gestão de requisitos – SOGI
×

Como Monitorar o Risco Normativo da organização?

A Verde Ghaia desenvolveu a Lia, justamente para realizar a gestão do seu risco normativo, de forma automatizada, ágil, simplificada, porém com a geração de dados assertivos, o que possibilita a tomada de decisão com qualidade.

O assunto desse artigo é para falar sobre a Lia e como ela vai revolucionar sua forma de prontificar os dados necessários para gestão de risco legal. A Lia é capaz de informar para você quais penalidades sua empresa pode sofrer, quais os valores das multas e ainda, gerar resultados estratégicos através de um dashboard  com indicadores que auxiliarão na sua tomada de decisão.

Venha conhecer mais sobre a Lia!

Quem é a Lia? É um módulo do SOGI?

Bem, a Lia é um módulo de gestão de risco com foco em legislação. Por isso, você ainda vai ouvir falar muito sobre ela em vários projetos e ferramentas.

Basicamente, a Lia e o SOGI LIRA trabalham juntos, isto porque a Lia utilizada da lista de normas que advém de uma captação por inteligência artificial e do seu respectivo status de conformidade, que são identificadas no módulo LIRA, priorizando-as por temas. Para isto, ela considera todas as sanções atreladas a cada uma das obrigações que a sua empresa deve cumprir, o que denominamos de grau de risco.

Em outras palavras, a Lia indica o grau de risco que a organização está exposta por temas prioritários, sendo que os que possuem o maior grau de risco, são aqueles temas que possuem o maior número de normas ainda não avaliadas e não conformes da planilha Lira do cliente, somadas às suas respectivas sanções.

A base de cálculo que compõe o grau de risco por tema é realizada, então, da seguinte forma:

  • Risco Obrigação = Soma das sanções =>(Quantidade de educativa) + (Quantidade de financeira x Peso Financeira) + (Quantidade de Privativa de Liberdade x Peso de Privativa de Liberdade) + (Quantidade de Restritiva de Direito x Peso da Restritiva de Direito)
Peso 01 Peso 02 Peso 03 Peso 4
EducativaFinanceiraPrivativa
Liberdade
Restritiva de
Direito
  • Grau de Risco Tema = Soma do Grau de Risco de todas as obrigações que integram o Tema.

Ainda, a partir dessa avaliação, a Lia realiza um levantamento do Risco Financeiro, isto é, um resumo de acordo com a previsão legal das multas para as organizações.

Como a Lia realiza a Previsão Legal da sua empresa?

Deve-se entender, primeiramente, que a previsão legal, não é a multa aplicada de fato, é uma simulação, caso a empesa sofresse uma fiscalização e não estivesse de acordo com as exigências legais.

Assim, a Lia apresenta ao cliente os valores legais para cada não cumprimento, conforme previsto nas normas. Em alguns casos, há a ocorrência de multas mínimas e multas máximas. Contudo, a Lia considera o cenário mais grave, de modo que a organização se baseie nesses riscos para uma estratégia mais preventiva.

Monitore o Grau de Risco Normativo

Relevância da Lia para a Alta Direção

O uso da Lia nos processos de monitoramento do grau de risco, ajudará as organizações com o ordenamento jurídico, visto a sua extensão com muitas normas e obrigações que devem ser atendidas.

Com isso, há uma diferença em monitorar as exigências legais as quais a organização esta sujeita, principalmente, àquelas voltadas a Meio Ambiente e Saúde e Segurança, pois há um hall extenso de obrigações para cada um deles. E o não cumprimento as exigências em MA e SSO na legislação brasileira, são muito severas e podem gerar danos irreparáveis para a organização.

O que a Lia traz de benefícios para minha gestão?

Abaixo pontuamos alguns dos principais benefícios para a gestão operacional e estratégica da sua empresa ajudando a monitorar o Grau de Risco Normativo.

Algumas delas:

  • Redução de tempo com monitoramento de leis;
  • Otimização em até 80% do gerenciamento de requisitos legais aplicáveis;
  • Dashboard com grau de risco normativo ao qual a organização está sujeita;
  • Auxilia na gestão de risco e compliance em sustentabilidade da organização;
  • Monitora e traz dados e informações com valores de multas;
  • Indica os riscos de não cumprimento dos requisitos;
  • Painel com valores economizados com as prevenções realizadas;
  • Prontifica os valores de multas por requisito não cumprido e o somatório total;

São vários os benefícios da Lia para sua Gestão, principalmente a estratégica, pois a Lia é capaz de prontificar os valores de multas, correlacionando-as as penalidades. E todos os dados apresentados pela Lia estão em consonância com as obrigações do cliente, evitando danos e atendendo a legislação através da Lia.

Venha conhecer a Lia e transformar sua gestão de grau de risco normativo.

Acesse a apresentação da LIA SOGI

Agende uma apresentação  com nossa Equipe Jurídica! Será um prazer te apresentar na prática, como a Lia funciona.

Aguardo seu contato!


Dificuldade para monitorar seus Requisitos Legais Aplicáveis?

Por que muitas organizações ainda possuem dificuldade  em monitorar seus Requisitos Aplicáveis? Primeiramente, cada empresa tem seu ramo de atividade e suas especificidades, ou seja, isso especificará quais requisitos a empresa deverá atender.

Contudo, já parou para pensar no volume de leis, normas, diretrizes e requisitos para serem atendidos, assim como nos âmbitos municipais, estaduais e federais? É muita legislação a ser seguida, por isso, há muitas organizações que se atrapalham na hora de monitorar seus requisitos.

É sobre esse assunto que abordaremos hoje. Boa leitura!

Por que muitas organizações ainda possuem dificuldade  em monitorar seus Requisitos Aplicáveis?

O que são Requisitos Legais Aplicáveis?

Requisitos Legais Aplicáveis podem ser entendidos como exigências explícitas em leis ou normas que precisam ser cumpridas por sua empresa para que esta fique em dia com a legislação vigente, no que diz respeito à sua localização e atividade.

Estar em dia com os requisitos legais aplicáveis às atividades de sua empresa é simplesmente indispensável. Quando uma empresa deixa de cumprir normas ou leis aplicáveis ao seu negócio, ela não apenas pode ser penalizada com multas e ações judiciais, como também poderá estar colocando seus colaboradores em perigo e até correndo o risco de perder o direito de continuar exercendo suas atividades. Certamente, esse cenário não é o desejado por ninguém!

Dificuldades para monitorar os Requisitos Legais Aplicáveis

Mesmo quando o gestor é bem intencionado, faz o possível e impossível para cumprir a legislação vigente, ele ainda pode ter problemas se não consegue monitorar os requisitos legais pertinentes ao seu negócio de maneira adequada.

Vamos contar uma historinha para ilustrar: a empresa fictícia Plásticos e Cia, uma exímia fabricante de embalagens, é muito correta em relação à leis que regem seu negócio. Mas, existe um porém: ela não conta com uma consultoria especializada para o monitoramento legal. Isso significa que tudo é feito internamente. Acontece que seus colaboradores não possuem conhecimento específico necessário e para piorar estão viciados nas rotinas processuais, o que não permite enxergar novas possibilidades de melhorias.

Um certo dia, a Plásticos e Cia consegue negociar um contrato com um novo fornecedor. Este, por sua vez, oferece matéria-prima de ótima qualidade e excelentes preços, fator que vai impulsionar seu faturamento. Só que a Plástico e Cia impôs uma condição: seu fornecedor precisa realizar alguns ajustes, para fechar negócio, devendo estar em conformidade com uma série de exigências legais e concedeu o prazo de dois meses para que tudo esteja dentro do combinado e que assim, possam selar o trato.

O fornecedor, ávido por não perder a oportunidade, marca uma auditoria externa, com a certeza de que sua empresa já vem seguindo todos os requisitos necessários para fechar o novo contrato. Entretanto, durante o processo de auditoria, o fornecedor descobre que tem deixado de cumprir uma lei municipal muito importante — algo que passou batido durante o processo interno — e que vai precisar de três meses para regularizar tudo! Pronto, o contrato não pode ser selado e a oportunidade foi perdida para ambos. Isso significa que a Plástico e Cia não conseguiu impulsionar seu faturamento, mantendo a qualidade de seus produtos e o fornecedor perdeu a oportunidade de expandir seu negócio.

Essa é uma historinha simplória, mas muitas empresas passam por situações desse tipo, todos os dias. É mais comum do que se possa imaginar. E, nenhuma empresa vai arriscar contratrar um novo fornecedor que não atenda aos padrões mínimos exigidos, visto que isso poderia causar danos irreparáveis para o negócio.

Volume de Leis impactam no atendimento dos requisitos legais

Mesmo que uma empresa encarregue seu departamento jurídico de realizar uma leitura e acompanhamentos diário das edições do Diário Oficial, que estimule seus advogados a se manterem atualizados, que invista em cursos para seus colaboradores, tudo isto pode não ser o suficiente para identificar e acompanhar as mudanças na legislação aplicável, seja pelo excesso de informação, seja porque o setor jurídico de uma companhia possui muitas outras atribuições para lidar, ou seja porque a empresa sequer tem condições de manter um setor jurídico e precisa terceirizar a tarefa.

O volume de leis, normas e requisitos publicados diariamente no Brasil é imenso, além disso, cada atividade é regida com normas e obrigações diferentes. Uma mineradora e um supermercado podem até ser regidos por algumas leis em comum, mas haverá um momento em que ambos se depararão com requisitos totalmente diferentes em seus respectivos negócios.

Além disso, vale ressaltar que a legislação empresarial tem ramificações muito específicas, a qual abrange seu escopo, operação, produção, geração de resíduos, emissões, insumos, maquinários, produtos, pessoal, meio ambiente e muito mais. Enfim, o monitoramento (e correta interpretação) de todas as legislações pertinentes a um negócio, exige uma estrutura robusta, formada por profissionais altamente qualificados. Só assim, é possível garantir a segurança jurídica de todo o processo.

É por isso que muitas empresa optam pela contratação ferramentas agéis que tem a capacidade de reunir todos os requisitos num só lugar, permitindo que assim, o monitoramento dos requisitos sejam o mais preciso possível.

Ferramentas de Gestão podem ajudar a monitorar Requisitos

A Verde Ghaia possui uma ferramenta totalmente online para gestão integrada empresarial, chamada SOGI – Software Online de Gestão integrada.

O SOGI possui um módulo excelente para gestão de requisitos legais aplicáveis, conhecido como Módulo LIRA (a sigla significa Lista Interna de Requisitos Aplicáveis).

É uma ferramenta amparada pelas normas internacionais de gestão, e sua metodologia permite identificar os requisitos em âmbito federal, estadual e municipal, com um sistema atualizado, constantemente, para que nunca ocorra defasagem ou desinformação a respeito das legislações que porventura tenham sido revogadas, incluídas, excluídas ou alteradas.

Módulo Lira: monitoramento de Requisitos

O Módulo LIRA facilita o monitoramento de todos os requisitos legais aplicáveis a uma organização, bem como o gerenciamento dos planos de ação para melhorar o atendimento dos requisitos aplicáveis.

A interface do sistema é amigável e apresenta todos os requisitos de maneira intuitiva, incluindo quesitos, ações, prazos e alertas. Ela também conta com um sistema de cores, que alerta se existe atraso em relação ao cumprimento de algum requisito, se este se encontra em período de recorrência ou de monitoramento, e também informa pendências e sinaliza o status do atendimento de cada item.

Funcionalidades do módulo LIRA

O banco de dados é atualizado diariamente com os requisitos e obrigações pertinentes (federais, estaduais e municipais);

O sistema permite inserir e replicar informações de uma unidade para outra da empresa, facilitando os processos de cadastramento, busca e compartilhamento de informações. Também possibilita a emissão de relatórios e gráficos corporativos, e a comparação de dados e indicadores entre as unidades.

Você pode criar quantos usuários desejar e fazer o upload ilimitado de documentos. Também é possível definir responsáveis pela gestão de cada item e ficar ciente do custo do não cumprimento de um requisito e do índice de recorrência de cada um;

Além disso, sua empresa contará com suporte técnico e suporte jurídico, e também de uma assessoria para esclarecimento de dúvidas.

Por que adotar o Módulo LIRA?

Adotar um sistema especializado em monitoramento de requisitos gera uma série de benefícios. Diminui riscos com fiscalizações inesperadas, reduz denúncias de partes interessadas (vizinhanças, colaboradores) e evita o recebimento de multas — que podem se originar até mesmo por puro desconhecimento legal.

Além disso, a empresa pode se planejar melhor, visando não apenas estar em conformidade, mas também conhecendo melhor seus riscos e podendo criar assim planos de ação que estimulem seu desenvolvimento. Além disso, uma organização que segue a legislação corretamente constrói uma imagem sólida e confiável perante o mercado, e ainda obtém vantagens, como a aquisição de seguros mais atrativos e acessíveis, e facilidade na negociação de empréstimos bancários.

Monitore os requisitos aplicáveis à sua empresa de forma especializada. Evite multas, reduza riscos de acidentes de trabalho, previna crimes ambientais ou embargos trabalhistas através de uma gestão preventiva, garantindo a Compliance de sua empresa no atendimento à legislação.

Leia o e-book e conheça o Módulo Lira!

MÓDULO LIRA
E-book: Módulo LIRA do SOGI.