o que é matriz de aspectos impactos – SOGI
×

Módulo Gaia: atenda as exigências da Norma ISO 14001:2015!

Hoje, é inadmissível que empresas negligenciem suas responsabilidade para com o Meio ambiente. É essencial estabelecer formas de gestão com objetivos explícitos de controle da emissão de poluentes, das taxas de efluentes, e principalmente de prevenção de acidentes ambientais, monitorando e minimizando os impactos ao máximo, e também otimizando o uso de recursos naturais.

Empresas que desejam ser consideradas transformadoras e se destacar no mercado devem assumir suas responsabilidades legais. E para isso, o uso de ferramenta de gerenciamento e monitoramento de requisitos legais aplicáveis é fundamental. Por isso, a Verde Ghaia criou e desenvolveu o Módulo GAIA para ajudar no gerenciamento de Aspectos e Impactos ambientais com responsabilidade e compromisso social.

Conheça um pouco da ferramenta. Preparamos algumas perguntas e respostas sobre as funcionalidades da ferramenta. Boa leitura!

Quais pontos são importantes para fazer o levantamento ambiental?

Elaboração de critérios: Deve-se definir quais critérios farão parte do levantamento. Isso vai depender muito do tipo de organização, de seu ramo de atividade, de sua política ambiental e de seus objetivos. Antes de coletar quaisquer dados, recomenda-se a elaboração de uma listagem a mais ampla possível (embora não tão longa a ponto de se tornar exaustiva) dos elementos que possam auxiliar a organização na identificação de seus aspectos ambientais.

O processo pode ser dividido em etapas:

Etapa 1: definição doscritérios que serão adotados para avaliar os aspectos e impactos ambientais. Eles devem ser ordenados de acordo com seu grau de significância. Lembrando que os critérios de avaliação dos aspectos e impactos ambientais, em geral, ainda são muito subjetivos. Sendo assim, a empresa deve focar em identificar as condições anormais e as situações de emergência, determinando quais aspectos podem causar um impacto significativo no meio ambiente.

Etapa 2: identificação dos aspectos e impactos das atividades, produtos e serviços da empresa. O ideal é montar um mapa de fluxogramas dos processos e determinar a entrada e saída de cada item.

Etapa 3: avaliação dos aspectos e impactos ambientais identificados na etapa 2, juntamente à lista de critérios da etapa 1. Com isto, monta-se um registro documentado das avaliações.

Etapa 4: priorização dosaspectos e impactos ambientais avaliados na etapa 3. Em seguida, deve-se elaborar um relatório de avaliação indicando os aspectos ambientais prioritários. Este último passo gera um relatório de avaliação ambiental final, no qual constarão dados sobre a área de atuação da empresa, suas atividades, processos de produção, impactos e, principalmente, medidas de controle. Este documento é aquele que será devidamente aprovado pela alta administração.

O que deve ser considerado ao fazer o levantamento do risco ambiental?

Aspectos:

• Identificação dos aspectos;

• Frequência com que ocorrem ou possibilidade de ocorrerem;

• Riscos e oportunidades gerados por eles, sendo que os riscos devem conter uma análise individual de gravidade;

• Perspectiva de ciclo de vida desses aspectos.

Impactos:

• Identificação dos impactos, bem como abrangência e gravidade de cada um;

• Avaliação da significância dos impactos;

• Avaliação dos controles operacionais a fim de evitar novas ocorrências.

O que considerar durante o levantamento de aspecto e impacto?

As medidas são:

• Gerenciamento dos aspectos e impactos;

• Implementação de controles operacionais;

• Prevenção e diminuição de poluição, geração, emissão ou descarga de qualquer tipo de poluente ou rejeito;

• Visualização de melhorias, tais como: alterações nos processos, produtos ou serviços, uso eficiente de recursos e materiais, substituição de energia, reutilização, recuperação, reciclagem, tratamento;

• Separação do maior número possível de impactos ambientais gerados — sejam eles reais, potenciais, benéficos ou adversos — decorrentes de cada aspecto identificado, sempre determinando se serão significativos.

Porque as empresas devem monitorar seus riscos correlacionados à legislação?

Se a sua empresa deseja obter a certificação da norma ISO, seja qual for, é imprescindível gerenciar todos os seus riscos.

E mesmo se esse não for seu objetivo, a gestão de riscos permite mudar a mentalidade da empresa, trabalhando sempre com foco na prevenção. Afinal, é muito melhor – e mais barato – prevenir do que remediar.

Módulo GAIA: gerencia, analisa e controla os riscos

Durante o levantamento de aspectos e impactos ambientais é necessário identificar se o cliente tem ou não o controle sobre os riscos do processo analisado. Caso a resposta seja negativa, que o cliente não tem o controle sobre os riscos, é necessário a criação de uma ação para obter o controle operacional. O sistema vem justamente para auxiliar o cliente a correlacionar isso. Ou seja, através do Módulo GAIA o cliente consegue cadastrar e vincular todos os controles operacionais relacionados aos aspectos ambientais.

Exemplo prático de gerenciamento de análise de risco e controle operacional

Por exemplo, no sistema de consumo de água, o cliente através do controle operacional consegue verificar os índices de reutilização da água, diminuindo o consumo, inclusive medindo a eficiência desses índices.

O sistema possui um campo chamado “nível de mitigação” que permite ao cliente avaliar o quanto seu controle é efetivo, apontando os procedimentos que podem ser melhorados. Chamamos esse índice de “cálculo de risco residual”.

O sistema faz 2 avaliações na hora de identificar se um aspecto é significativo: uma avaliação de risco sem o controle operacional, e outra avaliação de risco considerando o controle operacional. Com base nesse resultado, é que é definido um conjunto de ações. Esse conjunto de ações possibilita ao cliente um controle maior das despesas operacionais, gerando economia e prevenção.

O Módulo GAIA segue as exigências da norma ISO 14001? Ele facilita o processo de obtenção dessa certificação?

A certificação ISO 14001:2015 possui uma abordagem sistêmica que permite que sua empresa atinja o sucesso sustentável a longo prazo, ajudando a reduzir o impacto ambiental e a ampliar os seus negócios. Esta norma é baseada no ciclo PDCA do inglês “plan-do-check-act” (planejar, fazer, checar e agir) e utiliza terminologia e linguagem de gestão conhecida, apresentando uma série de benefícios e vantagens para a sua empresa.

O Módulo GAIA foi desenvolvido para atender a todas as exigências desta norma ISO, seguindo toda a metodologia definida por ela. Portanto, se você estiver pensando em obter esta certificação, ou quer mantê-la, o Módulo GAIA é o que existe de mais completo no mercado hoje para ajudar sua organização com essa conquista. 

Com o Módulo GAIA, é possível gerenciar as ações, processos e atividades?

É possível sim. Através da criação de ações para todos as áreas, processos, atividades, aspectos e impactos que o cliente desejar. Através do gerenciamento de ações, é possível ter uma visão geral de todas as ações que estão em aberto.

O Módulo GAIA permite que você conheça quais procedimentos ainda precisam ser concluídos, e quem são os responsáveis por isso, além de demonstrar qual o custo desse procedimento. Esse controle permite que você tenha um acompanhamento completo da empresa.

Por que eu deveria usar o Módulo GAIA e não uma planilha?

Pela praticidade, segurança e confiança que apenas um software online de gestão pode propiciar ao gestor. O controle manual, ou seja, em planilhas não traz a segurança que softwares proporcionam para salvar as informações e dados da sua empresa.

Além disso, o controle por planilhar permite gerar relatórios em tempo real que permitam ao gestor um melhor controle dos procedimentos que estão sendo efetuados para assim tomar decisões assertivas. Se você precisa tomar uma decisão importante, como fará sem ter todas as informações em mãos?

Por que o Módulo GAIA é uma ferramenta importante na minha gestão?

O Módulo GAIA é um sistema para o gerenciamento de todos os aspectos e impactos ambientais significativos de sua atividade, o qual atesta a eficácia dos controles e auxilia na análise dos riscos mais relevantes para seu negócio, além de ajudar a vislumbrar oportunidades de redução de custo ou de novos investimentos.

Quais informações podem ser geradas pelo sistema?

Com todas as informações pertinentes inseridas, o software é capaz de responder a perguntas essenciais para seu negócio poder crescer de forma sustentável, tais como:

  • Quais são os aspectos/impactos significativos em minha atividade?
  • Meus controles estão sendo eficazes?
  • Quais os riscos mais relevantes para o meu negócio?
  • Há oportunidades de redução de custo ou de novos investimentos?

Quais benefícios que o Módulo GAIA traz para a minha organização?

Os benefícios para uma organização ao usar o Módulo GAIA são:

  • O cálculo automático pelo sistema. Uma vez cadastrado, o cliente apenas irá precisar avaliar o aspecto dele, pois a significância será automática.
  • A diversidade de relatórios que podem ser gerados, buscando trazer resultados de acordo com a necessidade do cliente.
  • A automatização da correlação com a legislação aplicada.
  • A opção de configurar a planilha, permitindo ao cliente alterar e ordenar as colunas.
  • E a facilidade de encontrar as informações desejadas nessa planilha, que vai trazer de forma clara e detalhada os dados solicitados.

Quais os diferenciais do Módulo GAIA?

Só o Módulo GAIA assegura a identificação dos riscos e oportunidades, e determina a gravidade, a frequência, a probabilidade, a incidência, o nível de controle e o risco residual de todos os aspectos e impactos ambientais, evitando a ocorrência de acidentes e garantindo à gestão ambiental o máximo de precisão.

Quantos usuário podem ser cadastrados no Módulo GAIA?

O cadastro de usuários é ilimitado e pode ser feito por área, processo, atividade ou departamento, definindo responsabilidades diretas dentro do sistema de gestão e dando a cada um apenas as permissões necessárias que definem quais ações que eles podem realizar no sistema, tais como: acessos, visualização, alteração, exclusão ou inserção de dados ou revisão, ou inclusão e exclusão de determinados requisitos. Também é possível cadastrar “observadores”, que acompanham as ações definidas no plano de ação, recebendo inclusive alertas por e-mail.

Esse cadastro ilimitado só é possível porque com o SOGI o cliente só paga o valor da licença para utilizá-lo, e não o usuário cadastrado. Ou seja, se você tem uma empresa de 05 pessoas ou de 10 mil pessoas, você poderá cadastrar todas elas ou apenas selecionar algumas, sem pagar nada a mais por isso. É você quem define a quantidade de usuários de acordo com as suas necessidades.

O Módulo GAIA garante que meus dados e minhas informações estão seguras?

Para a Verde Ghaia a segurança dos dados e das informações de seus clientes é prioridade. Por isso, tudo é armazenado em nuvem, de forma a assegurar que todos os seus dados e suas informações estarão seguras e que o acesso a elas será somente da organização e de seus usuários cadastrados. 

É preciso instalar algum programa? Como eu utilizo o Módulo GAIA do SOGI?

É muito simples e fácil de usar! Não é necessário instalar nenhum programa. O acesso é online, 24 horas por dia, 7 dias por semana, do lugar de onde você estiver.

E se ao utilizar o Módulo GAIA eu tiver alguma dúvida?

Se alguma dúvida surgir em qualquer momento, não se preocupe! A Verde Ghaia fornece a você todo o suporte técnico e jurídico necessário através de uma equipe especializada de consultores. Tudo para garantir a eficácia e eficiência do seu sistema de gestão!

Agende uma apresentação do Módulo GAIA para conhecer as suas funcionalidades na prática! É grátis e sem compromisso.

Fale conosco!

Matriz de Aspectos e Impactos: qual a sua relevância?

Em geral, tendemos a pensar sempre nos aspectos e impactos negativos que uma empresa causa ao meio ambiente — como desmatamento, o não reflorestamento ou rompimento de barragens. Entretanto, uma empresa quando utiliza dos recursos naturais, de forma consciente, ela é capaz de interagir beneficamente com o meio ambiente e ainda crescer de forma sustentável.

Antes de darmos prosseguimento ao assunto, aqui abordado, é importante falarmos sobre a definição de aspectos e impactos ambientais, num conceito simplista. Os aspectos e impactos podem ser definidos como causa x consequência.

Os aspectos ambientais são por definição, as interações entre as operações da empresa e o meio ambiente, sejam elas maléficas ou benéficas. Já os impactos ambientais são, por definição, todas as possíveis modificações causadas no ambiente pelas operações de uma empresa, sejam elas também, benéficas ou maléficas.

Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais – LAIA

Uma das atividades mais importantes da gestão ambiental é a execução do LAIA – Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais. Em outras palavras, a listagem e análise de todos os aspectos da operação de uma empresa que de algum modo, podem afetar o meio ambiente.

O levantamento de aspectos e impactos ambientais envolverá amplo gerenciamento, portanto, é necessário que toda a organização esteja envolvida com o planejamento e a execução de atividades, a fim de facilitar os processos internos.

O gestor responsável deve ser hábil para lidar não apenas com aspectos técnicos da gestão ambiental, como também deverá gerenciar pessoas e lidar com a comunidade que vive em torno da empresa, para a qual ele realizará o LAIA. Se a empresa não tiver nenhum especialista em gestão ambiental, ela pode contratar uma empresa de consultoria ambiental — tomando o cuidado de confiar o serviço a alguém com experiência no ramo, caso contrário, estará assumindo uma série de riscos não controlados.

Embora no Brasil não haja nenhuma lei, que obrigue uma empresa a realizar o levantamento de seus aspectos e impactos ambientais, é fato que a sua execução traga uma série de benefícios. Dentre eles um bom relacionamento entre empresa e Estado, uma vez que podem ser evitadas notificações e multas por descumprimento da nossa legislação ambiental, ressalta-se que a rigorosidade das leis. Além disso, todo o cuidado da organização impactará, direta ou indiretamente, a comunidade local e por conseguinte toda a sociedade.

Matriz de Aspectos e Impactos

O LAIA é feito através de uma  matriz de aspectos e impactos ambientais, que terá como objetivo a criação e o gerenciamento de planos de ação para cada um deles.

Primeiro, lista-se os aspectos e impactos ambientais pertinentes às atividades da empresa, e posteriormente tais dados são catalogados e separados. A partir daí, cruza-se os dados da planilha e faz-se a avaliação deles sob a perspectiva da metodologia FMEA (Failure Mode ans Effect Analysis, ou Análise dos Modos de Falha e seus Efeitos), uma ferramenta que tem o objetivo evitar possíveis problemas durante um processo industrial.

O método realiza uma análise de falhas potenciais e suas respectivas ações de melhoria, focando principalmente em prevenção, palavrinha essencial, quando falamos em aspectos e impactos ambientais.

O uso dessa metodologia não é obrigatório, pois existem várias outras que podem ajudar seu negócio no Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais. Portanto, a escolha da metodologia a ser usada fica a critério de cada empresa.

Chernobyl: e se fosse hoje?

O LAIA também é importante para a gestão de riscos de qualquer operação, pois o desconhecimento ou o não tratamento de uma não conformidade pode resultar em acidentes com potenciais riscos ao meio ambiente.

O canal HBO lançou neste ano o seriado Chernobyl, uma dramatização daquele que é considerado maior desastre nuclear da história. Embora o seriado da TV esteja repleto de licenças artísticas, ele é um bom exemplo de como a ausência da gestão de aspectos e impactos ambientais pode piorar as proporções de um desastre.

O reator número quatro da usina em Pripyat, Ucrânia, explodiu no longínquo ano de 1986, época em que muitas empresas não davam tanta atenção assim aos aspectos e impactos ambientais. Numa cena emblemática no seriado, logo após o acidente, os principais administradores de Chernobyl se reúnem num bunker para discutir o caso.

Praticamente todos à mesa desconhecem as reais condições do desastre e, de início, apenas demonstram preocupação em esconder o fato da população, amenizando sua gravidade; não há nenhuma preocupação em resolver o problemas ou mitigar suas consequências. O único engenheiro que se mostra realista é imediatamente rechaçado e desacreditado.

Nós da Verde Ghaia, recomendamos muito a minissérie de quatro episódios, pois é uma aula sobre os piores erros que se pode cometer em uma gestão de análise de riscos.

Se houvesse um bom plano de aspectos e impactos ambientais, talvez o acidente na usina de Chernobyl nem mesmo tivesse ocorrido. Ou, caso a explosão fosse mesmo inevitável, muito provavelmente a empresa estaria mais preparada para situações de emergência. Haveria um plano de ação em caso de desastre — o qual incluiria treinamento e evacuação para a população de Pripyat –, bem como ações para amenizar os impactos ambientais na região.

Até hoje, a exposição à radiação vem ocasionando danos genéticos e taxas mais altas de mutações em muitos organismos da região. As aves e mamíferos de Chernobyl têm cataratas nos olhos e cérebros menores, e até 40% dos pássaros machos encontram-se completamente estéreis.

ISO 14001:2015

As empresas que desejam conquistar o selo ISO 14001 também devem ficar atentas ao gerenciamento de seus aspectos e impactos ambientais, que inclusive é abordado na norma 14001 e que deve ser seguido à risca.

Contudo, mesmo que não haja interesse na ISO 14001, é recomendável que toda empresa realize o levantamento de seus aspectos e impactos ambientais, pois hoje é comum as empresa solicitarem a apresentação do LAIA para firmar contratos de parceria.

Além disso, a maioria dos gestores e acionistas deseja conhecer os possíveis impactos econômicos gerado pelo aspecto e impacto ambiental — afinal um passivo ambiental pode prejudicar a atividade e influenciar tomadas de decisão. No mais, ignorar a relação das empresas com o meio ambiente não é mais aceitável no mercado atual. Não estamos mais em 1986.

Quer saber mais detalhes de como fazer o seu Levantamento de Aspectos e Impactos? Fale conosco!


Assista ao Café Conectado sobre Aspectos e Impactos Ambientais