sistemas de Gestão, a Inteligência Artificial pode ser muito interessante.

Os softwares de processamento de requisitos legais, por exemplo, são muito úteis. Se você é dono ou gestor de uma empresa, sabe que precisa seguir uma quantidade imensa de leis para estar em dia com suas obrigações legais. Muitas vezes, gerenciar o cumprimento dessas leis pode ser complicado, não apenas pelo volume de informação, mas também pela necessidade de interpretação dos dados.

Quando você dispõe de um programa de IA para processar esses dados, a tarefa fica muito mais fácil. Um software como o SOGI da Verde Ghaia, por exemplo, é capaz de registrar milhares de informações e cruzá-las com os dados fornecidos pela sua empresa, apontando assim aquelas que são pertinentes ao seu negócio. É um trabalho que, se executado por humanos, seria cansativo, demorado e complicado de se gerir.

Por que algumas empresas consideram a IA um problema para o Sistema de Gestão?

Na gestão de pessoas, por exemplo, embora a IA também possa ser bastante útil nesse aspecto, ela ainda não substitui a sensibilidade humana. Um exemplo: você precisa contratar um novo funcionário para seu setor de manutenção. Você pode recorrer a um software para fazer a triagem de currículos e organizar o cadastro dos candidatos. Pode até mesmo selecionar os melhores com base em informações técnicas. Mas a máquina dificilmente vai conseguir captar as sutilezas que uma pessoa captaria numa entrevista cara a cara. Nesse ponto, a IA ainda é incapaz de substituir a inteligência humana.

Por que a IA melhora a Segurança de dados?

Mas, e os meus dados (e consequentemente os dados da minha empresa)? Eles estarão protegidos? Bem… Um sistema de Inteligência Artificial depende da obtenção de dados para funcionar. E obviamente, quanto mais dados este sistema receber, mais precisas serão as informações fornecidas. Por conta disso, vários governantes têm tentado interferir para não macular a privacidade das pessoas. Por isso, temos leis bem regulamentadas que asseguram os dados dos clientes das organizações.

No Brasil, já entrou em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPDP) – Lei nº 13.709 de 14 de agosto de 2018. A previsão de vigência total é para agosto de 2020. De qualquer forma, mesmo sem estar completamente vigorante, ela já chancela e direciona a proteção de dados pessoais, com dez capítulos e 65 artigos determinando como dados pessoais podem ser coletados e tratados no Brasil, especialmente no que diz respeito aos meios digitais (porém não limitados a eles).

Ela abrange principalmente os “dados pessoais”, que neste caso são definidos como “uma informação relacionada à pessoa natural identificada ou identificável”. Ou seja: são aquelas informações que, isoladas ou em conjunto, são capazes de levar à identificação de um indivíduo. Exemplos: nome, apelido, endereço residencial, endereço de e-mail, endereço de IP, fotografias, formulários cadastrais, números de documentos etc.

A Inteligência Artificial vai roubar meu emprego?

No caso dos empregos, é inevitável que algumas funções sejam extintas ou modificadas ao longo dos anos. Mas se você parar para pensar, isso é perfeitamente normal num cenário de evolução. Basta pensar que não temos mais acendedores de postes de iluminação pública ou telegrafistas.

No caso da IA, a aposta é muito mais na evolução pura e simples de cargos do que no desaparecimento deles. Sabendo fazer uso da Inteligência Artificial, o profissional terá seu trabalho facilitado e vai poder processar mais informações e aproveitar os dados coletados de maneira muito mais interessante. O segredo é não se acomodar e buscar conhecer as novas tecnologias.

A IA ​​é um grande facilitador nos processos de logística, por exemplo, pois calcula rotas de maneira muito mais eficaz, ou na identificação de pendências num Sistema de Gestão. Na prática isso pode representar a redução da força de trabalho e um consequente reequilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos funcionários, aumentando a qualidade de vida.

Fale conosco e agende uma apresentação para conhecer a LIA!


 [FL1]Fonte: https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2019/05/ocde-cria-principios-para-desenvolvimento-de-ia-brasil-e-um-dos-42-signatarios.html

Inteligencia Artificial na gestão de riscos

Uma gestão de riscos eficiente é como se fosse uma revisão feita em seu carro. Não é gasto nem despesa desnecessária. É na verdade, investimento de tempo e dinheiro. Entretanto, muitos entendem como despesa porque não conseguem ver na realidade o quanto economizam ao prevenir possíveis riscos que possam vir a ocorrer em seus negócios.

Por que fazer Gestão com base nos Riscos do negócio?

Por que você faz revisão no seu carro? É certo que cada revisão custa dinheiro, mas mesmo assim, você vai lá e faz. E por causa dessas revisões você se sente seguro, sabe que as chances de dar algum problema são mínimas, reduz seus riscos e além de tudo, economiza tempo e dinheiro (e evita muita dor de cabeça) por não ter que deixar o carro consertando em oficina caso aconteça algum imprevisto. 

Agora, quando falamos de uma empresa, geralmente a ideia é outra. Nela não se faz uma revisão, mas o ideal seria fazer uma gestão de riscos eficiente. E por quê? Sem dúvida alguma, são muitas leis e normas que uma atividade empresarial ou industrial está submetida. E não é nada fácil seguir todas elas. Mas, é preciso cumpri-las para evitar penalidades, multas e sanções, perda de reputação, paralisação das atividades e tantas outras consequências negativas advindas do não cumprimento de um requisito legal.

E, se eu falar para você, que a partir de agora é possível visualizar na tela do seu computador o quanto você já economizou prevenindo potenciais penalidades e multas? O quanto você pode perder, se você não fizer nada perante os riscos a que sua empresa está exposta? Pare um momento e reflita sobre isso.

Hoje, é possível ter todos esses dados no dashboard do seu SOGI LIRA. isso mesmo, isso se tornou realidade e tem até nome: LIA.

LIA significa, Legislação com Inteligência Artificial, da Verde Ghaia, e é uma plataforma inteligente que apresenta dados estratégicos para a tomada de decisão das empresas. Entre esses dados, estão o grau de risco a que uma organização está sujeita, a avaliação do risco exposto, o que priorizar, o que tem que cumprir e qual dos riscos está propenso a causa maior impacto, caso não seja cumprido o requisito.

Parece confuso? Calma! É muito mais simples do que parece. E, é isso, que mostraremos agora.

Metodologia de Risco utilizado pela LIA

Para auxiliar na gestão de riscos, a LIA permite o mapeamento de todas as sanções correlatas às obrigações aplicáveis aos seus clientes e a consequente priorização de temas. Isso significa, que a LIA dá orientação às organizações em relação ao conhecimento do risco a que elas estão expostas no que se refere às penalidades correlatas às obrigações aplicáveis à atividade que ela desempenha.

Com esse mapeamento, torna-se muito mais fácil decidir o que priorizar no atendimento dos desvios de cada unidade. Aconselhamos ler mais sobre o SOGI Corporativo.

Exemplificando o que dissemos acima, considere o tema de “transporte de produtos perigosos”. Dentro deste tema, há tipos de obrigações, como licenças, planos, prontuários, inspeção, treinamentos e gestão de fornecedores e terceiros. A LIA faz, automaticamente, toda a classificação e entrega pronta para o cliente, incluindo a avaliação e o vínculo das obrigações do grupo de evidências.

No caso do transporte de produtos perigosos, há mais de 800 obrigações e geralmente, as empresas respondem as mesmas coisas. E, com o intuito de evitar todo esse trabalho desnecessário, a LIA faz o agrupamento dessas obrigações por tipo.  Além da otimização do trabalho, a LIA também sugere evidências para o cliente, que fica a critério dele usar ou não, para demonstrar o cumprimento da obrigação.

Tudo isso fica visível no próprio dashboard da LIA. Nele você pode visualizar esse agrupamento das exigências para otimização da avaliação do atendimento à lei e assim quais os temas necessitam ser trabalhados de forma prioritária, considerando aqueles que a empresa está com maior índice de não conformidade e obrigações não avaliadas, somadas à maior exposição à sanções e penalidades.

Metodologia do risco da LIA

Após o mapeamento de penalidades e priorização de temas, é utilizada uma metodologia de risco própria da LIA, que busca deixar as obrigações mais próximas possíveis da realidade da empresa.

Assim, a organização pode, através de seus dados, nortear as tomadas de decisões, porque a LIA traz para o cliente uma referência de quanto ele está prevenindo em termos de multa, quando ele cumpre uma obrigação e do quanto ele está exposto, caso ele não trate as obrigações. Isto significa que a LIA oferece priorização das obrigações por demanda, porque permite que o usuário veja os custos.

A metodologia de riscos foi classificada por priorização, informando o grau de risco normativo, a que cada organização está exposta, de acordo com a seguinte ordem:

  • Educativas: é a advertência, as notificações, não tem impacto imediato na vida do cliente;
  • Financeiras: como as multas;
  • Restritivas de liberdade: prisão, detenção, reclusão; e
  • Restritivas de direito: embargos, suspensão, paralisação das atividades (são as mais prioritárias para serem atendidas).

Além da priorização de temas, também é possível visualizar os valores correspondentes a soma de todas as multas que cada organização está exposta, podendo ser avaliado o grau de risco, considerando:

  • Risco Exposto = soma total de todas as multas previstas em obrigações federais e estaduais.
  • Risco Prevenido = soma de todas as multas previstas nas obrigações conformes.
  • Risco Avaliado = soma de todas as multas previstas nas obrigações não conformes.
  • Risco legal Desconhecido = soma de todas as multas previstas nas obrigações não auditadas e/ou não verificadas pela organização.

Agrupamento das obrigações idênticas

Importante lembrar que, como a LIA faz o agrupamento das obrigações idênticas, então é gerada apenas uma penalidade, caso esta penalidade não seja cumprida.

No dashboard, o cliente também pode verificar qual o custo para tratar determinada obrigação. Podendo o gestor avaliar se o tratamento é mais caro do que a multa a que está exposto. A LIA oferece esses dados, porque ela permite associar os custos de prevenção e correção para tomada de decisão viável, com base nos riscos mais críticos.

Só uma inteligência artificial pode fazer tudo isso por sua empresa.

Somente a LIA pode tornar a sua gestão de riscos muito mais prática e eficiente. Você pode visualizar o você já preveniu e o quanto já gastou com penalidades. Por exemplo, seu dashboard apresentará seus gastos de 50 milhões de reais em penalidades e multas, apresentará também qual o risco financeiro do seu negócio, por exemplo, 500 milhões de reais em obrigações a serem cumpridas. E a partir desses dados que vão sendo gerados em tempo real, a LIA consegue te ajudar a priorizar o atendimento para o que for mais importante e, assim, dedicar mais atenção a esse risco.

Riscos operacionais do seu negócio

E se você ainda quer uma análise mais aprofundada, associando além dos riscos legais, oriundos da LIA, aos riscos operacionais do seu negócio, é só utilizar também o Módulo GRC do SOGI, o Software de Gestão Online da Verde Ghaia.

Com esse diferencial a mais em seu negócio, fatores como probabilidade e severidade poderão também ser conjugados ao grau de risco normativo oriundo da LIA, formando, assim, o índice de risco.Hoje, quando se fala em inteligência artificial como auxiliar de uma gestão de riscos eficientes, não há nada no mercado como a LIA.

Quer saber mais? Então entre em contato, agora mesmo, com os consultores da Verde Ghaia e descubra como ter a LIA em sua organização!

A inteligência artificial aliada ao compliance ambiental

O mundo já vive os impactos da revolução digital. Big Data, IoT, transporte autônomo, Inteligência artificial (IA), machine learning, biotecnologia, genoma. Ao mesmo tempo em que tudo é feito para ser hiper conectado e acabar com as fronteiras de tempo e espaço, insistimos em burocratizar o que deveria ser simples, dificultando o que veio para facilitar.

A legislação ambiental brasileira, por exemplo, dá a impressão de que ainda navega em meados do século passado, sendo controlada por fax, carimbos e protocolos. Os órgãos ambientais ainda batem cabeça nas pilhas de atos administrativos, no planejamento de atividades e nos altos custos operacionais em sua gestão. E as empresas encontram enorme dificuldade em se manterem em compliance ambiental.

Tudo isso sem contar a enorme quantidade de papeis que se acumulam desnecessariamente nos dias de hoje. Até existe uma recente mudança na escolha por assinaturas digitais, mas quando se trata de legislação, a gestão “mais arcaica” ainda predomina.

Gestão ambiental: administração arcaica

Isso é espantoso, porque em tempos de blockchain ainda vemos um Brasil que administra toda a sua gestão ambiental de forma antiquada e com uma grande crença limitante na qual o progresso e o meio ambiente são inimigos. E sabemos que não é, até porque na busca pelo desenvolvimento econômico e social do país deveria ser incorporada uma visão mais clara da gestão ambiental incluindo, mas não se limitando, o incentivo à valoração ambiental, à inovação e à gestão de riscos ambientais.

Na maioria dos Estados brasileiros não existe automação no fluxo de processos administrativos ambientais e nem a padronização de documentos, mas existem sistemas de levantamento de indicadores de gestão ambiental.

E aqui reside um grande problema: nem todos os sistemas utilizam ferramentas tecnológicas no gerenciamento desses indicadores, embora reconheçam ser fundamental manter uma gestão adequada desses dados como já é feito na União Europeia, Canadá e tantos outros países.

Sem isso, não há dados. E os órgãos de controle, como por exemplo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), sabem que sem dados não se decide nada. Por isso que fiscalizar ou administrar as questões ambientais com certeza não é uma tarefa fácil para ninguém.

Gerenciar processos ambientais requer investir em tecnologia

Mas, na rotina de um órgão de controle ambiental, gerenciar processos de contaminação de solo, erosão, contaminação de águas, assoreamento de corpos hídricos, deterioração da qualidade das águas, danos à fauna, danos a ictiofauna, acidentes ambientais, queimadas, danos a flora, patrimônio histórico e tantos outros impactos, é uma constante e cada vez há mais exigências.

Veja por exemplo estes números. Hoje o número de leis ambientais e integradas do Brasil de origem federal, estadual e municipal e NBR reais são 11.415 leis federais, 22.711 leis estaduais, 28.537 leis municipais e 157 NBRs. A média mensal de novas leis ambientais que surgem é de 57 federais, 114 estaduais, 144 municipais e 2 NBR.

Agora imagine que tudo isso ainda é controlado por papel, por protocolos, por dados descentralizados e desconexos com a realidade do mundo.

E assim temos um empresário que, na hora de licenciar seu empreendimento, sofre com a ignorância de todos e com todas as dificuldades aqui apresentadas e fica desnorteado pelo arcabouço de leis que o rodeia. Para ilustrar o que estou dizendo, vamos imaginar que uma mineradora queira se instalar no estado de Minas Gerais, no município de Paracatu. Neste caso, estamos falando em ter que atender:

  • 447 leis federais
  • 187 leis estaduais
  • 14 leis municipais
  • 68 normas técnicas
  • 4.655 obrigações derivadas da legislação aplicável.

Rito de licenciamento ambiental

É muita coisa, não é mesmo? Isso porque nem estou contabilizando o fato dessa empresa ter que passar por todo o rito de licenciamento ambiental, que demanda profissionais qualificados, tempo e paciência.

Todo esse processo é controlado no braço. Papel e mais papel enviados para os órgãos de controle: IBAMA, Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM), Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM), bombeiros, etc…. E ninguém fala com ninguém.

É tudo desconexo, é tudo descentralizado, é tudo arcaico demais. Com todo esse cenário, pode-se se dizer que a visão que qualquer empreendedor tem é de que tudo não passa de uma equação impossível de ser resolvida.

Mas não é. Vivemos na era digital e tecnológica e é essa a resposta para a equação. E é aí que entra a Verde Ghaia com sua expertise em monitoramento de legislações aplicáveis e sua metodologia própria para captação e interpretação de legislações em tempo real. O seu controle de banco de dados de legislações de todo o Brasil e seu serviço de inteligência na interpretação legal, sendo feito 24 horas por dia utilizando Big Data é fundamental.

LIA: inteligência Artificial para legislação

Por isso nasceu a LIA, sua plataforma de inteligência artificial. Além de identificar toda a legislação aplicável a qualquer ramo de atividade, ela consegue também dar respostas seguras sobre compliance ambiental, tais como custos preventivos, corretivos e preditivos para o cumprimento da legislação ambiental.

E para os órgãos de controle o papel da LIA vai muito mais além, dando uma visão mais clara da potencialidade de consolidação de leis com obrigações identificadas, facilitando o controle e as fiscalizações. Resumindo em poucas palavras, é como realizar o sonho de ter uma visão 360º da estrutura ambiental de um estado. Ou ainda ter uma gestão eficiente orientada para resultados, contar com modernização tecnológica, regulação responsiva e gerenciamento adequado da informação.

Tudo isso é possível, sim! Com a LIA tornou-se possível.

Com a LIA é possível analisar a evolução da saúde ambiental de um país, de um estado e até de um município. É poder dar respostas seguras sobre potenciais riscos de contaminação por novas atividades industriais, ter acompanhamento sobre a sustentabilidade de uma empresa com base no monitoramento eficiente de suas emissões, efluentes e resíduos.

Optar pela LIA é fazer a escolha de usar a inteligência artificial como aliada do compliance ambiental de uma organização, se antecipando aos riscos e quando preciso resolvendo problemas de forma mais rápida e mais eficiente.

Temos que evoluir nas questões ambientais e, com certeza, a Verde Ghaia pode ajudar e muito os órgãos de controle ambientais bem como todas as organizações em seu processo de evolução tecnológica.

Vamos parar de só assistir à evolução do mundo e vamos começar a ser a própria evolução.


Deivison Pedroza, Fundador e CEO do Grupo Verde Ghaia

Porque a LIA é diferente e melhor de tudo o que você já viu?

Nós da Verde Ghaia, estudamos a fundo as ferramentas disponíveis no mercado, assim como todos os produtos similares ofertados. E antes de lançarmos a LIA, Inteligência Artificial, não foi diferente.

Foram meses e mais meses dedicados a entender quais as necessidades de nossos clientes que ainda não estavam sendo satisfeitas, a analisar tudo o que já havia sido entregue para se fazer gestão de forma mais rápida, funcional e eficiente. E, somente a partir desse estudo, poderíamos entregar o maior valor possível, visando sanar as dificuldades e facilitar o processo de gestão e monitoramento das leis.

Chegar onde chegamos, demonstra o compromisso e o engajamento de todos os nossos colaboradores Verde Ghaia em atender o nosso cliente com exclusividade, pensando sempre em como melhorar e aperfeiçoar os dados do seu sistema de gestão. Pois, para não nós, não basta apenas oferecer solução, nós oferecemos solução com resultados que possam ser lidos e compreendidos pelos gestores, para que assim, tomem decisões estratégicas mais seguras e assertivas.

Nós já tínhamos a certeza, bem lá no fundo, de que a LIA seria uma grande inovação, não só para a Verde Ghaia, mas para todo o mercado de Leis. E não estávamos errados. A LIA é muito mais que isso e propõe 80% de agilidade no monitoramento de leis!

O que é a LIA

A LIA, ou Legislação com Inteligência Artificial da Verde Ghaia, é uma plataforma inteligente que apresenta dados estratégicos para a tomada de decisão das empresas, possibilitando uma maneira diferente e muito mais fácil e prática de ver resultados em relação ao cumprimento de leis e da gestão do compliance em sustentabilidade.

Através da LIA, o seu dashboard terá dados mais precisos, possibilitando analisar todos os temas de forma priorizada, bem como os impactos financeiros pelo cumprimento (ou não) das exigências legais. Você poderá realizar o mapeamento de todas as penalidades, permitindo que toda a gestão de custos da empresa possa analisada e assim, tomar decisões cabíveis em relação as áreas mais sensíveis/vulneráveis da empresa.

É por isso, que a Verde Ghaia está sempre a frente do mercado, investindo em tecnologia de qualidade. Fazemos tudo isso, porque acreditamos que através do nosso empenho, oferecemos melhorias aos processos dos clientes, para que eles alcancem seus objetivos e metas.

O maior banco de dados de Legislações do Brasil

A Verde Ghaia, em seus 20 anos de existência, possui o maior banco de dados de legislação federal, estadual e municipal do Brasil no que diz respeito à sustentabilidade. Por exemplo, quando falamos apenas de leis ambientais, hoje o número delas no Brasil são de aproximadamente 11.415 leis federais, 22.711 leis estaduais, 28.537 leis municipais e 157 NBRs. A média mensal de novas leis ambientais que surgem é de 57 federais, 114 estaduais, 144 municipais e 2 NBR. Ressalva-se que esse número está em constante mudança, pois o Brasil é conhecido como o maior “fabricador” de leis.

Partindo desse número astronômico de leis, como algum ser humano conseguiria dar conta de monitorar, analisar e interpretar tantas leis? São muitas leis, normas, diretrizes a serem seguidas para que não haja penalização nos processos da empresa. Por isso, que desde a sua fundação, em 1999, a preocupação da Verde Ghaia sempre foi em utilizar cada vez mais tecnologia e softwares, ficando cada vez menos dependente do papel e do homem.

A LIA surgiu para demonstrar que essa preocupação não é brincadeira! Tornando-se, portanto, uma ferramenta importante para melhoria dos processos do cliente, visto que a inteligência artificial aplicada as interpretações da lei é um passo fundamental para gerar resultados relevantes e com dados estruturados para tomada de decisão mais assertiva.

LIA: Otimizando o atendimento à Legislação

Um dos principais diferenciais da LIA é o agrupamento das exigências legais que ela faz, de forma automática, vinculando todas elas a uma resposta só, no grupo de obrigações. Assim, a LIA traz para determinado grupo de evidências todas as normas associadas àquela obrigação. E detalhe: você pode visualizar apenas o grupo de obrigações desejada, como também, todas as outras obrigações que estão relacionadas à determinada norma. A vantagem desse agrupamento é a otimização do seu tempo relacionado à avaliação do atendimento às leis, reduzindo bastante o trabalho da rotina de monitoramento.

Explicando melhor: nós da Verde Ghaia sempre prestamos auxílio para todos os nossos clientes para o cumprimento de seus requisitos legais. Entretanto, tínhamos em mente essa dificuldade vinda de nosso clientes, em relação a existência de várias obrigações que cabiam para várias normas. Como antes não existia esse agrupamento, era necessário ficar respondendo a cada uma dessas obrigações, mesmo se ela já havia sido contemplada em outra norma.

Com a LIA, pela sua capacidade de agrupar as exigências iguais em um só local, o cliente passa a ganhar muito mais tempo, para comprovar seu atendimento. É só responder o grupo de obrigações que todas automaticamente, já estarão respondidas, já que são exatamente iguais. Mas se você quiser, claro, poderá também responder uma a uma, tudo é sempre a seu critério. Ah, o sistema oferece também sugestões de evidências para estas obrigações, cabendo a cada cliente, decidir usá-las ou não.

Classificação da Exigência Legal

Só para você ter uma ideia, nossa equipe, através de vários estudos, calculou que a LIA traz uma otimização de 80% de esforço dedicado do cliente no levantamento de evidências para atender a legislação. Em outras palavras, isso significa que você vai passar a ter 80% do seu tempo a mais para usar em atividades mais estratégicas ao invés de ficar no operacional e preenchendo obrigações repetidamente.

Outro diferencial da LIA é a capacidade de classificar e gerenciar cada exigência legal para uma análise muito mais fina e completa, permitindo organizar o tipo da evidência legal por temas integrados, facilitando assim a gestão, o registro de evidências e demonstrar o atendimento a várias obrigações semelhantes ou associadas.

A classificação das exigências legais, na LIA, se dá conforme sua natureza ou tipo: por inspeção, licenças e autorizações, laudos, programas, planos e prontuários e gestão de fornecedores críticos.

O que isso facilita para a sua vida? Bom, através dessa tipologia você terá tudo bem definido dentro da sua organização, já sabe o que é inspeção, o que é treinamento, o que são licenças, e assim por diante. Então, imagine que seja necessário fazer uma auditoria. Com a LIA, é só selecionar o filtro LIA Inspeção e ir para a área da empresa e iniciar uma auditoria conferindo as evidências de atendimento in loco. Tudo fica muito mais rápido, simples e eficaz.  Ou ainda com o filtro na LIA treinamento você pode ter acesso a todas as obrigações que exijam treinamento do colaborador. E assim cumprir essas exigências legais.

E assim pode ser feito em toda a sua empresa, seguindo cada uma das tipologias feitas pela própria LIA.

Dashboard muito mais intuitivo para análise dos resultados

É claro que não adianta tantas funcionalidades e diferenciais se a forma de mostrá-los aos clientes não mudar. Por isso, a Verde Ghaia também investiu e muito no dashboard da LIA. E assim ela mais uma vez se diferencia de tudo o que existe hoje no mercado.

O que se tem com o dashboard da LIA é a visão do todo. Isso significa visualizar o grau de risco total, incluindo todas as obrigações federal, estadual e municipal, que a empresa está submetida no momento. Esse risco engloba o universo total de todas as obrigações que ele tem que cumprir, o que ele já preveniu, o risco avaliado (é a mesma coisa que risco exposto, ou a soma de todas as multas previstas nas obrigações não conformes) e o risco legal desconhecido. São apresentados também os temas de maior relevância para o seu negócio, aqueles com maior risco exposto e não avaliado conjuntamente.

Inclusive no próprio dashboard o cliente também pode verificar qual o custo para tratar tal obrigação. Tratar é mais caro do que a multa a que estou exposto? A LIA responde para você, automaticamente, para que você tenha o poder de decisão de quais são os temas prioritários para atendimento com base na análise de uma inteligência artificial.

Inteligência Artificial para monitorar requisitos

Enfim, tentando resumir o que significa o universo de informações que o dashboard da LIA traz, podemos dizer que ele foi desenvolvido para ser a materialização de resultados. Com ele uma empresa pode ver o que priorizar, o que tem que cumprir e o que causa maior impacto se não cumprir. Isso significa que a forma como a LIA apresenta os resultados gera um grande valor estratégico para os clientes.

Consideramos a LIA como um produto disruptivo em relação a tudo o que existe hoje no mercado, sendo – diferente e melhor – de tudo o que você já viu em relação ao monitoramento e gerenciamento de legislação.

Estamos orgulhosos do caminho que estamos seguindo. Venha fazer parte de uma gestão engajada e com resultados assertivos. Conheça mais sobre a LIA.


Ficou interessado na LIA? Quer conhecer o que mais ela pode oferecer para seu negócio? Ou ainda não está acreditando em tudo o que leu nesse texto? Então entre em contato com nossos consultores e agende uma apresentação!

Nossos consultores estão prontos para apresentá-los a LIA e provar que a sua gestão pode ser mais ágil e obter informações realmente esclarecedoras para que você possa entender como os dados podem influencias na sua estratégia.


As vantagens e benefícios da LIA para uma empresa

A Legislação com Inteligência Artificial da Verde Ghaia, mais carinhosamente chamada de LIA, foi lançada em 24 de outubro e já vem fazendo sucesso. E não é à toa. Utilizar inteligência artificial hoje em uma organização demonstra a capacidade de saber se antecipar ao futuro, tendo a certeza de atingir excelentes resultados nos negócios. Sem dúvida, são inúmeras as vantagens e benefícios que a LIA proporciona para uma empresa, ajudando nas estratégias de todos os negócios.

Seu surgimento se deu devido às constantes pesquisas e monitoramentos que a Verde Ghaia vem fazendo do comportamento e da satisfação de seus clientes espalhados por todo o Brasil que já fazem o monitoramento dos requisitos legais através do LIRA (Lista Interna de Requisitos Aplicáveis). Ao ouvi-los, a Verde Ghaia pode perceber a necessidade de criar um produto disruptivo em relação a tudo que o mercado entrega.

Ela constatou que era preciso criar realmente uma forma diferente de ver resultados em relação ao cumprimento de leis e da gestão do compliance em sustentabilidade. E então foi desenvolvida a LIA, uma plataforma inteligente que apresenta dados estratégicos para a tomada de decisão das empresas.

Para entender melhor do que estamos falando nesse artigo e como a LIA é diferente de tudo o que você já viu ou ouviu até agora, vamos explicar sobre todas as vantagens e benefícios que ela vai trazer para as empresas quando o assunto é gerenciamento e monitoramento de requisitos aplicáveis a um negócio, tanto a nível federal quanto estadual ou municipal.

Praticidade e eficiência na Gestão dos Requisitos Legais

Uma das principais vantagens que a LIA traz é a possibilidade de enxergar o seu negócio como um todo, porque, através dessa inteligência artificial, é possível fazer uma Gestão de Requisitos Legais bem mais prática e eficiente, de modo a gerenciar todas as exigências legais por meio de um check list por temas.

Ou seja, por meio da LIA, as exigências legais são referenciadas em todos os requisitos legais que a mencionam, extinguindo a repetição das obrigações e condensando as informações de forma clara e assertiva aos clientes. E cada uma dessas exigências legais são classificadas de acordo com sua natureza ou tipo: inspeção, licenças e autorizações, laudos, programas, prontuários e gestão de fornecedores críticos.

Ainda é possível contar com sugestões de evidências elaboradas pelos especialistas da Verde Ghaia e tudo isso pode ser compartilhado automaticamente para todas as obrigações similares ou que demandam uma mesma ação ou documento.

Conhecimento total de todas as penalidades aplicáveis ao negócio 

São várias as penalidades legais que podem impactar no negócio de uma organização, sendo que estas penalidades são interpretadas por obrigação legal aplicável e dispostas nas legislações. Na LIA, todas as informações sobre as penalidades serão apresentadas por exigência legal e o cliente terá acesso a todas as informações de forma rápida e clara.

Segurança Jurídica para o seu negócio 

Como a LIA possui o mapeamento de todas as penalidades correlatas às obrigações aplicáveis, facilitando a priorização de atendimento aos desvios de cada empresa, bem como uma metodologia clara e assertiva, ela apresenta uma ordem de prioridade de temas e exigências que precisam ser trabalhados de forma prioritária considerando aqueles que a empresa está com maior índice de não conformidade e obrigações não avaliadas, somadas à maior exposição à sanções (educativas, multa, restritiva de liberdade e restritiva de direito).

Além disso, as organizações poderão visualizar, separadamente, quais as Normas Regulamentadores (NRs) nas quais elas estão com maior exposição de risco, considerando unicamente o fator pecuniário (multa).

Dessa forma, a LIA oferece a capacidade de organizar as prioridades dos seus processos de forma a oferecer segurança jurídica para a organização, que por sua vez pode definir seus esforços de forma objetiva e tomar decisões estratégicas baseadas no maior risco do negócio.

LIA: Controle total de custos e gastos

A LIA apresenta a relação de todas as multas e valores previstos na legislação no caso de não atendimento a alguma exigência legal aplicável ao negócio. Essas informações podem ser verificadas de forma simples e fácil, no próprio painel de bordo da LIA, que apresenta um farol de risco considerando os valores levantados e o grau de risco que a empresa se encontra através de uma base cálculo e metodologia de risco desenvolvida pela Verde Ghaia especialmente para a LIA.

Assim, com a LIA é possível mensurar o impacto financeiro do seu negócio a partir do não cumprimento de lei e visualizar as perdas financeiras e risco de multa que cada organização está sujeita.

Auxilia para uma gestão de custos muito mais eficiente e organizada

Ao possibilitar que você tenha o controle de custos e gastos com o não atendimento de requisitos legais, a LIA permite também que sejam associadas e compartilhadas evidências e planos de ações para demonstrar atendimento a várias obrigações semelhantes. E tudo isso pode ser feito associando os custos de prevenção e custos de correção para tomada de decisão economicamente embasada nos riscos mais críticos.

Segurança para tomadas de decisões estratégicas

Com segurança jurídica, controle total de custos e gastos e uma gestão eficiente de todos os seus custos, é claro que você terá maior confiança para tomar as decisões estratégicas para seu negócio crescer. Por exemplo: uma das maiores dúvidas dos clientes diz respeito às priorizações das não conformidades identificadas. Com isso, fica difícil decidir onde alocar os esforços e investimento financeiros para regularizar o passivo identificado numa auditoria ou pela própria gestão da empresa.

A LIA veio para resolver esse impasse, pois através de uma base de cálculo e do mapeamento das penalidades, ela informa ao cliente quais as exigências e não conformidades que uma empresa tem maior risco de ser penalizada. Assim, a organização tem indicadores estratégicos mais assertivos para as tomadas de decisão.

Ajuda no monitoramento de Riscos

Para você que faz o monitoramento dos requisitos aplicáveis mas não conseguiu gerenciar ainda os riscos da sua planilha, a LIA também ajuda você nesse processo, pois ela auxilia na identificação de quais os temas que você tem mais riscos dentro da sua organização. E essa identificação é tanto dos riscos que você já conseguiu prevenir quanto daqueles você ainda precisa ter um cuidado maior para melhorar a sua gestão. E tem muito mais!

Vantagens para o monitoramento de Requisitos Legais

As vantagens e benefícios que a LIA traz para um negócio não param por aí. Por captar as leis e monitorar os requisitos legais através de inteligência artificial, sete dias por semana e 24 horas por dia, com a LIA o cliente passa a otimizar todo o seu monitoramento e atendimento às leis, aumenta as taxas de precisão e acerto de suas estratégias e reduz o seu tempo de trabalho em 80%, fazendo com que você se dedique a atividades realmente importantes para fazer sua empresa crescer.

A LIA realmente é uma revolução na gestão do compliance em sustentabilidade. Quer saber mais sobre a LIA, inteligência Artificial da Verde Ghaia?

Então clique aqui e fique ligado em nosso blog ou assista ao vídeo de Lançamento!

LIA: criada para otimizar a interpretação de Leis

Estamos ansiosos para te apresentar a LIA. Ela ainda é uma bebezinha, está engatinhando! E mesmo assim, ela já é capaz de te oferecer uma imensidão de dados. Agora, imagina quando ela começar a caminhar e falar?

Então vamos lá! Vamos conhecer a Lia! A LIA é a primeira robô da Verde Ghaia, que mesmo estando em processo de aprendizagem, já consegue otimizar a interpretação de leis no sistema SOGI.

No texto de hoje, vamos falar um pouquinho das habilidades da LIA e como elas vão agilizar todo a parte operacional. A Lia tem a missão de gerar dados totalmente relevantes para tomada de decisão estratégica do seu negócio, ajudando no gerenciamento de seus riscos.

O que é a LIA?

Lia: Projeto da Verde Ghaia que vai revolucionar a interpretação dos requisitos legais
LIA: Projeto da Verde Ghaia que vai revolucionar a interpretação dos requisitos legais

Como dissemos, a Lia é a nossa primeira robô que sendo desenvolvida com foco em Inteligência Artificial. Ela está aprendendo a pensar e, nós colaboradores da Verde Ghaia, estamos confiantes que daqui um tempo, a Lia terá sua capacidade cognitiva e preditiva bem estruturada para ajudar ainda mais na interpretação de leis, normas, decretos, focando cada vez mais em pontos estratégicos para o seu tipo de negócio.

Por isso, a LIA nasceu. Sua mãe, LIRA teve muita influência nesse processo de aprendizagem. E ela continuará lá, te ajudando a monitorar seus requisitos legais, te ajudando a evitar penalidades. Mas, será a Lia que te ajudará a identificar tendências de cenários futuros, a compreender as reais necessidades, promover a tomada de decisões baseada em dados confiáveis e melhor, refinar o desempenho do negócio.

Onde a Verde Ghaia deseja chegar?

Para nós da Verde Ghaia, o limite é o céu. Mas, por enquanto, o foco está em ajudar a Lia a entender sobre abstrações, a memorizar, ser capaz de resolver problemas, de usar linguajar adequado e até mesmo usar a criatividade na resolução de problemas.

Através desse tipo de aprendizagem, a LIA poderá te ajudar a transformar situações-problemas em soluções. E como isso funciona? Bem, a partir das informações que a Lia for recebendo de vários ramos de atividades, ela vai avaliando as informações conforme o seu planejamento e a partir daí, ela poderá te ajudar a enxergar o seu negócio como um todo.

E não pense que a LIA parou por aí, não!  Ela também está aprendendo a trabalhar com a inteligência preditiva, isto é, ela consegue adequar a abordagem do seu negócio de acordo com as ações dos seus colaboradores, clientes e até mesmo concorrentes. Isso não é incrível? Ela consegue usar modelos matemáticos que ajuda a prever probabilidades de riscos, por exemplo. E a partir dessa análise, a LIA interpreta os dados minuciosamente e te apresenta uma base de previsões, para que você possa avaliar seus riscos com segurança e decidir por qual caminho ir. E ao decidir, a LIA continuará te acompanhando, oferecendo dados relevantes e super confiáveis para que o seu negócio não passe por caminhos ruins.

Por que a LIA fará diferença na Gestão das empresas?

Primeiramente, a LIA veio para dar segurança na hora de tomar decisão, pois seu sistema operacional será capaz de oferecer vários dados sobre os seus riscos, multas, sanções, áreas de maiores riscos, por exemplo. Portanto, quando você precisar tomar uma decisão assertiva e sem margem de erro, você terá um dashboard recheado de informações precisas e importantes.

Queremos levar a inteligência preditiva da LIA a um nível astronômico, para que ela possa analisar quantidades “absurdas” de dados a partir de uma variedade de fontes, oferecendo insights na melhoria dos processos, que por sua vez contribui no crescimento do negócio.

Considerações Finais

Mesmo a Lia sendo ainda uma bebezinha, ela já é capaz de te oferecer uma imensidão de dados, otimizando seus processos em até 80%. Agora, imagina quando ela começar a caminhar e falar? Nós estamos nos empenhando ao máximo para chegar nesse momento, focando nossos esforços no processo de aprendizagem da Lia.

Bem, todos sabem que estamos num mundo em que as informações chegam em alta velocidade e organizar, analisar e extrair dados desse amontado de informações não é tarefa fácil, mas também não é impossível. Nosso limite vai além do céu!

Então?? Está ansioso para ver como tudo isso vai te ajudar? Nós também!!!

Acompanhe as novidades da Lia através das nossas Redes Sociais. Nesse mês de Outubro, teremos muitas novidades!